Luís Ricardo Duarte

Luís Ricardo Duarte

Jornalista
Jornal de Letras
Letras

Paulo Faria: Escrever no olho do furacão da pandemia

É um romance, mas daqui a muitos anos também poderá ser lido como o espelho de uma época. Toma as liberdades da ficção, mas procura captar o que nos tem rodeado nestes tempos de incerteza. "Em Todas as Ruas Te Encontro", o seu terceiro romance, é a confirmação da vocação literária de um tradutor que, depois de muitos anos a dedicar-se à obra de outros, se apresenta agora em nome próprio. Um autor atento ao presente, pois de um retrato da quarentena de março e abril do ano passado se trata; e atento também ao passado, nomeadamente à Guerra Colonial e à luta anti-fascista

Jornal de Letras
Jornal de letras

Margaret Jull Costa: “É extraordinário Eça não ser tão conhecido como Tolstói”

É uma das mais destacadas e premiadas tradutoras inglesas, grande especialista em autores de língua portuguesa (e espanhola), desde os mais conhecidos, como José Saramago e Fernando Pessoa, aos que até em Portugal inexplicavelmente continuam a não ter os leitores que merecem, como Maria Judite de Carvalho. Vê no seu ofício uma “alquimia”, mas também um missão: dar a conhecer, a um público mais alargado, outros génios das Literatura Mundial, como o autor de Os Maias. O seu mais recente projeto, que propôs à editora americana Dedalus, é a tradução de Uma Família Inglesa, de Júlio Dinis, pretexto para esta entrevista.

Jornal de Letras
Jornal de letras

Luis Sepúlveda, sem sombra de esquecimento

O festival literário Correntes D'Escritas vai realizar-se online nos dias 26 e 27 de fevereiro. Este ano, em formato reduzido, o festival vai prestar homenagem ao escritor Luis Sepúlveda, que morreu em abril do ano passado, vítima de COVID-19, poucos meses depois de ter participado neste festival. Em jeito de homenagem, recordamos a entrevista dada pelo escritor chileno ao JL, em 2009: "Luís Sepúlveda - Sem sombra de esquecimento", presente no número 1020.

Jornal de Letras
Letras

João Luís Barreto Guimarães: Vida, movimento e poesia

Presta culto a dois deuses, a Dionísio, de quem retira inspiração, e a Apolo, que o acompanha na arte de esculpir o poema. São também as duas faces da sua existência, medida pelo rigor da cirurgia reconstrutiva, que exerce no Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, e pela liberdade da linguagem que empresta a um percurso literário de já 30 anos e que agora foi distinguido com o Prémio Armando Silva Carvalho, atribuído a Nómada. Em Movimento, volume de poemas agora editado, volta a afirmar a singularidade do seu universo, neste caso moldado ainda por outros deuses, mote para esta entrevista

Jornal de Letras
Letras

Manuel Alegre: Um canto nas fronteiras da vida, do tempo e da poesia

É uma viagem íntima e um grito de revolta. Quando, o seu novo e “inesperado” livro, um longo poema que chega para a semana às livrarias, tem a marca das lutas que caracterizam o seu percurso. Mas é acima de tudo uma reflexão sobre a vida e o lugar da poesia num mundo globalizado em que “a libertação da palavra poética pode vir a ser uma das últimas formas de resistência”. Um canto em busca de uma nova toada que o JL revela e antecipa, pré-publicando a última secção do poema, aqui “lido” por Paula Morão, e entrevistando o autor, Prémio Camões em 2017, e com numerosas outras distinções, figura histórica da resistência à ditadura, da democracia e do PS, e duas vezes candidato à Presidência da República

Jornal de Letras
Letras

Manuel Jorge Marmelo: Póquer, política e literatura

É escritor de muitos recomeços, nos temas que lhe interessam e nas editoras em que tem publicado. Regressa agora, passados quatros anos, na Porto Editora, com um romance que mostra a força e a pertinência do seu discurso literário. Tropel é daquelas obras que interpelam diretamente o leitor, mostrando o absurdo que nos chega a casa embrulhado em forma de notícia e distância. A partir do drama dos imigrantes e dos refugiados, percorre-se o labirinto do medo que parece cercar a sociedade contemporânea. Um livro duro com uma janela de esperança. Um romance atual de quem joga na ficção a sua liberdade

Jornal de Letras
Letras

Leonor de Almeida: Uma poeta raptada ao esquecimento

Foi homenageada na última Feira do Livro do Porto e duas obras aí lançadas permitem redescobrir a singularidade de uma autora que assinou quatro volumes de poemas, entre 1947 e 1960, e depois desapareceu. O JL falou com a escritora Cláudia Clemente que foi capaz de romper a cortina de silêncio e mistério que rodeava um dos nomes que marcaram a poesia da década de 50 do século XX

Se7e
Livros e discos

"Eneida", de Virgílio: A grande epopeia latina, agora em português

Uma nova tradução em verso de "Eneida", por Carlos Ascenso André, devolve-nos o relato mítico da fundação de Roma

Se7e
Livros e discos

"Livro de Vozes e Sombras", de João de Melo: A história recente de Portugal num romance de grande fôlego

Revisitação literária da Frente de Libertação dos Açores, que nos anos quentes pós-25 de Abril quis um arquipélago independente. "Livro de Vozes e Sombras", de João de Melo, já está à venda nas livrarias

Jornal de Letras
Letras

J. C. Seabra Pereira: Toda a criação literária lusófona

Das raízes à atualidade, de Portugal ao Oriente, do Brasil a Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné e São Tomé e Príncipe. No monumental estudo "As Literaturas em Língua Portuguesa", o prof. das universidade de Coimbra e Católica Portuguesa percorre todos os caminhos das literaturas lusófonas. Um esforço inédito aqui apresentado pelo autor. Crítica de Miguel Real na edição em papel do JL

Se7e
Livros e discos

"Ler Imagens", de Alberto Manguel: Aprender a ver melhor

O que cada desenho, pintura ou escultura esconde e revela, numa outra faceta do grande divulgador do livro e da literatura. O livro "Ler Imagens" está à venda nas livrarias

Cultura

“O estatuto de Loja com História da Livraria Barata tem de significar alguma coisa”

A Livraria Barata quer reinventar-se, mas precisa de apoios, afirma, à VISÃO, José Rodrigues, gerente confrontado com uma enorme falta de liquidez, fruto de dois meses de quebras de vendas brutais. A histórica livraria, símbolo da luta contra o Estado Novo, vive dias de grandes dificuldades

Jornal de Letras
Letras

A viagem da Literatura continua

Cultura

O que ando a ler nesta quarentena: Isabel Rio Novo

Livros, leituras e sugestões de quem está fechado em casa para quem também permanece em recolhimento

Cultura

O que ando a ler nesta quarentena: Ana Luísa Amaral

Livros, leituras e sugestões de quem está fechado em casa para quem também permanece em recolhimento

Jornal de Letras
Letras

Luis Sepúlveda: "Todos os silêncios são cúmplices e têm uma quota parte de responsabilidade"

A última entrevisa de Luis Sepúveda, concedida nas Correntes d'Escritas, que mostra o homem e escritor de causas que sempre foi

Os mais belos poemas, escolhidos por 25 poetas
Cultura

O que ando a ler nesta quarentena: José da Cruz Santos

Livros, leituras e sugestões de quem está fechado em casa para quem também permanece em recolhimento

'Quando as Girafas Baixam o Pescoço': O retrato do País em crise, por Sandro William Junqueira
Cultura

O que ando a ler nesta quarentena: Sandro William Junqueira

Livros, leituras e sugestões de quem está fechado em casa para quem também permanece em recolhimento

Vídeo: David Machado, escritor, entrevistado por alunos na festa dos «Miúdos a Votos» Jornal de Letras
Letras

David Machado: A viagem depois da viagem

Vinte anos depois, regressa a uma viagem que marcou a sua entrada na idade adulta e o amadurecimento da sua vocação literária. É o retomar da grande tradição literária americana pela estrada fora, protagonizada por dois amigos que ambicionam a liberdade total. Em A Educação dos Gafanhotos, realidade e ficção misturam-se, a memória alimenta a ficção e a ficção revive a memória. Entrevista com o escritor, já distinguido com o Prémio da União Europeia para a Literatura

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Um quarto só para mim. O relato da quarentena do jornalista do JL

Crónica de uma quarentena anunciada. Mais cedo ou mais tarde o Coronavírus havia de chegar a Portugal. E chegou, num festival literário, que colocou vários escritores e leitores em isolamento social. O jornalista do JL foi um deles. Entre quatro paredes, conta-nos o que é viver longe, embora sempre ligado, do mundo e em contacto permanente com a linha SNS 24

Jornal de Letras
Letras

Correntes d’Escritas: Stand up Literatura

Comovem, surpreendem e cativam: as intervenções no festival organizado pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim são uma montanha russa de emoções e pensamentos que revelam ao leitor universos pessoais e literários. 
O JL acompanhou o encontro e dá-lhe conta do que por lá se viu e ouviu. 
Na edição em papel publica ainda quatro diários, um por cada dia, com visões pessoais 
de quatro escritores: Jaime Rocha, Isabel Rio Novo, Maria Manuel Viana 
e Pedro Teixeira Neves