Carmo Lico

Carmo Lico

Jornalista Multimédia
Brigantinas. Ou Bragançanas. É o nome que se dá às pessoas que, como eu, nascem em Bragança, bem no norte interior do país. Carmo Lico. Sendo que sim, "Lico" é mesmo o meu último nome. Não é "Lixo" - como o corretor automático insiste em sugerir - nem "Lino", nem "Liro". É "Lico" mesmo. Estudei Design de Comunicação o tempo suficiente para perceber que, afinal, era a comunicação que me chamava - e não tanto o design. Quando, quatro meses depois de me licenciar em Ciências da Comunicação na Universidade Autónoma de Lisboa, a VISÃO me convidou para fazer parte da equipa, só havia uma resposta: SIM! E enquanto "ambas as duas" quisermos, hei de continuar a dar-lhe, mais do que texto, voz e cara.
Exame
Exame

Girl Talk: “A pandemia foi uma lição permanente de transformação da capacidade de resposta pública"

Mais investimento na Educação, impostos mais baixos, um compromisso social entre público e privado, que permita o aumento dos salários médios, e acarinhar quem chega mas também quem escolhe ficar em Portugal a trabalhar. As reflexões da ministra Ana Mendes Godinho e da economista Catarina Reis

Irrevogável

Mário Mourão: “Se a UGT quer atingir objetivos nunca pode descartar a luta na rua. E estamos preparados para isso”

O novo secretário-geral da UGT observa, porém, que a central sindical “sempre teve uma matriz de diálogo”, que espera manter, proveitoso, com Governo e na concertação social. Mário Mourão substitui Carlos Silva no cargo, mas não alinha nas (duras) críticas dirigidas, esta semana, ao seu antecessor, pelo fundador e antigo líder da UGT José Manuel Torres Couto. “Talvez tenha exagerado”, diz

Sociedade

13 estratégias para educar o sono das crianças

A psicóloga Filipa Pimenta, docente e investigadora do ISPA, explica como criar as condições ideais para os mais pequenos dormirem tranquilos

Irrevogável

"Grande beneficiário dos atrasos na justiça administrativa e fiscal é o próprio Estado", aponta procurador Adão Carvalho

No dia em que se deu a abertura do ano judicial, o presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público lamentou que durante os últimos dois anos o evento não se tenha realizado por vontade política. Adão Carvalho criticou ainda os problemas de fundo que persistem no setor, entre eles os atrasos da justiça administrativa e fiscal

Irrevogável

Carlos Guimarães Pinto: "Por mim, podem ficar com os tachos todos"

Para o deputado da Iniciativa Liberal é "irrelevante" a ausência do partido na mesa da Assembleia da República e no Conselho de Estado. "Temos mais um deputado sentado no hemiciclo", reage ao chumbo de João Cotrim de Figueiredo para "vice" da Assembleia da República

Exame
Exame

Girl Talk: "Temos atualmente 16% da população excluída do digital"

Mais talento, mais bem pago e com incentivos para ficar em Portugal. É esse o desafio do País, para garantir que os ataques informáticos não impactam a vida das empresas e dos cidadãos mais do que até agora. Madalena Cascais Tomé e Luísa Ribeiro Lopes elencam as prioridades da literacia digital num território onde 16% das pessoas ainda sofrem de exclusão social

Irrevogável

José Manuel Anes: "Treino militar e de combate na Ucrânia será, no pós-guerra, mais um problema a acrescentar aos que a extrema-direita já coloca ao mundo ocidental"

O criminologista censura a ofensiva militar russa, mas alerta que os combatentes estrangeiros ao lado dos ucranianos (e também dos russos) podem representar, no pós-conflito, riscos para a segurança da Europa e de Portugal. “Podemos estar a alimentar o monstro no seio dos nossos Países”, diz. Reagindo à morte do PSP Fábio Guerra, José Manuel Anes admite que os crimes em Portugal têm tido contornos "mais violentos e mortíferos"

Exame
Exame

Girl Talk: Pensar as vidas longas

Portugal tem 182 pessoas com mais de 65 anos por cada 100 jovens, e teima em olhar para as primeiras como um problema e não como ativos relevantes para a economia e a sociedade. A demógrafa Maria João Valente Rosa e a economista Ana Lehmann apontam caminhos para um Portugal mais integrado e sustentável

Irrevogável

Ana Gomes: “Putin lançou este ataque porque se convenceu que os norte-americanos e os europeus têm lideranças fracas"

Ana Gomes não tem dúvidas que se nada for feito, Vladimir Putin “não vai ficar pela Ucrânia” e continuará a alargar a sua ofensiva militar aos Países vizinhos, colocando em causa a segurança da Europa e do mundo. “Já estamos na terceira Guerra Mundial”, diz a ex-eurodeputada, que apela a que UE e NATO não se fiquem pelas palavras, e passem à ação

Guerra na Ucrânia

"A ação humanitária de emergência é um paliativo. Depois é preciso atitudes de acolhimento", diz diretor da Amnistia em Portugal

Pedro A Neto congratula-se com o corredor humanitário acionado hoje, pela primeira vez, na União Europeia para facilitar a integração dos refugiados ucranianos. Mas lembra que este estatuto é apenas temporário, esperando que os países se esforcem para integrar os cidadãos que vão receber. Até agora, a resposta da União Europeia e da ONU à guerra tem sido "lenta", provando o que já se sabe sobre a segunda organização: que precisa de uma reforma interna urgente, continua o diretor da Amnistia Internacional Portuguesa

Irrevogável

"Se a Ucrânia estivesse na NATO há oito anos, não havia mortes e este sofrimento", diz presidente da associação dos ucranianos

Caso a Aliança Atlântica tivesse estendido a sua influência a Kiev, neste momento a Rússia não se aventuraria numa invasão, apontam os ucranianos a viver em Portugal, cujo presidente admite que "Putin não entrou na Ucrânia para sair, foi para ficar". Segundo Pavlo Sadokha, o Governo de António Costa já o contactou para concertar a vinda de refugiados

Guerra na Ucrânia

A guerra na Ucrânia vista pelo Twitter

Multiplicam-se nas redes sociais os vídeos captados na Ucrânia

Mundo

A tempestade em Petrópolis que já matou mais de uma centena de pessoas e deixou um cenário horrível, em 40 imagens

Até agora, foram contabilizadas 120 mortos e há registo de 116 pessoas desaparecidas

Irrevogável

Hugo Guinote, da PSP: "Ameaça, coação, intimidação podem ser paixão mas não são amor"

Numa semana que o País debateu o que é violência no namoro, o coordenador nacional do policiamento de proximidade da PSP, alerta que a "ameaça e coação" numa relação são sinais de alerta, que devem ser reportados às autoridades. Segundo Hugo Guinote as queixas por aquele tipo de crime têm vindo a aumentar, inclusive entre pessoas de 75 a 80 anos

Fotografia

Dentro da indústria de flores já em preparação para o Dia dos Namorados em imagens

As imagens de uma produtora de flores colombiana mostram a preparação para um dos principais momentos do ano para a indústria. Espera-se que sejam vendidas 650 milhões de flores

Fotografia

O rasto de destruição do derrame de petróleo no Equador em 30 imagens

A rutura de um oleaduto causou um derrame de petróleo que afetou a área protegida da Amazónia. As imagens mostram o impacto na flora e a fauna locais

Fotografia

Esta é uma seleção das melhores fotografias de todo o mundo

Foram selecionadas 59 fotografias nas competições de vários países, uma iniciativa criada pela World Photography Organization e pela Sony, para apoiar comunidades fotográficas locais em todo o mundo

Irrevogável

Líder da CGTP: "Maiorias absolutas nunca foram fator de estabilidade para os trabalhadores"

Isabel Camarinha teme por um PS que saiu das legislativas com "as mãos livres para fazer o que quiser" e alerta que uma maioria absoluta pode agravar as condições dos trabalhadores. Segundo a secretária-geral da CGTP-IN, não só a central sindical não esteve "adormecida" durante a Gerigonça, como irá manter a pressão sobre o novo Executivo socialista

Irrevogável

Marina Costa Lobo: "Podemos esperar um Marcelo mais livre"

"Apesar da liberdade para ser mais igual a si próprio, o Presidente perdeu a expectativa de contribuir para levar o seu partido de origem ao poder, num espaço temporal de dois anos

Exame
Exame

Girl Talk: Recebe mais quem sabe dar

Garantir a sobrevivência de uma empresa familiar exige, além da profissionalização óbvia da gestão, que as várias gerações saibam “dançar uma espécie de tango”. As reflexões de Leonor Freitas e Gracinha Viterbo – que continuaram e fizeram crescer o legado de gerações anteriores

Legislativas 2022

Recorde os valores da taxa de abstenção nas eleições nacionais ao longo dos anos

As projeções dos vários canais situam a abstenção destas eleições entre os 40% (mínimo da CNN) e 54% (máximo da RTP). Confira aqui os valores da abstenção, desde 1975 a 2021, em autárquicas, legislativas, presidenciais e europeias