Suspeitas de favorecimento no negócio dos drones

Edição de 24 de Junho, quinta-feira nas bancas

No início de junho, o Ministério da Defesa Nacional e a Força Aérea Portuguesa (FAP) prometeram 4,5 milhões de euros à empresa que conseguisse construir e entregar, apenas uma semana depois de assinado o contrato, os dois primeiros de um conjunto de 12 drones para reforçar a vigilância e a prevenção na fase mais crítica dos incêndios, já a partir de 1 de julho. De envelope na mão, foram ao mercado para uma consulta prévia a três empresas nacionais na área dos unmanned aircraft (nome técnico destes equipamentos), mas só uma apresentou proposta ao concurso. Depois de analisar o caderno de encargos, a Tekever e o CEiiA – que chegaram a formar um consórcio para disputar o contrato – desistiram do negócio. “Conclui-se à saciedade que, apesar da aparência de abertura, o procedimento é fechado à concorrência, refletindo uma escolha predefinida da entidade adjudicante”, refere uma nota demolidora do concurso, que a empresa fez chegar à FAP. À VISÃO, o ramo recusa em absoluto que as regras do jogo tenham sido viciadas, mas a verdade é que, agora, a UAVision ficou com caminho livre para levantar o cheque.

Publicamente, a história começou a 11 de maio e tem o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, como primeiro protagonista. Nesse dia, à saída de uma reunião do Conselho de Coordenação da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, em que também participou o primeiro-ministro, Matos Fernandes anunciou o reforço dos meios de vigilância de fogos, com a compra de 12 novos aparelhos. “São drones que têm uma grande capacidade de voo em comparação com os que hoje existem. Estamos a falar de drones que podem voar entre seis e oito horas, tendo um raio de ação de 100 quilómetros a partir do ponto onde são comandados. A partir do final do mês de junho, esses drones vão estar no terreno”, garantia então o governante.

Este artigo não está disponível na íntegra no site. ASSINE AQUI e leia a edição digital da VISÃO em primeira mão.
Se JÁ É ASSINANTE da VISÃO digital, leia na aplicação a nova edição ou clique AQUI.

Palavras-chave:

Leia todos os conteúdos exclusivos da VISÃO no site. E experimente a nova app, mais completa, com podcasts, newsletters diárias, alertas noticiosos e muitos conteúdos só para assinantes

Tenha mais VISÃO

Assinar

Mais na Visão

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Putin é um Estaline em tamanho pequenino

Estaline era brutal, e sempre foi desde a sua juventude. Putin aprendeu mais tarde, quando percebeu que o poder não podia ser partilhado, e muito menos votado, e alternado. Agora, até morrer, como Estaline, não sai da cadeira

Mundo

Galáxia anã irá colidir com Via Láctea dentro de 2.000 milhões de anos, segundo um estudo

Um novo mapa panorâmico dos confins da Via Láctea revelou um rasto de estrelas deixado por uma galáxia anã que irá colidir com a Via Láctea dentro de dois mil milhões de anos, estimam cientistas num estudo hoje publicado

Exame Informática
Exame Informática

Dormir menos de sete horas por dia na meia-idade aumenta risco de demência

A partir de dados recolhidos ao longo de 30 anos, sobre quase oito mil pessoas, cientistas estabelecem ligação entre horas de sono aos 50 e 60 anos e aparecimento de demência na terceira idade

Igualmente desiguais

Menores em fuga

Um miúdo, que conheceu por acaso devido à sua profissão e por breves minutos, veio ao seu encontro desesperado. Trata-se dum menor do Kuwait, à guarda do Estado Português e que fugiu da instituição onde estava. Depois de ter dormido ao relento e cheio de fome, foi esperá-la à porta do trabalho e pediu ajuda

Exame Informática
Mercados

Hackers atacam fornecedor da Apple e ameaçam revelar esquemas dos produtos da ‘maçã’

Gangue de cibercriminosos REvil atacou a Quanta, um fornecedor da Apple, com ransomware. A empresa já terá feito saber que não paga o resgate e os hackers ameaçam revelar segredos dos produtos da Apple

VOLT
Volt

Audi confirma preços do Q4 e-tron e Q4 e-tron Sportback para Portugal

Novos modelos já podem ser reservados e chegam ao mercado a partir de junho, com preços desde os 44814 euros

Imobiliário

Procura por escritórios cresce 102% em março

O mês de março trouxe algum alento para quem arrenda espaços de escritório com a procura a aumentar em relação a fevereiro de 2021. A comparação homóloga do primeiro trimestre de 2021 já reflete um decréscimo, ao integrar meses pré-Covid quando o arrendamento destes espaços estava em alta

Assinaturas

A VISÃO tem uma nova app: descarregue-a aqui

Sociedade
Exclusivo

Tudo o que vai mudar no trabalho: As grandes tendências, as competências mais procuradas e os empregos em risco

À saída da pandemia, que acelerou a automatização, espera-nos um mundo com emprego híbrido, ainda mais digital e exigente em termos de competências. Teremos forças para dobrar este cabo?

Boca do Inferno
Exclusivo

Taça dos Lambões Europeus

A UEFA, que detinha a taça da ganância, pode perder o título para 12 clubes. É dos campeonatos mais renhidos dos últimos tempos

Em sincronização

Enriquecidos, justificai-vos!

O tema é sensível, e os equilíbrios são frágeis. Tal como no sigilo bancário e nos acessos aos dados pessoais, estas são matérias no fio da navalha da defesa das liberdades dos cidadãos. Mais vale ponderar e fazer uma boa lei do que legislar à pressa uma má lei

Editorial
Exclusivo

Os ricos a darem pontapés no mérito

Aquilo a que estamos a assistir é a um sintoma eloquente do crescimento das desigualdades, principal ponto de clivagem nas nossas sociedades