José Tolentino Mendonça “O barrete cardinalício é colocado na cabeça, mas não para substituir a cabeça”

Pedem-me da VISÃO que seja eu a desempenhar o papel de entrevistador por ocasião do lançamento do novo livro de José Tolentino Mendonça O Que É Amar um País. O meu papel é extremamente delicado. O seu autor é uma das figuras mais admiradas e estimadas no meio literário e intelectual português e, em simultâneo, uma das mais respeitadas figuras da Igreja Católica contemporânea. Se lhe faço perguntas fáceis, haverá leitores que me acusarão de excessiva reverência e mesmo subserviência; por outro lado, se lhe puser questões mais duras, não faltará quem me acuse de deselegância.

Tentarei cingir-me à temática abordada no seu livro. Nas minhas perguntas [enviadas por escrito], as frases entre aspas são citações dele. Seguem-se-lhe pedidos de esclarecimento e algum aprofundamento. Também procurarei fazer-lhe as perguntas que imagino surgirão na mente dos seu leitores.

A propósito de “amar um país”, ouvi na minha adolescência o filósofo católico José Enes comentar acerca do mandamento do amor: “Eu não posso amar 800 milhões de chineses! [Era esse, na altura, o número de habitantes na China]”. Como se ama dez milhões de portugueses?
Antes de tudo, tenho a dizer que é um privilégio poder pensar e conversar com as perguntas de alguém como o Onésimo Teotónio Almeida, que é um dos mais estimulantes mestres no Portugal contemporâneo. Obrigado por esta oportunidade. É interessante que a ouvir a frase “Eu não posso amar 800 milhões de chineses!”, a primeira coisa que me ocorreu foi um episódio testemunhado por Simone de Beauvoir acerca da então jovem estudante de Filosofia Simone Weil, nos corredores da Sorbonne. Havia nessa altura uma grande fome na China e Beauvoir conta que Simone Weil, referindo-se a isso, começou a chorar. E ficou-me na cabeça, como uma das frases da minha vida, o comentário de Simone de Beauvoir: “Tive então inveja de um coração capaz de bater em uníssono com o inteiro universo.” Creio que a vida não se cumpre sem um coração capaz de bater assim. Porque, no fundo, nós amamos uma pessoa em concreto para que esse amor nos ensine a compreender todas as pessoas. O singular não pode esquecer o comunitário.

Diz que Camões é “inspiração para ousar grandes sonhos”. Há ambiente para eles na sociedade portuguesa de hoje? Seremos capazes de sonhar algo mais do que esperar um bom pacote de Bruxelas?

Camões é um extraordinário exemplo porque viveu historicamente uma complexa época de paixão e crepúsculo e não se conformou. Os grandes sonhos não se fazem só quando há ambiente para isso. Na maior parte das vezes, fazem-se contra o ambiente ou apesar dele. Há que sacudir o conformismo. Gosto muito da passagem do livro do profeta Joel (2,28): “Derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos jovens alcançarão novas visões e até os velhos terão sonhos.” O que nos move é o Espírito e não simplesmente o conforto das situações históricas.

Onésimo Teotónio Almeida
Para um grande entrevistado, um grande entrevistador. Onésimo Teotónio Almeida nasceu há 73 anos na ilha de São Miguel, nos Açores, mas vive nos Estados Unidos da América desde 1972. Professor catedrático da Universidade de Brown, nos EUA, dedica-se sobretudo à história da cultura e à identidade portuguesas. Foi escolhido pelo Presidente da República para presidir às comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, em 2018.

Este artigo não está disponível na íntegra no site. ASSINE AQUI e leia a edição digital da VISÃO em primeira mão.
Se JÁ É ASSINANTE da VISÃO digital, leia na aplicação a nova edição ou clique AQUI.

Palavras-chave:

Pack especial de curta duração de 9 revistas (edição digital) por €9,99 mês

ASSINE JÁ

ASSINE JÁ!

Mais na Visão

Desporto

Sporting conquista terceira Taça da Liga ao bater Sporting de Braga

O Sporting conquistou hoje, pela terceira vez, a Taça da Liga em futebol, nos últimos quatro anos, ao vencer o Sporting de Braga por 1-0, na final da 14.ª edição da prova, em Leiria

Mundo

Covid-19: Coordenadora do grupo de crise de Trump admite que considerou renunciar

A coordenadora do grupo de crise contra a covid-19 na Administração Trump admitiu hoje que considerou renunciar e temeu que a mobilização de tropas para a posse do novo Presidente norte-americano, Joe Biden, fosse fonte de super-contágio

Ideias

Pedro Matos Soares: "Os movimentos políticos populistas são contra a ação climática"

"Há um recrudescer de movimentos políticos populistas, nacionalistas, que são adversos à necessidade de uma ação global para enfrentar as alterações climáticas", avisa, em entrevista à VISÃO, o investigador Pedro Matos Soares

Mundo

Covid-19: Região italiana da Lombardia uma semana confinada por engano

A Lombardia, coração económico do norte de Itália, foi confinada e classificada como zona vermelha por engano durante uma semana, devido a estatísticas erradas sobre covid-19, e só hoje um decreto governamental retificou a situação

Sociedade

Como é que os astronautas da NASA lidam com o isolamento?

Nas suas missões espaciais, os astronautas são treinados para lidar com o isolamento. Com a pandemia de Covid-19, esta realidade alastrou-se a todos os humanos - por isso, a NASA veio explicar os sete conceitos fundamentais que os astronautas retêm para lidar com o isolamento

Mundo

"Não há casa que não tenha água" após ciclone Eloise em Moçambique

Sebastião Sabão, líder de bairro na cidade da Beira, cento de Moçambique, diz que "não há casa que não tenha água" depois da passagem do ciclone Eloise

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Novos máximos em 24 horas: Mais de 15 mil novos casos e 274 mortes

15333 novos casos e 274 mortos em 24 horas são novos máximos desde o início da pandemia em Portugal

Sociedade

Covid-19: Como é fazer Erasmus em confinamento

A grande maioria dos estudantes desistiu do intercâmbio, à espera de melhores dias. Mas também há quem tenha seguido o plano e outros que optaram pela versão online

Cultura

Morreu Larry King

O gigante da televisão norte-americana tinha 87 anos e estava internado desde o início do mês num hospital de Los Angeles com Covid-19

Sociedade

10 regras para não engordar em tempo de quarentena

A nutricionista Ana Cláudia Ferreirinha explica os truques para se conseguir fazer em casa uma dieta equilibrada e não se ganhar peso. A ideia passa por adaptar o valor calórico ingerido ao gasto energético. Descubra como pode fazê-lo

Mundo

A história por detrás da foto da tomada de posse que deu origem de uma avalanche de memes

A imagem do senador e antigo candidato presidencial Bernie Sanders sentado, de pernas cruzadas e luvas - já lá vamos - tornou-se um meme instantâneo

A depressão também atinge as pessoas felizes?
Sociedade

“Eu não sou quem eles pensam, um dia vão apanhar-me.” O que é a Síndrome do Impostor e um teste para avaliar se sofre deste mal

Afeta sobretudo pessoas perfecionistas e com traços ansiosos. Um inimigo interno a que as figuras públicas não são imunes e com o qual, asseguram os especialistas, é possível aprender a lidar melhor. Conheça a autora do conceito e faça o teste