A arte ao serviço do desperdício alimentar com AKACORLEONE

Por: Ana Rita Coelho

Com os olhos postos na criação de iniciativas que alertem para o problema do desperdício alimentar, a Too Good To Go, empresa dinamarquesa que visa o desenvolvimento social e ambiental através de uma app que salva comida de ir para o lixo, aproveitou a celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente, a 5 de Junho, para lançar o seu novo projeto, Arte Contra o Desperdício Alimentar. Trata-se de uma coleção de arte que conta com trabalhos de 14 artistas europeus. “Tentamos que todas as nossas iniciativas tenham um impacto global” explica Carina Dias, relações-públicas da Too Good To Go em Portugal “A arte torna a mensagem mais compreensível, tem um cunho emocional mais forte e são colaborações como estas que nos permitem ter um constante trabalho de educação na comunidade”.

O desafio de criar 14 ilustrações sobre o desperdício alimentar foi lançado em simultâneo a artistas de vários países. São eles AKACORLEONE, de Portugal, 72kilos, de Espanha, Lorraine Sorlet, de França, à dupla de criativos Supermercat, da Dinamarca, Elisa Macellari, de Itália, a alemã Laura Breiling e a polaca Hannah Cieślak, entre outros, todos de nacionalidades diferentes. E todos unidos pela mesma premissa: apresentar uma interpretação própria sobre o tema em causa. 

O artista português multidisciplinar Pedro Campiche, AKACORLEONE escolhido pela equipa da Too Good To Go em votação interna confessou à PRIMA que “este convite da Too Good To Go foi realmente muito interessante. Era um tema que já tinha captado a minha atenção, mas eu não tinha dados concretos sobre o que realmente se passa ao nível do desperdício alimentar”. Depois de receber toda a informação, AKACORLEONE escolheu trabalhar numa ilustração que fosse não só alarmista, mas que também abordasse o amor, dentro daquela que é a sua estética habitual. “Desenhei um casal. Pensei: ‘O que é que duas pessoas podem fazer para criar menos desperdício alimentar?’ E tentei fazer isso com uma conotação positiva e que trouxesse uma mensagem positiva” revela. Para o artista, o maior desafio foi a exploração não só das comunidades, como do planeta terra, através da representatividade da figura feminina. “Queria personificar o planeta terra neste diálogo que é cozinhar para alguém de quem gostamos e partilhar essa refeição de uma forma realmente consciente.” 

No waste
‘No Waste. Just Pleasure’, o trabalho de AKACORLEONE

AKACORLEONE apresenta No Waste. Just Pleasure com muita cor, algo que para Carina Dias é fator determinante na distinção quanto aos outros prints. “O trabalho dele é muito gráfico assim como a sua essência. É muito fácil perceber que aquilo é um trabalho com a sua assinatura”.

Para além dos prints dos 14 artistas, existem outros 10, criados pela equipa criativa da Too Good To Go, como forma de agradecimento aos seus utilizadores. “Criámos um projeto pontual para de alguma forma retribuir a nossa comunidade que sempre gostou muito das dicas e conselhos que divulgamos na nossa aplicação” confessa Carina Dias. 

Memmo
A apresentação da coleção aconteceu no passado dia 8, no Memmo Alfama

Todas as ilustrações de Arte Contra o Desperdício Alimentar serão impressas em papel crush (feito com restos de bens alimentares como cerejas, café e kiwi) e estão à venda online por €12.5 (Too Good Too Go) e €15 (artistas). O valor das vendas reverte a favor do Programa Mundial de Alimentos da ONU.

 O local escolhido para o evento de apresentação desta coleção exclusiva no passado dia 8 de Junho, foi o rooftop do mais recente parceiro da Too Good To Go, o hotel Memmo Alfama.  Numa iniciativa completamente zero waste, o bar de cervejas artesanais e o catering eram totalmente baseados em excedente alimentar.

Ao assinar a VISÃO recebe informação credível, todas as semanas, a partir de €6 por mês, e tem acesso a uma VISÃO mais completa.

Uma VISÃO mais completa

Assinar agora

CAPA DA EDIÇÃO