Luís Ricardo Duarte

Luís Ricardo Duarte

Jornalista
Jornal de Letras
Jornal de letras

Álvaro Magalhães: As paixões do Senhor Pina

A conversar, a jogar, a praticar artes marciais ou a exercer advocacia, mas sobretudo na poesia, no jornalismo e na reflexão sobre a ciência, a religião ou o cinema. A tudo se entregou de corpo inteiro, plenamente, sem hesitações. Assim era Manuel António Pina, um dos mais destacados poetas, cronistas e autor de livros ‘chamados’ de literatura infanto-juvenil das últimas décadas, Prémio Camões em 2011, de quem Álvaro Magalhães refez o percurso de vida e literário: Para quê Tudo Isto? é uma biografia de um leitor e admirador

Jornal de Letras
Jornal de letras

Juan Gabriel Vásquez: Anatomia de um século

É sabido que muitas vidas dariam um bom romance, outras são capazes de espelhar todos os movimentos que marcam um século. É o caso da de Sergio Cabrera, hoje mais conhecido como realizador, mas que no final dos anos 60 do século XX militou na guerrilha colombiana, depois de uma passagem (e formação) pela Revolução Cultural da China de Maio. "Olhar para Trás", a nova ficção de Juan Gabriel Vásquez, um dos mais destacados escritores da América Latina da atualidade, é uma tentativa de compreender esse passado, pessoal mas também coletivo, feito de causas, lutas e fanatismos, que ainda hoje tem repercussões no presente, nomeadamente na aplicação dos Acordos de Paz da Colômbia de 2016

Jornal de Letras
Jornal de letras

Jorge Vaz de Carvalho: Traduzir o génio de Dante

É um dos grandes acontecimentos editoriais de 2021: "Divina Comédia", de Dante Alighieri, tem nova tradução portuguesa, respeitando a sua "terza rima" e todas as especificidades do poema original, um dos mais importantes do cânone ocidental. Assina-a Jorge Vaz de Carvalho, homem de muitas vidas, cantor lírico nos anos 90, gestor cultural na primeira década deste século, ensaísta e estudioso, professor da Universidade Católica Portuguesa

Jornal de Letras
Jornal de letras

Paulina Chiziane: O canto das pessoas comuns

Tem sido pioneira em tudo, desde ser a primeira mulher moçambicana a publicar um romance até ser a primeira africana galardoada com o Prémio Camões. Um prémio para uma caçadora de histórias, sempre empenhada politicamente. O JL entrevista a escritora, ainda tonta com a mudança que a sua vida levou

Jornal de Letras
Jornal de letras

Mia Couto: Contra o esquecimento

São contos em forma de crónica, crónicas em forma de conto, uma vez por mês, na revista VISÃO, e agora recolhidas no livro "O Caçador de Elefantes Invisíveis", uma edição da Caminho já nas livrarias. O JL entrevista o escritor que defende uma superação pela positiva do passado, sem esquecimentos

A. M. Pires Cabral Jornal de Letras
Jornal de letras

A. M. Pires Cabral: uma pulsão criadora

Poesia, conto, romance, fotografia, pintura: a sua pulsão criadora manifesta-se em diferentes suportes, num ímpeto que, aos 80 anos, cumpridos em agosto, não esmorece. Publica agora um novo volume de poemas, "Caderneta de Lembranças", depois de ter lançado, também na Tinta-da-China, o romance "Feliciano". O JL entrevista o escritor, sempre empenhado na valorização da sua região e avesso a uniformizações, e pré-publica três poemas

Ideias

"O que gostamos ou odiamos é mais importante do que aquilo que pensamos ou sabemos. A raiva tornou-se uma mercadoria"

Ece Temelkuran, romancista, ensaísta e comentadora política turca, em entrevista à VISÃO

Se7e
VISÃO sete

"O Caçador de Elefantes Invisíveis", de Mia Couto: Tradutor de mundos

As crónicas do escritor moçambicano na VISÃO, agora reunidas em livro, revistas e aumentadas, oferecem-nos um retrato expressivo de Moçambique, num olhar diferenciado sobre a atualidade

Se7e
VISÃO sete

"A Anomalia", de Hervé Le Tellier: Vida, modo de estranhar

"A Anomalia", romance-sensação do escritor francês Hervé Le Tellier, é uma engenhosa e divertida especulação sobre a nossa condição humana

Jornal de Letras
Jornal de letras

Germano Almeida - Homenagem no Escritaria

Germano Almeida é o autor homenageado no Escritaria, festival literário promovido pela Câmara Municipal de Penafiel. O JL conversou com o escritor

Jornal de Letras
Jornal de letras

Juan Gabriel Vásquez - Anatomia de um século

Luís Ricardo Duarte entrevista Juan Gabriel Vásquez, o autor de A Forma das Ruínas, distinguido em Portugal com o Prémio Literário Casino da Póvoa Correntes d’Escritas

Se7e
VISÃO sete

"Para quê Tudo Isto?", de Álvaro Magalhães: Um retrato do amigo Manuel António Pina quando poeta

Uma biografia de Manuel António Pina que também se assume como ensaio literário e um testemunho da forte ligação que o jornalista, cronista e poeta mantinha com os seus amigos. "Para quê Tudo Isto?", de Álvaro Magalhães está nas livrarias

Jornal de Letras
Jornal de letras

As origens do Sebastianismo

Entrevista com André Belo, historiador e escritor do livro Morte e Ficção do Rei Dom Sebastião

Se7e
VISÃO sete

"O Vício dos Livros", de Afonso Cruz: Ler para mudar

Em "O Vício dos Livros", Afonso Cruz reúne um conjunto de histórias – umas lendárias, outras pessoais – que mostram o poder transformador da literatura

Jornal de Letras
Jornal de letras

Contos sobre mulheres

Entrevista com Cláudia Lucas Chéu, a propósito do seu novo livro A Mulher Sapiens

Jornal de Letras
Jornal de letras

Paulo Faria: Escrever no olho do furacão da pandemia

É um romance, mas daqui a muitos anos também poderá ser lido como o espelho de uma época. Toma as liberdades da ficção, mas procura captar o que nos tem rodeado nestes tempos de incerteza. "Em Todas as Ruas Te Encontro", o seu terceiro romance, é a confirmação da vocação literária de um tradutor que, depois de muitos anos a dedicar-se à obra de outros, se apresenta agora em nome próprio. Um autor atento ao presente, pois de um retrato da quarentena de março e abril do ano passado se trata; e atento também ao passado, nomeadamente à Guerra Colonial e à luta anti-fascista

Jornal de Letras
Jornal de letras

Margaret Jull Costa: “É extraordinário Eça não ser tão conhecido como Tolstói”

É uma das mais destacadas e premiadas tradutoras inglesas, grande especialista em autores de língua portuguesa (e espanhola), desde os mais conhecidos, como José Saramago e Fernando Pessoa, aos que até em Portugal inexplicavelmente continuam a não ter os leitores que merecem, como Maria Judite de Carvalho. Vê no seu ofício uma “alquimia”, mas também um missão: dar a conhecer, a um público mais alargado, outros génios das Literatura Mundial, como o autor de Os Maias. O seu mais recente projeto, que propôs à editora americana Dedalus, é a tradução de Uma Família Inglesa, de Júlio Dinis, pretexto para esta entrevista.

Jornal de Letras
Jornal de letras

Luis Sepúlveda, sem sombra de esquecimento

O festival literário Correntes D'Escritas vai realizar-se online nos dias 26 e 27 de fevereiro. Este ano, em formato reduzido, o festival vai prestar homenagem ao escritor Luis Sepúlveda, que morreu em abril do ano passado, vítima de COVID-19, poucos meses depois de ter participado neste festival. Em jeito de homenagem, recordamos a entrevista dada pelo escritor chileno ao JL, em 2009: "Luís Sepúlveda - Sem sombra de esquecimento", presente no número 1020.

Jornal de Letras
Jornal de letras

João Luís Barreto Guimarães: Vida, movimento e poesia

Presta culto a dois deuses, a Dionísio, de quem retira inspiração, e a Apolo, que o acompanha na arte de esculpir o poema. São também as duas faces da sua existência, medida pelo rigor da cirurgia reconstrutiva, que exerce no Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho, e pela liberdade da linguagem que empresta a um percurso literário de já 30 anos e que agora foi distinguido com o Prémio Armando Silva Carvalho, atribuído a Nómada. Em Movimento, volume de poemas agora editado, volta a afirmar a singularidade do seu universo, neste caso moldado ainda por outros deuses, mote para esta entrevista

Jornal de Letras
Jornal de letras

Manuel Alegre: Um canto nas fronteiras da vida, do tempo e da poesia

É uma viagem íntima e um grito de revolta. Quando, o seu novo e “inesperado” livro, um longo poema que chega para a semana às livrarias, tem a marca das lutas que caracterizam o seu percurso. Mas é acima de tudo uma reflexão sobre a vida e o lugar da poesia num mundo globalizado em que “a libertação da palavra poética pode vir a ser uma das últimas formas de resistência”. Um canto em busca de uma nova toada que o JL revela e antecipa, pré-publicando a última secção do poema, aqui “lido” por Paula Morão, e entrevistando o autor, Prémio Camões em 2017, e com numerosas outras distinções, figura histórica da resistência à ditadura, da democracia e do PS, e duas vezes candidato à Presidência da República

Jornal de Letras
Jornal de letras

Manuel Jorge Marmelo: Póquer, política e literatura

É escritor de muitos recomeços, nos temas que lhe interessam e nas editoras em que tem publicado. Regressa agora, passados quatros anos, na Porto Editora, com um romance que mostra a força e a pertinência do seu discurso literário. Tropel é daquelas obras que interpelam diretamente o leitor, mostrando o absurdo que nos chega a casa embrulhado em forma de notícia e distância. A partir do drama dos imigrantes e dos refugiados, percorre-se o labirinto do medo que parece cercar a sociedade contemporânea. Um livro duro com uma janela de esperança. Um romance atual de quem joga na ficção a sua liberdade