Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Talks, ralis e workshops de fotografia no World Press Photo a partir de dia 27

World Press Photo

A VISÃO traz a exposição do World Press Photo 2019 ao Príncipe Real, a partir de dia 27 de abril, com muitas conversas e workshops sobre fotografia durante quatro fins-de-semana. Conheça aqui o programa

O World Press Photo chega a Portugal com a VISÃO para uma verdadeira festa da fotografia. A edição de 2019 inaugura no dia 27 de abril e chega em parceria com a Fundação Galp a um espaço no centro da cidade: o Museu Nacional de História Natural e da Ciência, no Príncipe Real. Mais uma vez, além das exposições de fotografia com o melhor do fotojornalismo mundial, teremos dezenas de talks, workshops de fotografia e ralis fotográficos de entrada livre para quem visite a exposição, com alguns dos melhores fotógrafos nacionais - Mário Cruz (este ano pela segunda vez vencedor de prémio no World Press Photo), Nuno Sá (especialista em fotografia marinha selvagem), Arlindo Camacho e Luis Barra (ambos fotojornalistas da VISÃO) , Isabel Saldanha (fotógrafa, bloguer escritora), Gonçalo Santos (fotógrafo especialista em retratos e lifestye).

Estes encontros e workshops estão pensados para para vários interesses e níveis distintos: aos sábados, das 15h30 até às 18h, teremos debates e aulas práticas sobre fotografia tradicional, aos domingos pela mesma hora, workshops didáticos sobre fotografia digital de telemóvel, numa parceria com a Samsung.

CONVERSAS E RALIS SOBRE FOTOGRAFIA

Organizados pela VISÃO em parceria com Fundação GALP

27 DE ABRIL
16H30 TALK - Como a fotografia desperta consciências, com Mário Cruz. O fotojornalista foi duas vezes consagrado com um prémio no World Press Photo, ganhando este ano o terceiro lugar na categoria de Ambiente.

04 DE MAIO
15H30 TALK - O olhar do fotojornalista, com Luís Barra, fotojornalista da VISÃO.

17H RALI FOTOGRÁFICO - Exercícios com máquinas fotográficas no Jardim Botânico e escolha de fotografias, com Luís Barra, fotojornalista da VISÃO.

11 DE MAIO
15H30 TALK - A fotografia de Natureza, com Nuno Sá. O fotógrafo e videógrafo, consagrado com um BAFTA, é considerado um dos melhores do mundo em vida marinha selvagem.

17H RALI FOTOGRÁFICO - Exercícios com máquinas fotográficas no Jardim Botânico e escolha de fotografias, com Isabel Saldanha. ISabel Saldanha, mediática fotógrafa, bloguer e escritora.

18 DE MAIO
15H30 TALK - A arte do retrato, com Arlindo Camacho, colaborador da VISÃO e PRIMA.

17H RALI FOTOGRÁFICO - Exercícios com máquinas fotográficas no Jardim Botânico e treino de retrato, com Arlindo Camacho.

WORKSHOPS DE FOTOGRAFIA COM TELEMÓVEL

Organizados pela VISÃO em parceria com Samsung Galaxy

28 DE ABRIL, 05 MAIO, 12 MAIO, 19 MAIO

15H30 WORKSHOP - Técnicas de fotografia com smartphone, com Gonçalo F. Santos.

NOTA: Lugares limitados de acordo com a lotação da sala: Talks - até 50 lugares ; Workshops e Ralis até 30 lugares.
INSCRIÇÕES NA BILHETEIRA

WORLD PRESS PHOTO 2019

Calendário: 27 de abril a 19 de maio

Horário: De quinta a domingo e feriados, das 10h às 20h

Entradas (à venda no local): Bilhete inteiro - €4 ; Crianças, estudantes e séniores - €2 ; Bilhete gratuito até aos 12 anos

- Saiba mais sobre o WPP aqui

- Adira ao evento no Facebook aqui

- Participe no concurso de fotografia da ANACOM com prémios até 2500 euros. Saiba mais aqui

  • Esta é a fotografia vencedora do World Press Photo 2019

    World Press Photo

    John Moore venceu a 62ª Edição do World Press Photo com a fotografia "Menina a Chorar na Fronteira". A exposição chega a Portugal, com a VISÃO, em parceria com a Fundação Galp, ao Museu Nacional de História Natural e da Ciência, no Príncipe Real, a partir de dia 27, com muitas photo talks e rallies fotográficos

  • Bem-vindos ao Pasig: viagem a um rio-catástrofe pelas imagens de Mário Cruz

    World Press Photo

    Poderia ser uma distopia retirada da ficção científica, mas é a realidade que Mário Cruz, fotojornalista português multipremiado, encontrou em Manila um rio “biologicamente morto” com milhões de filipinos a sobreviverem aí, literalmente no meio do lixo. Um cenário de catástrofe ambiental futurista – a acontecer no presente –, premiado pelo World Press Photo 2019, que pode ser visto numa exposição e em livro