Nasci no ano que deu nome a um livro (1984) e cresci na Nazaré, numa casa por cima do mar. Estudei Jornalismo, escrevi à peça para o Público e para a Grande Reportagem, fiz uma passagem curta pela comunicação empresarial, e voltei a ser feliz quando, depois de um concurso ao estilo Jogos-Sem-Fronteiras, fui escolhida para integrar a equipa fundadora do i. Seis anos depois, saltei do i para o SOL e do SOL para a VISÃO. Escrevi sobre padres armados, sobre sobreviventes de desastres de avião, sobre histórias de incesto, sobre crimes de sangue. Entrevistei mulheres que aos 70 mataram os seus homens, homens que queimaram as namoradas, miúdos que mataram sem saber que matavam. Voltas e voltas depois, saltei para o crime económico e acabei por especializar-me na área da Justiça e investigação. Não me canso de ler acórdãos, apaixonei-me pelo Direito e até aprendi a gostar de juristas. Gosto de ter uma boa caixa de segredos, dispensava as ameaças. Viciada na adrenalina dos furos e das manchetes, não consigo passar muito tempo sem voltar a outro lugar que me faz feliz – a reportagem. Quase sempre dramas (com inesquecíveis excepções). Quase sempre dias de coração em frangalhos e noites de mau dormir. Aprendi que as histórias nunca se sacodem dos ombros, nunca ficam no tapete à entrada de casa. E aprendi a não ter medo de pôr a emoção no que escrevo. Até hoje trago comigo Sabóia e a Borralheira, a Alice e a Carolina, a Manuela e o Ludgero. Pelo meio destas angústias, recebi dois prémios e duas menções honrosas, plantei uma árvore e escrevi dois livros. Falta-me a criança – é melhor ir tratar disso. Dava um bracinho para escrever como o Coetzee. Enquanto não consigo, decidi voltar para cima do mar.

Rui Patrício: "No caso BES, temos ali processo para 50 anos"

É advogado do Benfica e de Manuel Vicente e foi agora nomeado pelo Estado para a administração da...

Sílvia Caneco
Luís Barra
Rui Rangel recusa julgar recurso da Operação Marquês

Rui Rangel é o terceiro juiz a ser demitido em 16 anos

O magistrado que está a ser investigado na Operação Lex é, no entanto, o primeiro juiz a ser demi...

Sílvia Caneco
Sócrates e outras cenas

O que não bateu certo no interrogatório do amigo de Sócrates

Dinheiro por supostos negócios que chega às contas antes desses negócios existirem. Ou movimentos...

Sílvia Caneco
José Sócrates em 12 passos. O que ele andou para aqui chegar

Estas são as dez perguntas a que Sócrates terá de responder

José Sócrates começou a ser ouvido segunda-feira em fase de instrução. Será a última oportunidade...

Sílvia Caneco
O que acontece em Portugal a quem vende anabolizantes que podem deixar uma pessoa à beira da morte?

O que acontece em Portugal a quem vende anabolizantes que podem deixar uma pessoa à beira da morte?

Do ponto de vista criminal, nada. A culpa é de um vazio legal

Sílvia Caneco
Armas de Tancos eram de “alta perigosidade” e foram usadas por terroristas

Armas de Tancos eram de “alta perigosidade” e foram usadas por terroristas

Afinal, material militar roubado não estava obsoleto. O despacho que acusa 23 arguidos, entre ele...

Pedro Raínho
Sílvia Caneco
Fundação O Século herdou buraco de 5 milhões de euros

Fundação O Século herdou buraco de 5 milhões de euros

A fundação conhecida pela sua colónia balnear vai processar ex-presidente, que terá usado verbas ...

Sílvia Caneco
Restaurantes, discotecas, fatos e botões de punho. Os gastos do negociador da ANTRAM que a Justiça investigou

Restaurantes, discotecas, fatos e botões de punho. Os gastos do negociador da ANTRAM que a Justiça investigou

André Matias de Almeida foi alvo de uma queixa-crime por suspeitas de ter usado os fundos de uma ...

Octávio Lousada Oliveira
Sílvia Caneco
Bruxelas abre processo de infração contra Portugal por não cumprir normas sobre ataques a sistemas de informação

O ataque à rede de um dos maiores escritórios de advocacia do País

A VISÃO revela como um hacker – que se pressupõe ser Rui Pinto – conseguiu entrar na rede de um d...

Sílvia Caneco
Como o Serviço Nacional de Saúde está a cair aos bocados

Como o Serviço Nacional de Saúde está a cair aos bocados

O que não faltam são relatos da miséria que atravessa o SNS, de norte a sul do País. Como chegámo...

Catarina Guerreiro
Cesaltina Pinto
Sílvia Caneco
Vânia Maia

As falhas dos governadores Constâncio e Costa

As falhas dos governadores Constâncio e Costa

Se Constâncio já tinha a imagem chamuscada pela falência do BPN, o episódio Berardo parece tê-la ...

Sílvia Caneco
Agenda de Manuel Pinho revela encontros com Salgado e Mexia no mesmo dia

Agenda de Manuel Pinho revela encontros com Salgado e Mexia no mesmo dia

Em 2005, Manuel Pinho reuniu-se com António Mexia uma hora depois de ter estado com Ricardo Salga...

Sílvia Caneco
Tripulantes de avioneta incorrem em homicídio negligente

Piloto que matou duas pessoas na praia de São João estava reformado por depressão

O instrutor do voo estava reformado por invalidez devido a depressão mas conseguiu renovar a lice...

Sílvia Caneco

Os mandamentos das máfias

Giovanni Falcone, juiz siciliano assassinado pela Cosa Nostra em 1992, comparava a entrada na máf...

Sílvia Caneco

Máfia: quem são os “Don Corleone” e seus homens na vida real?

Como são os rituais de iniciação dos mafiosos fora do ecrã? E que métodos usam para matar? Em Ma...

Sílvia Caneco

Alguns dos estranhos rituais mafiosos

De Itália ao Japão, cada máfia tem um número típico ou um ritual bizarro, nojento ou assustador. ...

Sílvia Caneco

Joana Marques Vidal: “Não podemos deixar que o combate à corrupção seja a bandeira de movimentos autoritários populistas”

Joana Marques Vidal: “Não podemos deixar que o combate à corrupção seja a bandeira de movimentos autoritários populistas”

Nas Conferências do Estoril, a ex-Procuradora Geral da República defendeu ser necessário um debat...

Sílvia Caneco

Sérgio Moro: “Tinha melhores condições para combater a corrupção como ministro do que como juiz. Não fui contra os meus princípios"

Sérgio Moro: “Tinha melhores condições para combater a corrupção como ministro do que como juiz. Não fui contra os meus princípios"

O Ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil foi recebido nas Conferências do Estoril como...

Sílvia Caneco

O que aconteceu e ainda pode acontecer a Joe Berardo

O que aconteceu e ainda pode acontecer a Joe Berardo

A postura de Joe Berardo na Comissão Parlamentar de Inquérito à CGD causou ondas de choque. Desde...

Sílvia Caneco

Galp reservou 47 mil euros para levar políticos e altos quadros aos jogos do Euro 2016

Galp reservou 47 mil euros para levar políticos e altos quadros aos jogos do Euro 2016

Mas nem todos aceitaram. Santana Lopes, Miguel Frasquilho e Seguro Sanches, por exemplo, rejeitar...

Sílvia Caneco
A herdeira “maldita” do império Queiroz Pereira

A herdeira “maldita” do império Queiroz Pereira

Sílvia Caneco