Ana Gomes: A vida e os combates da indignada militante

Nos tempos em que era universitária e próxima do MRPP

Os primeiros tempos em Jacarta foram exigentes. Ana Gomes passava os dias em contactos com as autoridades indonésias e com a resistência timorense. À noite, durante horas a fio, a embaixadora produzia os reports para Lisboa, em que descrevia o ambiente político que se vivia entre Timor-Leste e a Indonésia, relatava as conversas que tinha mantido com as diferentes fontes, tentava antecipar soluções para concretizar o processo de independência timorense, ao mesmo tempo que geria a diferença horária entre Lisboa e a capital indonésia nos contactos telefónicos com o governo português. “Durante semanas, dormiu três ou quatro horas por noite”, recorda um antigo colega diplomata. “Queixava-se de que a missão era esgotante, sim, mas tinha um drive louco por aquela questão, percebia o que estava em jogo, o papel que podia ter, e assumiu o cargo com garra.” Não houve outra causa como Timor naquelas duas décadas de carreira diplomática.

Passaram mais de 20 anos. Hoje, com a diplomacia arrumada e depois de uma longa passagem pelo Parlamento Europeu, o nome de Ana Gomes ganha peso para uma candidatura à Presidência da República. Depois de recusar em absoluto essa hipótese, recuou. Está a “refletir”, mas, num aspeto, pouco mudou: está sempre ligada à ficha. É comum vê-la publicar tweets até depois das duas da manhã e perceber que, a partir das sete, os seus mais de 80 mil seguidores já estão a ser bombardeados com notícias de jornais, interpelações diretas aos principais governantes europeus, recomendações – até comentários de outros utilizadores que lhe dirigem críticas diretas são partilhados pela ex-eurodeputada. “Trabalhadora”, “incansável”, uma ativista política que não abdica de lutar pelas suas causas. Alguém “sem medo”, “bem preparada”, “inteligente”. Estas opiniões cristalizaram-se, são unânimes entre amigos de longa data, antigos colegas e até adversários políticos. Menos consensuais são as armas que ela escolhe para travar os seus combates.

“É uma pessoa indiscutivelmente combativa, com uma abordagem temática quase obsessivamente ligada à corrupção, mas com um defeito”, ressalva o eurodeputado do CDS, Nuno Melo. “Afirma certezas absolutas que podem enlamear a honra de pessoas a quem ela não deu a possibilidade de contraditório”, resume o antigo adversário no Parlamento Europeu, com quem Ana Gomes travou debates intensos. E, ainda que lhe aprecie o “impulso” justiceiro, Nuno Melo considera que, “muitas vezes”, Ana Gomes “foi para lá do que devia ir”.

Este artigo não está disponível na íntegra no site. ASSINE AQUI e leia a edição digital da VISÃO em primeira mão.
Se JÁ É ASSINANTE da VISÃO digital, leia na aplicação a nova edição ou clique AQUI.

Palavras-chave:

Leia todos os conteúdos exclusivos da VISÃO no site. E experimente a nova app, mais completa, com podcasts, newsletters diárias, alertas noticiosos e muitos conteúdos só para assinantes

Tenha mais VISÃO

Assinar

Mais na Visão

Newsletters

Telegrama: O apoio de Biden à suspensão das patentes das vacinas vai salvar o mundo ou só a imagem externa dos EUA?

Deus já não cabe no espaço público?
Sociologia do Quotidiano

De que falamos quando falamos de religião?

Talvez pelo facto de ser um fenómeno extremamente complexo e multidimensional, não há na literatura especializada um consenso sobre a definição de religião, alerta Donizete Rodrigues, que desafia os leitores que tiverem chegado ao final do artigo a contribuir para a sua construção

Mundo

UE/Presidência: Comissão com 'plano B' caso presidência termine sem avanços nos salários mínimos

A Comissão Europeia está a considerar como 'plano B' avanços nas presidências europeias seguintes à portuguesa sobre a definição de salários mínimos, caso Portugal não consiga consenso no Conselho, segundo o comissário europeu do Emprego, Nicolas Schmit

Mundo

Presidentes de 21 países da União querem UE "líder mundial" com "novas soluções"

Presidentes de 21 países europeus, entre eles Marcelo Rebelo de Sousa, apelaram hoje a uma UE com "novos métodos e novas soluções", "líder mundial" e pediram também ajuda aos cidadãos

Mundo

Tóquio2020: Responsável do Comité Olímpico Internacional afirma que nada pode impedir realização

O vice-presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) afirmou hoje que nada poderá impedir os Jogos Olímpicos de Tóquio de se realizarem como planeado, apesar do atual surto de covid-19

Sociedade

Esta é a piscina infinita mais alta do mundo e não é difícil imaginar onde abriu

Inaugurada esta semana, tem quase o dobro do comprimento de uma piscina olímpica e fica situada no topo de um arranha-céus com 77 andares, a quase 300 metros de altura

Cultura

Vestígios arqueológicos não vão alterar projeto imobiliário previsto para os antigos terrenos da Feira Popular

As descobertas vão da pré-história aos séculos mais recentes, passando pelo Império Romano, mas não têm relevância patrimonial a ponto de justificarem mudanças no plano urbanístico, garante à VISÃO a Direção-Geral do Património Cultural. Novas imagens mostram a evolução das escavações nos últimos cinco meses

Crónicas
Exclusivo

As mulheres e os homens

Será que os nossos filhos vão seguir as pisadas dos pais? Ou vão ser uns meninos da mamã, a fumar à mesa enquanto auscultam nos telemóveis a cotação das bitcoins (...)?

Visão Saúde
VISÃO Saúde

A comida com picante provoca úlceras?

A Diretora do Serviço de Gastrenterologia do Centro Hospitalar Universitário do Porto esclarece as dúvidas mais frequentes sobre a questão dos picantes

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: O que deve saber sobre viajar durante este período em 10 perguntas e respostas

O verão aproxima-se a vontade de partir aperta. Saiba quais as restrições e que países não poderá mesmo visitar quando decidir ir de férias

Economia

Covid-19: Entradas e saídas para trabalhar nas freguesias de Odemira sob cerca sujeitas a teste negativo

As entradas e saídas para trabalhar ou apoiar idosos nas freguesias de Odemira sob cerca sanitária ficam dependentes de teste negativo à covid-19, a partir das 08:00

Mundo

Covid-19: Guterres defende mais autoridade para OMS em sessão de perguntas para candidato a secretário-geral

António Guterres defendeu hoje, em diálogo com Estados-membros da ONU o reforço da autoridade da Organização Mundial de Saúde e uma visão abrangente sobre os problemas relativas ao clima, biodiversidade e poluição