O fogo foi apagado, a memória do horror não. 23 imagens para lembrar o incêndio de Pedrógão, quatro anos depois

66 mortos, meio milhar de casas e 50 empresas destruídas, centenas de feridos. Mais de dois terços das vítimas mortais (47 pessoas) seguiam em viaturas e ficaram cercadas pelas chamas na Estrada Nacional 236-1, entre Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, no interior norte do distrito de Leiria, ou em acessos àquela via.

Estimativas feitas pouco tempo depois dos incêndios apontavam para que os prejuízos provocados na floresta ultrapassassem os 83 milhões de euros, enquanto os danos em habitações ascendiam a mais de 27,6 milhões de euros, na indústria e turismo a perto de 31,2 milhões de euros, na agricultura a 20 milhões de euros e noutras atividades económicas a mais de 27,5 milhões de euros.

Os danos provocados em infraestruturas municipais foram então avaliados em cerca de 20 milhões de euros e na rede viária nacional em perto de 2,6 milhões de euros.

Em outubro do mesmo ano, vários fogos que atingiram sobretudo a região Centro provocaram a morte a 50 pessoas.

O Conselho para a atribuição de indemnizações às vítimas do incêndio de Pedrógão Grande e dos de outubro de 2017 fixou, em final de novembro desse ano, em 70 mil euros o valor mínimo para privação de vida.

As mortes provocadas pelo incêndio de Pedrógão levaram o Departamento de Investigação e Ação Penal de Coimbra a abrir um inquérito que investigou as responsabilidades no fogo. Também o processo de reconstrução das casas ardidas levou o Ministério Público de Coimbra a abrir um inquérito.

Palavras-chave:

Este verão assine a VISÃO, EXAME, EXAME INFORMÁTICA, entre outras publicações do grupo Trust in News, por 1 ano e receba 6 meses de leitura grátis. Conheça todas as opções, incluindo as versões digitais

Leia 6 meses grátis

Assinar

Mais na Visão

Sociedade

Long Covid: A jornada que Helena percorre, em câmara lenta, há já um ano

“Às vezes ia jantar fora e não tinha memória disso no dia seguinte”. Esta é uma história só mas que reflete a longa permanência no purgatório por que passam ou podem vir a passar 10% dos infetados

Sociedade

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo

Cultura
Exclusivo

Livros de verão: As escolhas de 14 figuras da política, economia, cultura e ciência

Uma das 14 figuras que vai encontrar nas páginas seguintes começa por dizer: “Ler nas férias tem um gosto especial.” E, como todos os anos, nós gostamos de espreitar os livros que acompanham artistas, políticos, pensadores ou cientistas no quotidiano único das férias de verão

Tóquio2020

Tóquio2020: Halterofilista El-Bakh ganha primeiro 'ouro' olímpico de sempre do Qatar

O halterofilista catari Fares El-Bakh venceu hoje a medalha de ouro na final da categoria de menos 96 quilos nos Jogos Olímpicos de Tóquio2020, batendo um recorde olímpico e tornando-se o primeiro campeão olímpico do Qatar

Mundo

Turistas em pânico pelos incêndios na Turquia fogem para a costa à espera de resgate

Vários turistas em pânico correram hoje para a costa da Turquia nas zonas onde incêndios florestais estão a ameaçar estâncias turísticas, depois da guarda costeira ter pedido a barcos e iates particulares que ajudassem na evacuação dos hotéis

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Nem sete golos nem suster a respiração. Cientistas criam aparelho capaz de pôr fim à saga dos soluços

Para quem sofre com os soluços e já experimentou inúmeras técnicas caseiras pode agora ter uma solução para o problema. Um grupo de cientistas desenvolveu um aparelho semelhante a uma palhinha, capaz de acabar com 92% dos ataques de soluços, de acordo com os resultados do estudo

Sociedade

O Chanel Nº 5 faz 100 anos e ainda não sabemos tudo

Um amante russo, um erro de laboratório, uma espia no Ritz. A história do perfume mais conhecido do mundo é de filme

Tóquio2020

Tóquio2020: Carlos Nascimento eliminado na primeira ronda dos 100 metros

O português Carlos Nascimento foi hoje eliminado na primeira ronda dos 100 metros dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao terminar no 45.º lugar final das eliminatórias, com o tempo de 10,37 segundos

Artigos de Newsletter

Telegrama: A terceira dose da vacina contra a Covid-19 vai ser inevitável?

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Dermatite atópica: "As pessoas afastam-se porque têm medo que seja contagiosa"

Os testemunhos de quem sofre com esta doença física e psicologicamente, o estigma associado a ela e as explicações de um dermatologista

Tóquio2020

Tóquio2020: Velejadores Jorge Lima e José Costa na 'medal race' em 49er

Os velejadores portugueses Jorge Lima e José Costa apuraram-se hoje para a 'medal race' da competição de 49er dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao manterem a 6.ª posição

Crónicas
Exclusivo

A questão das visualizações do YouTube

A visualização conta logo, mesmo antes de a “vítima” clicar naquela coisa ali em baixo que diz “saltar anúncio”