Bruno Batista

CEO & Idea maker do grupo GCI, consultor de comunicação e opinador nos tempos livres

Opinião

Há metadados que provem incompetência?

Somos levados a pensar que somos livres de ligar e pesquisar o que bem entendermos no nosso telemóvel, que os metadados (a georreferenciação, por exemplo) até ajudaram a resolver crimes de sangue bem recentes

Opinião

A Saúde não apresenta melhoras

Na prática, um a um, os antigos hospitais PPP têm vindo a desaparecer. E, um a um têm entrada em colapso.

Opinião

A oposição não abastece o carro?

É verdade que tudo isto não passaria da lei da oferta e da procura, da conjuntura, do preço do barril de brent nos mercados, da guerra, se nestes últimos dias não tivesse caído o véu a António Costa e o País descoberto que afinal é possível baixar o preço dos combustíveis

Opinião

O twitter de Musk não é o meu

Opinião

Os “novos tempos” de Moedas podem liderar o PSD?

Poderá Carlos Moedas ser como Aníbal Cavaco Silva, que foi até à Figueira da Foz para falar "olhos nos olhos" aos congressistas e no dia seguinte foi eleito presidente do partido, numa inesperada reviravolta que ainda hoje garante não ter sido planeada?

Opinião

Não deveria haver uma idade máxima para se ser Presidente?

Sem querer tirar o mérito ao cidadão político sénior, será que a sua realidade social não está desfasada do mundo real, do Portugal real, onde os mais novos têm uma visão e objetivos de vida completamente opostos?

Opinião

Zelensky de cravo ao peito no 25 de Abril?

Agora, perante o convite do Chefe de Estado de Portugal para discursar na Casa da Democracia como irá Zelensky responder? E se o discurso acontecer no dia 25 de abril de 2022?

Opinião

Com que doenças se pode brincar?

Quando impusermos legalmente limites ao humor estamos a castrar um dos mais elementares pilares da democracia - a liberdade. Seria de bom senso excluir doentes, mas quais? Como diferenciamos o grau de doença que permite fazer rir? E as loiras? E os alentejanos? E os políticos? E a homossexualidade? Haverá sempre alguém que defende que não se brinca com alguma coisa

Opinião

Nova estratégia de Costa. Vamos ouvir falar os ministros?

Se até aqui era o Primeiro-Ministro o porta-voz do Governo, agora tudo pode mudar. As ambições europeias podem falar mais alto, e é preciso começar a trabalhar a comunicação desde já

Opinião

Guerra: a arte da comunicação