Filipa Araújo

Filipa Araújo

MACAU, MACAU Apaixonada por letras, pessoas e lugares, não se lembra de querer ser outra coisa senão jornalista. Antes sequer de partir já tem a mochila às costas. Esteve em jornalismo de agência e em assessoria em Portugal, mas não hesitou quando a convidaram para voar até a Macau. Ir é o seu verbo favorito. Escrever, uma paixão. Gosta de rir e observar tudo à sua volta. Diz que o amor é o que a faz viver. Não disfarça quando algo não lhe agrada e levanta o sobrolho quando dá opiniões. Adora sushi, mas era incapaz de deixar de comer carne.
Nós Lá Fora

Coronavirus: quando o normal é extraordinário

É agora que nos arrependemos dos dias em que não queríamos ir trabalhar. Dos dias que queríamos ficar em casa. É agora que nos rimos dos cães com máscaras. É agora que percebemos que o normal tem um sabor fabuloso. Filipa Araújo, que escreve para o Nós Lá Fora da VISÃO a partir de Macau, traça um retrato emotivo e esclarecedor do que ali se vive neste momento

Filipa Araújo
Presente de Natal
Nós Lá Fora

Presente de Natal

MACAU - O Natal puxa-nos para Portugal, para a família, para as mesas cheias e damos por nós a querer levar estas pessoas todas connosco. Às cavalitas, ao colo, nas malas de viagens, penduradas nos nossos pescoços. Queremos encher um avião delas e metê-las bem ali, ao lado do avô, da irmã grávida, dos tios, do sobrinho

Filipa Araújo
O tuga emigra
Nós Lá Fora

O tuga emigra

MACAU - o “tuga emigra” é todo um conceito por si só. Não é apenas o português que “emigra ou sai da sua região ou do seu país para se estabelecer noutro”. Nada disso

Filipa Araújo
No mundo da China…
Nós Lá Fora

No mundo da China…

Depois deste texto não há como voltar atrás. Venho trazer para cima da mesa um tema que até vos pode parecer leviano, mas é todo um mundo para nós, os que vivemos deste lado. Falo-vos do: Taobao!

Filipa Araújo
A bipolaridade de Macau
Nós Lá Fora

A bipolaridade de Macau

MACAU - Por aqui as pessoas falam alto. Não consigo explicar porquê, mas berram quando estão felizes e quando estão infelizes. Berram por tudo e por nada. Utilizam o mesmo volume quando falam com alguém que está a dois metros de si, como a 20 ou 200

Filipa Araújo
Antes que só nos reste a saudade
Nós Lá Fora

Antes que só nos reste a saudade

MACAU - Ao fim de cinco anos, com a quase inexistente esperança do lado de Portugal no meu regresso, vejo pessoas que amo muito, ao longe. Tão ao longe que começo a ter dificuldades em lembrar-lhe os traços, o cheiro e as expressões. E se me perguntarem o que aconteceu eu direi “nada”. Mas aconteceu. Aconteceu que não devolver a chamada uma, duas ou três vezes, porque “agora não posso”, “agora não é boa altura”, ou “ligo mais tarde” foi abrindo uma fenda entre nós que só tem tendência a aumentar

Filipa Araújo
Tapau, m’goi
Nós Lá Fora

Tapau, m’goi

MACAU - Que fique escrito que Tapau não representa apenas “ir buscar comida”, inclui também levar para casa o que sobrou do almoço ou jantar. Desengane-se quem pensa que o tapau mora nos restaurantes de rua. Não. É prática geral, seja a tasca no virar da esquina com dois bancos vermelhos de plástico encostados ao pilar do prédio ou o restaurante Michelin. Sim, até o funcionário do Robuchon au Dôme pergunta depois de terminado um menu de 12 pratos: “tapau?”

Filipa Araújo
A caixa de surpresas de Macau
Nós Lá Fora

A caixa de surpresas de Macau

Em Macau estamos a uma pessoa de outra pessoa. Se eu não conheço o meu amigo vai conhecer. É a rede social menos complexa de sempre. No entanto, nem tudo o que parece é

Filipa Araújo
De barriga cheia que nem pandas
Nós Lá Fora

De barriga cheia que nem pandas

MACAU - Em Macau come-se muito bem. Dizer muito bem é não conseguir explicar como se come em Macau

Filipa Araújo
Macau, portugueses e as visitas
Nós Lá Fora

Macau, portugueses e as visitas

MACAU - Esta terra é a disponibilidade do outro ao outro. Talvez seja isto que quer dizer o espírito de comunidade.

Filipa Araújo
Pandas e fusos horários
Nós Lá Fora

Pandas e fusos horários

MACAU - Diz-nos o Priberam que jet lag é o “conjunto de alterações físicas ou psíquicas resultantes de uma viagem longa de avião através de vários fusos horários”. Eu diria mais. O jet lag é uma tortura silenciosa que tem como missão destruir a sanidade mental do emigrante

Filipa Araújo
O amigo do emigrante
Nós Lá Fora

O amigo do emigrante

MACAU - Os melhores amigos não percebem a importância que têm em nós. O conforto que nos dão quando vamos a casa, e a vontade que nos trazem de querer ficar. Ficar por e com eles

Filipa Araújo
Macau, a menina mulher
Nós Lá Fora

Macau, a menina mulher

MACAU - Lá por casa, os meus livros têm género. Calma, activistas. No meu jogo existe a possibilidade de algo sem género

Filipa Araújo
Os portugueses de cá
Nós Lá Fora

Os portugueses de cá

MACAU - Assumindo esta memória de peixe, há, no entanto, uma data que me ficou guardada. O 7 de Abril de 2014. O dia em que cheguei a Macau

Filipa Araújo
A viagem da dor
Nós Lá Fora

A viagem da dor

MACAU - A morte continua, sempre de nariz empinado, muito dona de si, a levar-nos quem amamos. Mesmo quando estamos a milhares, muitos milhares, de quilómetros de distância

Filipa Araújo
A caixa da nostalgia
Nós Lá Fora

A caixa da nostalgia

MACAU - Fui-me habituando ao adeus. Habituei-me e mentalizei-me que tudo é passageiro

Filipa Araújo
Os dias em Portugal...
Nós Lá Fora

Os dias em Portugal...

MACAU - Todo o emigrante devia ter o direito de ir a Portugal, pelo menos, 15 dias por ano sem que lhe fossem descontados dias de férias

Filipa Araújo
Mãe, O elemento chave
Nós Lá Fora

Mãe, O elemento chave

MACAU - Todas as mães merecem o pódio de campeãs, mas as mães dos emigrantes merecem qualquer coisinha mais

Filipa Araújo
No sítio certo
Nós Lá Fora

No sítio certo

MACAU - Uma das maiores vantagens de Macau é a sua localização geográfica

Filipa Araújo
Brisa feliz
Nós Lá Fora

Brisa feliz

MACAU - Aqui acordamos com chuva, calçamos as botas e pensamos “ai, está imenso calor”. Trocamos para os chinelos de dedo, calças arregaçadas para não se molharem e lá vamos nós de poça em poça

Filipa Araújo
“Macaumorfose”
Nós Lá Fora

“Macaumorfose”

Macau muda-nos. Ela própria muda. Ensina-nos coisas boas e más

Filipa Araújo