Como Ventura “privatizou” o chega

Como Ventura “privatizou” o chega

Ele pode tudo. Pode escolher e impor candidatos a órgãos internos ou a eleições nacionais. Pode exonerar líderes distritais, condicionar a apresentação de listas opositoras e até suspender a democracia interna a bem da “nação Chega” ou do que ele entende como tal. Ao longo do tempo, a maioria do partido deu a André Ventura carta-branca para modificar programa, estatutos, regulamentos e práticas internas. Hoje, acusam-no de desvios autoritários. A contestação sobe de tom e estilhaçou de vez o equilíbrio precário entre fundadores e “cristãos-novos”. Outros, porém, nem sequer esperaram. “Enquanto precisou de nós e quis ser eleito deputado, fomos os cavalos que engordam com o olhar do dono. Mas quando se viu na Assembleia da República, esqueceu quem o ajudou a criar o partido. Aquilo sempre foi um projeto de poder pessoal”, comenta Carlos Silva Monteiro, antigo vice-presidente do Conselho de Jurisdição. “Passava a vida a interferir nos assuntos daquele órgão, suspendiam-se pessoas para não participarem nos processos eleitorais e ainda guardo processos que terminei, mas que nunca tiveram seguimento, porque sua excelência não quis. Nunca conheci ninguém com o estofo moral tão baixo. E olhe que já combati com mercenários…”

A mutação do chefe

Mais na Visão

Mais Notícias

Vestido rosa

Eduardo Carpinteiro e João Serôdio vencem terceira etapa do Campeonato de Portugal de Novas Energias

Pilot Technology: a condução autónoma da Xiaomi já tem nome e está a evoluir a bom ritmo

Fogo em Abrantes em resolução

Portugal tem dois dos melhores parques aquáticos da Europa

Seca: Suinicultores prepararam medidas para sustentabilidade ambiental e social

Luísa Beirão e Lourenço Tamagnini assumem a relação de mãos dadas

Brain Snack: O que é a Síndrome de Ramsay Hunt, que paralisou Justin Bieber

Sónia Jesus sobre o noivo: "Aproveitamos as visitas para trocar miminhos"

Solar Car Charging Palm, estações de carregamento alimentadas a energia solar

JL 1350

JL 1349

Como saber se ele está mesmo apaixonado por si?

Análise As Dusk Falls: Descobrir o psicopata que há em si (e nos outros)

Morreu o estilista japonês Issey Miyake

Hospital de Beja com Urgência Obstétrica/Ginecológica encerrada até quarta-feira

Feitas de fibra

A história do Ballett Gulbenkian

Eis algumas das melhores imagens das fotos das férias de Carolina e Rita Patrocínio

Catarina Furtado brilha com o visual escolhido para a final de "The Voice Gerações"

Era uma vez uma maravilhosa preta da Guiné

Drink and Draw: Os encontros para beber e desenhar nos mais variados locais de Lisboa

Robô com tecnologia portuguesa bate recorde: 450 metros de profundidade no Abismo de Hranice

Festa de casamento de Ben Affleck e Jennifer Lopez não durará apenas um dia

Filmes de culto na esplanada da Cinemateca

Os 'truques' que os animais usam para se arrefecerem no verão

Bloco de partos da Maternidade Alfredo da Costa fechado ao exterior até às 09:00 de terça-feira

Ikea: novidades de outono

Entrevista a Fernando Mendes, apresentador de 'O Preço Certo'

Isto não são críticas de vinho!

Catarina Furtado dá nas vistas com top de 'glitter' e calças brancas

Infantas Leonor e Sofia destacam-se com vestidos de estilos diferentes

Se acha que esta crise é igual às outras, não está a prestar atenção

Porque não gostamos do lucro (dos outros)?

Princesa Nathalie da Dinamarca, sobrinha da rainha Margarida, divorcia-se após 12 anos de casamento

A diversidade importa

Conduzimos o Nissan Ariya em Estocolmo

O Gosto dos Outros: Pedro Lemos

Esta lente de contacto pode diagnosticar e prevenir o cancro

"Crueldade sem limites": protestos e uma petição para acabar com a vacada tradicional da praia de Porto Dinheiro, na Lourinhã

Infantas Leonor e Sofia destacam-se com vestidos de estilos diferentes

Agenda para pais e filhos: agosto é tempo de diversão