Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Há aranhas que produzem leite e é melhor do que o de vaca

Estudo do Dia

Aranha da espécie Toxeus Magnus

Zhanqi Chen

Estudo científico revela que as aranhas bebés são mais parecidas com os recém nascidos do que julgávamos

As aranhas bebés comem de tudo um pouco. Há espécies que se alimentam de pequenos insetos e outras de pólen. De leite materno é que não se sabia.

Os cientistas estavam intrigados como é que os filhotes da espécie Toxeus magnus, conhecida como aranha saltadora, era alimentada já que nem cria, nem mãe saiam do ninho. Além da cria atingir quase metade do tamanho da espécie adulta nos primeiros 20 dia de vida.

“Não conseguíamos descobrir como é que elas continuavam a crescer sem comida até que, uma noite, vi a cria a agarrar-se à barriga da mãe”, explica Zhanqi Chen, da Academia de Ciências Chinesa e líder do estudo publicado na revista Science. “Pensei, de forma algo radical, que as mães poderiam a estar a alimentar as aranhas bebés com algo que eles próprias produziam”. E acertou.

Puseram as mães debaixo da lente dum microscópio, apertaram ligeiramente o abdómen e viram sair um fluído branco cremoso, algo muito parecido com o leite dos mamíferos. As análises a esse leite de aranha, como o designaram, mostraram que esse líquido contém gordura e quase quatro vezes a quantidade de proteínas do leite de vaca.

De seguida, impediram fisicamente as aranhas mães de segregar o líquido e as crias morreram em 10 dias. Ou seja, segundo os cientistas, este leite é fundamental para a sobrevivência das recém-nascidas.

Os investigadores também concluíram que, embora esta espécie comece a caçar aos 20 dias, não desmama até aos 40 dias. Durante esse tempo, alimentam-se desse leite e de insetos, assim como muitos bebés humanos mamam ao mesmo tempo que tomam um suplemento.

A experiência de tirar as bebés aranha dos ninhos nesta altura revelou que a taxa de sobrevivência descia 40% em relação aquelas que estavam junto das mães.

Apesar do leite materno ser exclusivo dos mamíferos, os investigadores resolveram dar o nome de leite de aranha a este líquido, já que o propósito é o mesmo.