Visão Sete

Siga-nos nas redes

Perfil

O Gosto dos Outros... Julião Sarmento

Sair

O artista plástico revela referências fundamentais do seu percurso e outras preferências mais prosaicas. Até outubro, pode ver-se Leopard in a Cage, no Centro Internacional das Artes José de Guimarães, com trabalhos inéditos

Lucília Monteiro

1. “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, Beatles

O álbum dos Beatles, lançado em 1967, é uma referência da juventude. “É um disco absolutamente revolucionário, alterou tudo o que se sabia de música até esse momento”, sublinha Julião Sarmento. O seu “Beatle” favorito é John Lennon, “o verdadeiro génio”.

2. Los Angeles, Estados Unidos da América

No tempo em que viveu em Los Angeles, em 1989, aprendeu a gostar deste lugar um pouco mal-amado. “Ali está a verdadeira América. É uma cidade sem centro, sem história, com uma série de referências do cinema recente norte-americano, um tema que me interessa muito”, sublinha.

3. “Catedral”, de Raymond Carver

“Este livro fez-me descobrir um escritor particularmente importante na minha vida artística”. Leu-o de ponta a ponta e, de seguida, comprou tudo o que o autor tinha escrito, “short stories que pairavam no tempo”. “Sinto-me em dívida perante a sua escrita”, diz.

4. Lisboa

“É a minha cidade, onde nasci, um lugar onde me sinto muito bem, com uma luz que não existe em mais lado nenhum.” Contudo, não lhe agrada a atual invasão desmesurada de turistas: “Não se consegue andar na rua.”

5. Bacalhau à Gomes de Sá

É por este prato que afere a qualidade dos restaurantes. “Gosto muito de comida tradicional portuguesa, mas este prato supera tudo”

6. O gorila

“É um animal que sempre me fascinou, pelo paradoxo de ser fisicamente poderosíssimo e, ao mesmo tempo, de uma enorme sensibilidade e doçura”