Relacionados

Já há quatro arguidos no caso dos apoios à resconstrução de casas em Pedrógão Grande
Política

Donativos para Pedrógão Grande: 500 mil euros desviados para obras que não eram urgentes

Cresce a revolta popular: os esquemas para fintar os regulamentos, com alterações das moradas fiscais posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017, fizeram com que reconstruções de casas que não eram prioritárias fossem tratadas como tal. A CCDR Centro admite que podem ter sido recuperadas habitações que nem tenham ardido, embora o Governo garanta que não recebeu denúncias de irregularidades

CDS requer auditoria do Tribunal de Contas à reconstrução de Pedrógão Grande
Política

CDS requer auditoria do Tribunal de Contas à reconstrução de Pedrógão Grande

Centristas chamam ainda o ministro do Planeamento, Pedro Marques, e o presidente do fundo Revita, Rui Fiolhais, ao Parlamento para prestarem esclarecimentos sobre o destino dos donativos. Dependendo das respostas, Nuno Magalhães, líder parlamentar do partido, não exclui avançar com uma comissão de inquérito

Quem são os quatro arguidos no processo sobre a reconstrução de Pedrógão?
Política

As casas da revolta em Pedrógão Grande 1: O truque da alteração das moradas fiscais

A alteração das moradas fiscais em datas posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017 foi o truque utilizado para que casas não permanentes, devolutas ou que, até, nem tenham ardido fossem tratadas como primeiras habitações e as respetivas reconstruções beneficiassem dos donativos dos portugueses. Conheça os casos denunciados em primeira mão pela investigação da VISÃO

As casas da revolta em Pedrógão Grande 2: O caso de Campelos
Política

As casas da revolta em Pedrógão Grande 2: O caso de Campelos

A alteração das moradas fiscais em datas posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017 foi o truque utilizado para que casas não permanentes, devolutas ou que, até, nem tenham ardido fossem tratadas como primeiras habitações e as respetivas reconstruções beneficiassem dos donativos dos portugueses. Conheça os casos denunciados em primeira mão pela investigação da VISÃO

As casas da revolta em Pedrógão Grande 3: Um casal, duas moradas
Política

As casas da revolta em Pedrógão Grande 3: Um casal, duas moradas

A alteração das moradas fiscais em datas posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017 foi o truque utilizado para que casas não permanentes, devolutas ou que, até, nem tenham ardido fossem tratadas como primeiras habitações e as respetivas reconstruções beneficiassem dos donativos dos portugueses. Conheça os casos denunciados em primeira mão pela investigação da VISÃO

As casas da revolta em Pedrógão Grande 4: O milagre de Vila Facaia
Política

As casas da revolta em Pedrógão Grande 4: O milagre de Vila Facaia

A alteração das moradas fiscais em datas posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017 foi o truque utilizado para que casas não permanentes, devolutas ou que, até, nem tenham ardido fossem tratadas como primeiras habitações e as respetivas reconstruções beneficiassem dos donativos dos portugueses. Conheça os casos denunciados em primeira mão pela investigação da VISÃO

As casas da revolta em Pedrógão Grande 5: A doação da Travessa dos Lopes
Política

As casas da revolta em Pedrógão Grande 5: A doação da Travessa dos Lopes

A alteração das moradas fiscais em datas posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017 foi o truque utilizado para que casas não permanentes, devolutas ou que, até, nem tenham ardido fossem tratadas como primeiras habitações e as respetivas reconstruções beneficiassem dos donativos dos portugueses. Conheça os casos denunciados em primeira mão pela investigação da VISÃO

As casas da revolta em Pedrógão Grande 6: Sair da casa da mãe
Política

As casas da revolta em Pedrógão Grande 6: Sair da casa da mãe

A alteração das moradas fiscais em datas posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017 foi o truque utilizado para que casas não permanentes, devolutas ou que, até, nem tenham ardido fossem tratadas como primeiras habitações e as respetivas reconstruções beneficiassem dos donativos dos portugueses. Conheça os casos denunciados em primeira mão pela investigação da VISÃO

As casas da revolta em Pedrógão Grande 7: Ainda ontem estava em França...
Política

As casas da revolta em Pedrógão Grande 7: Ainda ontem estava em França...

A alteração das moradas fiscais em datas posteriores aos incêndios de 17 de junho de 2017 foi o truque utilizado para que casas não permanentes, devolutas ou que, até, nem tenham ardido fossem tratadas como primeiras habitações e as respetivas reconstruções beneficiassem dos donativos dos portugueses. Conheça os casos denunciados em primeira mão pela investigação da VISÃO

Mais na Visão

Sociedade

Chuva e ventos fortes marcam os dias de hoje e amanhã

Seis distritos de Portugal continental estão hoje e sexta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva e vento fortes, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera

Economia

Humberto e David Pedrosa renunciam aos cargos na administração na TAP

Humberto e David Pedrosa apresentaram a renúncia aos cargos de presidente e vogal, respetivamente, na TAP e nas demais sociedades do Grupo TAP onde exercem funções de administração

Editorial

A clareza resolve crises e a transparência salva vidas

É disto que precisamos mais vezes: declarações claras, concretas, sem direito a segundas interpretações

Em sincronização

Haja paciên...sanidade!

O País enfrenta uma pandemia sem fim à vista, uma crise económica devastadora, e desafios sociais e políticos inéditos. Temos uma boia de salvação da Europa – os fundos de recuperação – que só conseguimos agarrar devidamente se por cá nos entendermos

Sociedade

Covid-19: Luz verde para uso de dexametasona em doentes que precisam de ventilação

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu parecer favorável ao uso de dexametasona em doentes com covid-19 que necessitem de suporte ventilatório, anunciou o Infarmed

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Que lições do combate à sida podemos aplicar à luta contra a Covid-19?

Com toda a incerteza ainda em torno de uma vacina para a Covid-19, um especialista de Harvard defende que é preciso olhar para o combate à sida para aproveitar o exemplo

Se7e
Comer e beber

11 receitas vegetarianas para todas as refeições

Entradas, refeições principais, doces e snacks. Reunimos 11 receitas vegetarianas para as refeições da semana - tudo delicioso

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Trump vs Biden, nem debate, nem peixeirada

Na prática, e na realidade, um debate, ou três, mesmo com a ilusão de ser um momento excecional, copiado por muitos países, não muda o resultado eleitoral. Nunca aconteceu, e não será este o caso

Sociedade

E se lhe disserem que viajar no tempo é (matematicamente) possível?

O anúncio foi feito por cientistas australianos, que garantem ter resolvido o famoso paradoxo lógico que explica o caso

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Gripe e Covid-19: Como resistir à dupla ameaça

Os sintomas confundem-se, mas a mistura das duas doenças faz aumentar o risco. Saiba o que fazer para se proteger. Quem deve ser vacinado. Os sinais a que deve prestar atenção

Sociedade

A "TAP é do povo português para o bem e para o mal" - ministro Pedro Nuno Santos

O ministro das Infraestruturas defendeu que a TAP "é do povo português para o bem e para o mal", referindo-se aos 582 milhões de euros de prejuízo

Política

OE2021: IVA gasto em alguns setores vai poder ser recuperado nas compras seguintes

O IVA suportado pelos consumidores em serviços ou produtos dos setores mais afetadas pelo impacto da pandemia poderá ser recuperado nas compras seguintes realizadas nos mesmos setores