A lava do vulcão de La Palma chegou ao mar. E terá um impacto bombástico

A lava do vulcão de La Palma, nas Canárias, já chegou ao mar. Está a cair de um penhasco com cerca de cem metros de altura, próximo da praia de El Guirre, em Tazacorte, sendo que toda a ilha está em situação de catástrofe.

O encontro entre a lava e o mar dá origem a reações hidrotérmicas e químicas: “Forma-se uma coluna de vapor espetacular, mas podem ocorrer colapsos por acumulação na frente [do vulcão] e as interações com a água podem desencadear explosões”, explicou o geólogo e sismólogo Raúl Pérez, do Instituto Geológico Mineiro de Espanha, ao jornal El País.

O primeiro impacto é térmico, com toneladas de rochas acima dos mil graus centígrados a entrarem no mar, com a água a rondar os 23 graus. A segunda reação é química, com os componentes da lava a interagirem, por exemplo, com o cloreto de sódio do mar.

As colunas de vapor que resultam do encontro entre a lava e o mar transportam gases que podem ser tóxicos para os olhos, pele e pulmões

As colunas de vapor que resultam deste encontro transportam gases que podem ser tóxicos para os olhos, pele e pulmões. Por isso, as autoridades espanholas aconselham a população a manter-se em casa e a não se aproximar do rio de lava.

Vários estudos científicos têm analisado as consequências das erupções vulcânicas a longo prazo, que podem dar pistas sobre as consequências da atividade vulcânica em Cumbre Vieja.

Uma investigação do Instituto Oceanográfico Espanhol (IOE), sobre a erupção do vulcão da ilha de El Hierro, também nas Canárias, ativo entre outubro de 2010 e março de 2011, permite especular sobre o impacto da lava no ecossistema marítimo.

No entanto, em El Hierro, o contacto com o mar foi imediato, já que a erupção era submarina, enquanto em La Palma só aconteceu vários dias após a entrada em atividade. Assim, as consequências ao nível da fauna e da flora serão previsivelmente menos graves em Cumbre Vieja.

Peixes em fuga

É habitual os vulcões provocarem alterações na concentração de metais como o ferro, cobre, cádmio e mercúrio. Também as emissões de dióxido de carbono aumentam, enquanto o oxigénio diminui drasticamente.

O estudo do IOE sobre o vulcão de El Hierro demonstrou que os organismos marinhos reagem de maneira diversa a estes fenómenos.

É difícil prever quando o ecossistema marítimo próximo de La Palma regressará ao normal, mas estudos anteriores indicam que, dentro de dois anos, a recuperação poderá ser total

Alguns animais marinhos fogem assim que detetam o aumento da temperatura da água, outros não conseguem escapar e acabam por morrer. Todavia, esta fuga é temporária. As espécies regressam quando o mar volta à temperatura habitual.

Já o fitoplâncton (microrganismos capazes de fazerem a fotossíntese que vivem na água), por exemplo, consegue sobreviver a elevadas temperaturas e a grandes concentrações de metais, aproveitando-se do aumento da presença de nutrientes.

Um artigo publicado na revista Science sobre a erupção do vulcão Kilauea (Havai), no verão de 2018, confirma uma grande proliferação de fitoplâncton durante os meses de atividade vulcânica, que se dissipa quando a lava deixa de fluir.

Outra das mudanças provocadas no mar é o aumento da reprodução de moluscos e invertebrados, que beneficiam da ausência de predadores, que fogem às altas temperaturas ou acabam por morrer.

É difícil prever quando o ecossistema marítimo próximo de La Palma regressará ao normal, mas estudos anteriores indicam que, dentro de dois anos, a recuperação poderá ser total. Contudo, tudo depende da duração da erupção nas Canárias, que continua a não dar tréguas.

A Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, está a ajudar as autoridades das Canárias a monitorizar a erupção vulcânica na Ilha de La Palma.

Ao assinar a VISÃO recebe informação credível, todas as semanas, a partir de €6 por mês, e tem acesso a uma VISÃO mais completa.

Uma VISÃO mais completa

Assinar agora

Mais na Visão

LD Linhas Direitas
Linhas Direitas

O Rio que tardou

Rio calou-se, fechou-se, anunciou que estava a avaliar os dados da equação, e agora decidiu avançar. É o melhor que poderia acontecer para quem disputa o seu lugar

Visão Saúde
VISÃO Saúde

O que explica o abrupto aumento de novos casos de Covid-19 na Europa de Leste?

Nas últimas semanas, Rússia, Ucrânia, Bulgária, Polónia e República Checa têm registado alguns dos valores mais altos de infeções por Covid-19 desde o início da pandemia. A baixa cobertura vacinal acompanhada de um relaxamento das medidas de distanciamento são, segundo o epidemiologista Manuel Carmo Gomes, uma combinação fatal

VISÃO VERDE
VISÃO Verde

Efeitos da covid-19 menos notados em Portugal em comparação com outros países, segundo um estudo

- Os efeitos da pandemia provocada pela covid-19 são menos notados pelos portugueses, em comparação com a média dos 30 países analisados no relatório 'Healthy & Sustainable Living', hoje divulgado

Mundo

Covid-19: Irlanda trava desconfinamento devido a aumento de casos e internamentos

O Governo irlandês confirmou hoje que vai travar o desconfinamento no país, devido ao aumento do número de casos de covid-19, não eliminando a maioria das restrições na sexta-feira, como estava previsto no plano apresentado em agosto

Mundo

Covid-19: Vacinar crianças abaixo dos 12 anos pode demorar "um pouco", avisa OMS

O diretor regional para a Europa da Organização Mundial da Saúde (OMS) admitiu hoje, em Lisboa, que a decisão de vacinar contra a covid-19 as crianças abaixo dos 12 anos ainda pode demorar "um pouco"

Política

Rui Rio recandidata-se à liderança do PSD

O presidente do PSD, Rui Rio, será recandidato à liderança do partido, refere um comunicado assinado pelo vice-presidente e agora diretor de campanha Salvador Malheiro. Rio evoca recentes "êxitos políticos" dos sociais-democratas para entrar na corrida contra Paulo Rangel

Economia

Aumento da receita do IVA será devolvido semanalmente em sede de ISP

O aumento extraordinário da receita de IVA decorrente da subida do preço dos combustíveis será devolvido semanalmente através de uma redução do imposto sobre os produtos petrolíferos

Política

Refugiados afegãos começam a trabalhar e as crianças estão na escola

A secretária de Estado para a Integração e as Migrações reafirmou hoje o compromisso de Portugal no acolhimento de refugiados, afirmando que alguns afegãos chegados recentemente ao país já estão a trabalhar e as crianças na escola

Opinião

Qual é, afinal, o lugar do cão?

Para a maioria das raças, incluindo muitos dos “rafeiros”, o seu lugar é em casa, connosco. Os cães também sentem frio, medo e necessidade de estar perto. Poder-me-ão dizer que sobrevivem na rua, é verdade. A isso respondo que um sem-abrigo também sobrevive na rua. No entanto, “sobrevive” é a palavra chave. Sobrevive sim, mas sem condições dignas e sem conforto. A opinião do veterinário João Seabra Catela

VOLT
Volt

Atraso nos elétricos pode custar 30 mil postos de trabalho, alerta Volkswagen

Diretor executivo da Volkswagen alertou a empresa que um atraso na transição para os veículos elétricos pode custar até 30 mil postos de emprego, principalmente devido à concorrência de outros fabricantes

Exame Informática
Exame Informática

Facebook quer contratar 10 mil funcionários na Europa para construir metaverso

Visão de Zuckerberg começa a tomar forma e a Facebook anunciou a intenção de contratar dez mil trabalhadores ao longo dos próximos cinco anos, na União Europeia, para construir o metaverso

Exame Informática
Exame Informática

Autoridades colombianas já esterilizaram 24 hipopótamos de Escobar

Há cerca de 80 animais à solta, nos rios à volta do complexo do barão da droga. Experiência piloto de castração está a ser feita com recurso a uma substância que bloqueia a fertilidade