Primeira bandeira nacional sustentável hasteada para a inauguração da Lisboa Capital Verde Europeia

António Pedro Santos / Lusa

Uma gigante bandeira nacional sustentável, integralmente feita de materiais de plástico reciclável recolhidos nos oceanos. Foi este o grande símbolo da cerimónia de inauguração oficial da Lisboa Capital Verde Eurpeia 2020, no Parque Eduardo VII,  que contou com a presença do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, lado a lado com o primeiro-ministro António Costa e o vice-presidente executivo da Comissão Europeia Frans Timmermans.

Na cerimónia, Fernando Medina fez as honras da casa, destacando que este galardão vem reconhecer e reforçar o compromisso do município de Lisboa com sustentabilidade ambiental.

Durante todo o ano, a cidade terá o tema da sustentabilidade e ambiente como pano de fundo de um vasto programa de atividades, exposições, conferências e eventos. “Escolhe evoluir” é o conceito da Capital Verde, que quer tocar todos os portugueses, e não apenas os lisboetas. Uma espécie de desígnio nacional para este ano.

Bandeira nacional reciclada, feita de detritos de plásticos dos oceanos

 “O galardão não se destina a premiar os feitos que conseguimos. Destina-se acima de tudo a conseguirmos utilizá-lo de forma a fazer mais. Fazer mais para vencermos em conjunto esta batalha das alterações climáticas, fazermos mais pela melhoria da qualidade de vida das cidades, fazermos mais no domínio dos parques verdes, da água, da mobilidade sustentável”, sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

Marcelo Rebelo de Sousa teceu elogios a toda a equipa responsável por conseguir esta distinção: Fernando Medina, e o vereador  do ambiente José Sá Fernandes. E reforçou o papel de António Guterres enquanto secretário-geral das Nações Unidas na luta pelo planeta e no combate às alterações climáticas. “Lisboa abre o caminho, Portugal segue o caminho, a Europa apoia o caminho, António Guterres leva mais longe o testemunho universal nesse caminho. Estamos juntos e vamos vencer. Viva Lisboa Capital Verde Europeia 2020, viva Portugal”, exclamou Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República falou também às gerações mais novas, ali presentes por causa do flashmob que marcou o momento final. “Vamos fazer desta capital uma capital cheia de juventude, vamos fazer deste ano um ano de juventude. Vamos mostrar aos pessimistas que é preciso ser-se otimista. Vamos mostrar àqueles que não percebem a causa do ambiente que esta é uma causa de todos. Vamos mostrar àqueles que querem adiar opções que não podemos adiá-las”, afirmou. E apelou aos mais novos para “mostrar aos poderosos do mundo que negam a evidência que há evidências que são mais fortes do que a sua negação”.

Vamos mostrar aos pessimistas que é preciso ser-se otimista. Vamos mostrar àqueles que não percebem a causa do ambiente que esta é uma causa de todos. Vamos mostrar àqueles que querem adiar opções que não podemos adiá-las

Marcelo rebelo de sousa

O Presidente da República também recebeu uma bandeira sustentável reciclada idêntica à que ficará no Parque Eduardo VII, sublinhando que é um símbolo da “ponte que vai ser este ano”, um ano que “começa com Lisboa Capital Verde Europeia 2020 e continua com o grande congresso das Nações Unidas sobre os oceanos”.

A partir de 01 de fevereiro, todos os ministros só circularão em Lisboa e na área metropolitana em viaturas elétricas, anunciou hoje o primeiro-ministro, para assinalar simbolicamente o facto de a cidade ser Capital Verde Europeia em 2020.

Neste dia, soube-se ainda que Lisboa terá uma praia artificial no Tejo, uma piscina natural que funcionará com água do rio tratada.

Aproveite os descontos que preparámos para si, por tempo muito limitado. Só até 30 de novembro. Conheça todos os valores e opções para a assinatura da sua VISÃO aqui: https://bit.ly/tinbf2020

BLACK FRIDAY

Aproveite Já

Relacionados

Jornal de Letras
Capas JL

Lisboa, Capital Verde Europeia 2020: Plantar o Futuro na Cidade

A ecologia na última edição do JL, agora nas bancas, a propósito de Lisboa Capital Verde Europeia 2020, com textos de José Sá Fernandes, António Costa, Manuela Raposo Magalhães, Isabel Mota, Guilherme d'Oliveira Martins, Viriato Soromenho-Marques e Fernando Medina. Tributo a Gonçalo Ribeiro Telles. Capa de José Manuel Castanheira.

Ambiente

Tudo o que vai acontecer na Lisboa Capital Verde Europeia 2020

Conferências, exposições, eventos, festas e muitas atividades vão marcar o ano em que Lisboa se veste de verde

Política

José Sá Fernandes: “Tenho tido vários apetites para meter ações populares”

Em 2020, Lisboa será Capital Verde Europeia, uma importante conquista para a cidade e o reconhecimento da evolução feita na área do ambiente, na última década. Trabalho que tem a assinatura de José Sá Fernandes, o advogado irrequieto e polémico que tantas obras embargou pelo País e que, há 12 anos, é vereador 
do Ambiente da Câmara Municipal de Lisboa. 
As lutas, paixões, desilusões e conquistas do homem que nunca deixou de ser um ativista

Mais na Visão

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: Portugal com mais 87 mortos e 4.868 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 87 mortos relacionados com a covid-19 e 4.868 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde

Sociedade

A vila de Fucking, na Áustria, está cansada de brincadeiras de mau gosto

Após o chumbo de duas propostas de mudança de nome, a vila austríaca entrará no novo ano com um nome menos controverso: Fugging

Sociedade

Quando a vida se apaga da memória: Três histórias de quem se viu obrigado a reconstruir uma vida sem lembranças

O episódio verídico de um médico italiano que perdeu anos de memórias, na sequência de um acidente de viação, deu azo a uma série de televisão. Aqui se contam três histórias de quem também se viu obrigado a reconstruir uma vida sem lembranças, depois de um traumatismo crânio-encefálico

Economia

PCP/Congresso: João Ferreira aponta 10 falhanços a Marcelo

João Ferreira, candidato presidencial apoiado pelo PCP, apontou hoje dez falhas ao atual Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, e alertou que as eleições de janeiro vão influenciar a vida dos portugueses, "para o bem ou para o mal"

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: Ordem dos Médicos pede transparência e equidade na vacinação

O bastonário e o Gabinete de Crise para a covid-19 da Ordem dos Médicos pediram hoje transparência, equidade e fundamentação na vacinação contra o novo coronavírus, manifestando disponibilidade para colaborar na proposta de vacinação nacional

Economia

TAP: Plano de reestruturação prevê despedimento de 500 pilotos e redução de salários - Sindicato

O plano de reestruturação da TAP prevê o despedimento de 500 pilotos e a redução em 25% dos seus salários, segundo a informação divulgada hoje pelo Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil

Imobiliário

Pandemia potencia crédito malparado

A crise atual vai deixar famílias e empresas mais endividadas e, terminadas as moratórias, o crédito malparado vai disparar, alerta a Prime Yield. A solução habitacional para as famílias reside no arrendamento institucional, defende Nelson Rêgo, CEO da consultora

Política

Chega: "O Tribunal Constitucional não pode contentar-se com uma avaliação meramente formal do que se encontra escrito no programa ideológico"

A Democracia, como regime político, "não é o regime do 'vale tudo' e tem de fixar os mínimos existenciais para evitar a sua destruição por dentro", explica o constitucionalista Jorge Bacelar Gouveia

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Quem vacinar primeiro? Como os outros países estão a resolver o dilema

O Governo vai divulgar o seu plano de vacinação para a Covid-19 nos próximos dias. Outros países também estão a lançar os seus planos, mas nem todos definem os mesmos grupos como prioritários. Idosos ou trabalhadores essenciais: quem serão os primeiros a receber a vacina?

Sociedade

Covid-19: Concelhos de maior risco novamente com recolher obrigatório a partir das 13:00

Os 127 concelhos com risco "extremamente elevado" e de risco "muito elevado" de contágio por covid-19 voltam a ter recolher obrigatório a partir das 13:00 durante o fim de semana e feriado

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Vacina já dá confusão

É ridículo perder tempo na discussão metafísica das prioridades da vacinação. A Covid19, sozinha, já as estabeleceu. Todos as conhecemos. Basta elencar

Crónicas

Lar

Nos três anos anteriores tinha vivido numa aldeia onde a minha mãe era professora e estava habituada ao ar livre, a saltitar pelas casas de lavradores amigos, a ir às vindimas, às desfolhadas, a andar de bicicleta nas ruas sem automóveis, a sujar-me com a terra e a molhar-me com a chuva. Não imaginava o que me esperava