“A NATO estava a ameaçar o nosso território”: As imagens do discurso de Putin no Dia da Vitória

“A NATO estava a ameaçar o nosso território”: As imagens do discurso de Putin no Dia da Vitória

“Estamos a fazer tudo o que podemos para evitar a guerra”, começa por dizer o Presidente russo, Vladimir Putin no discurso de abertura. A Rússia celebra o Dia da Vitória esta segunda-feira, 9 de maio, que marca o 77.º aniversário da rendição da Alemanha nazi, em 1945, e o fim da Segunda Guerra Mundial.

Descrevendo como a Nato “começou ativamente a ocupar os territórios vizinhos da Rússia”, o Presidente afirma que a organização “estava a ameaçar o nosso território”. Por isso, garante, a invasão à Ucrânia era “a única coisa a fazer”.

“Os países da NATO não nos queriam ouvir. Isso significa que, na realidade, eles tinham planos bem diferentes”, declara Putin, acusando o Ocidente de invasão da terra russa, “incluindo a Crimeia.” Por isso, garante que a operação militar foi um “ataque preventivo contra o agressor”.

“Vocês estão a lutar pela vossa terra mãe, para ter certeza de que ninguém se esquece da Segunda Guerra Mundial”, diz o Presidente falando diretamente para os tropas em Donbass, referindo que a Rússia deve garantir que o “horror de uma guerra global não se repitará”.

“Glória às nossas forças armadas. Para a Rússia! Para a vitória!”, declara no final do discurso, a que se seguiram tiros de festejos.

Assine a VISÃO, apoie o jornalismo, por apenas €6/mês.

ASSINE AQUI

Mais na Visão