Agarrados ao jogo: As histórias do vício, os sintomas da dependência, os testes e as recomendações

Agarrados ao jogo: As histórias do vício, os sintomas da dependência, os testes e as recomendações

João tem 45 anos e passou os últimos 20 a correr atrás do prejuízo. De recaída em recaída, de mentira em mentira, de dívida em dívida. Perdeu quase tudo: a mulher e a guarda dos dois filhos, a sua quota-parte da casa e até o carro em que foi obrigado a dormir, quando se viu na rua, sem um euro no bolso nem lugar para onde ir, no início do ano passado. Nem os pais o aceitaram de volta, após tantas desilusões.

Tudo começou numa ida ao casino, por ocasião do aniversário de um amigo. Tinha 23 anos e tomou-lhe o gosto. Três dias depois, voltou para ganhar o equivalente a oito mil euros. “Foi o pior que me podia ter acontecido”, acredita. Fiel às máquinas de póquer do Casino Estoril, passou a ver nelas a solução para todos os males financeiros (e não só) da sua vida.

Mais na Visão