Vacina contra a Covid-19: Eles foram os primeiros, neste novo dia “V”

O rosto da inglesa Margaret Keenan, 80 anos, a primeira pessoa a receber a vacina da Pfizer/BioNtech contra a Covid-19, no Hospital Universitário de Coventry, Reino Unido, foi o mais visto do dia – e não faltam razões para isso, tal como não faltaram as palmas do pessoal hospitalar que a recebeu, e que também teve direito à imunização. Seguiram-se, como se pode ver nas imagens em cima, uma série de outros sorrisos e explosões de alegria, naquele que é já chamado de novo dia “V”: o momento “histórico” em que se iniciou a maior campanha de vacinação do país.

Com mais de 60 mil mortos e mais de 1,7 milhões de infetados com o SARS CoV-2, o Reino Unido é o país europeu mais afetado pela crise pandémica. Daí ter-se empenhado em acelerar o processo de autorização da vacinação de emergência, depois de ter encomendado 40 milhões de doses da vacina da Pfizer/BioNTech, com o propósito de proteger 20 milhões de pessoas, uma vez que esta vacina se administra com duas doses.

Nesta primeira fase, estarão disponíveis 800 mil doses no Reino Unido, e os lotes chegaram a 50 centros hospitalares de todo o país, para aquela que é já considerada a maior e mais complexa campanha de vacinação da história britânica. Os obstáculos logísticos, já se sabe, são grandes. Trata-se de uma vacina que tem de ser armazenada em embalagens conservadas a menos 70 graus e em lotes com perto de mil doses, que não são facilmente divisiveis, de forma a ser administradas nos lares – cujos residentes foram designados como primeira prioridade. Pode ser transportada apenas quatro vezes e dura cinco dias à temperatura do frigorífico. Mas sempre, sempre com o máximo de cuidado, de forma a que nenhuma vacina seja desperdiçada.

Os funcionários do serviço nacional de saúde britânico trabalharam o fim de semana todo para preparar os espaços de imunização, e as compilar listas de quem deveria ser convidado a ter a vacina em primeiro lugar. Foram abrangidos os maiores de 80 anos, com consulta marcada naqueles centros, tal como os idosos que tivessem, entretanto, alta hospitalar. Todos terão igualmente uma marcação para a segunda dose dentro de três semanas.

O processo será gradualmente alargado a outros espaços, como as farmácias, desde que cumpram uma série de requisitos. “É um momento histórico”, considerou o secretário da saúde, Matt Hancock, citado pela BBC”. Boris Johnson, o primeiro-ministro, corroborou: é “o maior programa de vacinação em massa”. Mas, avisou também, será “um processo longo e gradual”.

Ao assinar a VISÃO recebe informação credível, todas as semanas, a partir de €6 por mês, e tem acesso a uma VISÃO mais completa.

Uma VISÃO mais completa

Assinar agora

Mais na Visão

Política

OE2022: BE votará contra se até 4.ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

Catarina Martins avisou que o BE votará contra o orçamento se "o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços", mantendo, no entanto, disponibilidade negocial

Visão Saúde
VISÃO Saúde

11 factos provados sobre a vida saudável

Há várias evidências científicas de que certos hábitos previnem doenças, como cancro, diabetes e problemas do coração. E, ao mesmo tempo, dão muitos anos de vida. Especialistas explicam o que está comprovado e a influência destes hábitos na saúde

Imobiliário
Exclusivo

Iolanda Gávea: “O congelamento das rendas perpetua graves injustiças”

Cerca de 30% dos proprietários não podem subir as rendas aos inquilinos. Uma situação que continua a deixar os senhorios à beira de um ataque de nervos

Sociedade

Os 10 “cofres secretos” mais apetecíveis para os milionários esconderem o dinheiro

Segundo a organização Tax Justice Network, as Ilhas Caimão são o paraíso fiscal mais tentador para os mais ricos guardarem as suas fortunas em offshores – e fugirem aos impostos. Portugal aparece no 76º lugar, um pouco abaixo do meio da tabela. O top-10 está longe de ser preenchido por lugares remotos do planeta; estão lá alguns dos países mais desenvolvidos

Sociedade

Migrações: Mais de 400 migrantes resgatados aguardam acolhimento europeu

Um total de 296 pessoas resgatadas nos últimos dias pelo navio Geo Barents, da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF), e outras 105 a bordo do Aita Mari desde terça-feira, aguardam autorização de um país europeu para desembarcarem

Arquivo VISÃO
Exclusivo

Arquivo VISÃO: Da bancarrota à perda da independência, as dez piores crises da História de Portugal (e a consolação de que, mal ou bem, todas foram superadas)

Sociedade

Autoridades procuram pescador desaparecido na ilha do Pico

Um pescador de 66 anos "encontra-se desaparecido desde a noite de sábado", na ilha do Pico, nos Açores, "estando a ser efetuadas buscas por mar e por terra e com um meio aéreo" para o localizar, foi hoje anunciado

Mundo

Equipa de filme de Baldwin já se tinha queixado de falta de segurança

Sete pessoas que trabalhavam num filme protagonizado por Alec Baldwin, que matou acidentalmente uma pessoa durante a rodagem, demitiram-se antes deste incidente invocando, entre outras, questões de segurança, noticiou a agência de notícias Associated Press

Mundo

O “maior golpe no tráfico de droga” na Colômbia desde a queda de Pablo Escobar

O barão da droga mais procurado do país, com a cabeça a prémio também nos EUA, foi capturado este sábado, no meio da selva, pelas autoridades colombianas

Sociedade

Esta marca portuguesa aproveita skates velhos ou partidos para criar peças novas

O objetivo é alterar o destino dos skates que já não vão poder andar pelos ares nos skate parks ou ruas e que iriam para o lixo e dar-lhes uma nova vida, contribuindo para uma "economia anti-desperdício", explica a marca

O consumo excessivo de álcool aumenta o risco de demência, diz estudo Visão Saúde
VISÃO Saúde

Nove receitas para curar a ressaca

Curar milagrosamente a ressaca é impossível, mas alguns truques podem ajudar a sobreviver melhor à manhã seguinte

Se7e
VISÃO sete

Três novos vinhos: O brilho dos brancos

Olhos postos na AdegaMãe, da Região de Lisboa, na Adega Mayor, do Alentejo, e na Quinta do Pessegueiro, do Douro. A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva