Convite aos Leitores: Deixe aqui a sua Opinião

Voto nulo ou em branco

Não percebo a confusão

Artigo escrito por aunorte
19:57 Sexta feira, 19 de Junho de 2009
Partilhe este artigo:
Quando um eleitor vai às urnas e inutiliza o boletim poderá fazê-lo sem querer ou de propósito. Poderá escolher um partido e escrever ao lado "tu és o maior", ou então "força, estou contigo", mas também poderá riscar o boletim e pô-lo assim na urna porque não concorda com nenhuma proposta ou pode escrever nele "vocês são todos uns aldrabões" ou, tendo-se enganado, riscar o erro e escolher outro partido e por vezes acrescentar um pedido de desculpa pelo engano. Seja qual for a razão todos estes votos vão para o saco dos nulos. Pelo contrário, quando um eleitor vai às urnas votar em branco fica a sua mensagem de discordância. Poderemos não saber se ele se deu ao trabalho de lá ir porque se sente obrigado a votar mesmo não se revendo no panorama político, ou se o fez porque tem a esperança de mudar alguma coisa se houver muitos mais a fazer o mesmo, mas é sempre um voto contra a situação, enquanto o nulo dá uma mensagem dúbia pois pode ser de apoio, de protesto ou o mero desconhecimento das regras.
9 comentários
Página 1 de 1
ordenar por:
Voto Nulo ou branco
MPP777
A minha interpretação é bastante diferente.

1) Voto branco. Segundo a Lei (mal feita) é como se fosse um protesto, mas presta-se a ser preenchido posteriormente, se houver condições para tal. É como que um cheque em branco.

2) Voto nulo. Também a lei feita pelos politicos erra. É realmente um protesto, porque se uma pessoa escreve lá qualquer coisa ou risca é porque está descontente. Não é um cheque em branco. Uma pessoas podem escrever palavras de protesto com arrogância, outras com educação. É para mim um voto de protesto.

3) Com esta confusão toda de leis mal feitas para encobrir a realidade das coisas só me resta a «abstenção». Os politicos repudiam a abstenção, porque dos votos nulos e brancos vão receber uma quota-parte do estado, que é a percentagem dos que votaram em cada partido. contudo, na abstenção não recebem nada. Ora, vendo bem as coisas, uma abstenção é para mim uma forma de protesto enfatizada, que levas os inscritos a ter repúdio pelas eleições, a ponto de não irem votar.

Seguir utilizador | 1 ponto | 16:19 | Segunda feira, 22 de Junho de 2009 Responder
    Re: Voto Nulo ou branco   
Blog XADREZISMO | Seguir utilizador | 1 ponto | 16:50 | Segunda feira, 22 de Junho de 2009
    Re: Voto Nulo ou branco   
mariaromao | Seguir utilizador | 1 ponto | 14:09 | Terça feira, 23 de Junho de 2009
    Re: Voto Nulo ou branco   
MPP777 | Seguir utilizador | 1 ponto | 15:16 | Sexta feira, 10 de Julho de 2009
    Re: Voto Nulo ou branco   
forevertheuni | Seguir utilizador | 1 ponto | 14:14 | Terça feira, 23 de Junho de 2009
votos
amag
Também considero que a única forma de protesto são os votos em branco pois significa ostensivamente que me dei ao trabalhos de ir à mesa de voto dizer que não me revejo em ninguém.
O voto nulo pode resultar de ignorancia embora pense que seja dificil de acontecer o que acontecia antes que era as pessoas assinarem à frente da cruz ou rasurarem o boletim porque se enganaram.
A abstenção não me diz nada porque há milhares de razões para as pessoas não irem votar.
Assim a abstenção não tem qualquer influencia nos resultados da eleições porque apenas contam os votos na urnas, enquanto os brancos e nulos contam, fazem parte dos 100%.
Seguir utilizador | 1 ponto | 16:54 | Terça feira, 23 de Junho de 2009 Responder
E se...
mushotoku
Houver um quadrado só para o voto nulo? Eu não me revejo em nenhum partido político e não confio em quem faz a contagem dos votos. Neste país até os mortos votam. Para evitar situações como esta, bastava a identificação biométrica. O custo não é assim tão elevado. Atenção que não me refiro ao voto eletrónico, nada disso. É apenas a identificação da pessoa que deve de ser feita por biometria.
Seguir utilizador | 1 ponto | 13:22 | Quinta feira, 7 de Outubro de 2010 Responder
O DIREITO AO PROTESTO. VOTE NULO!
arieiv
Confesso que desde as últimas legislativas que me preocupa como protestar e demostrare o desagrado. Ao fim de algum tempo e de comparar a legislação eleitoral portuguesa com outras, cheguei às seguintes conclusões:

- Ficar em casa = ABSTENÇÃO = "Voto no que tiver mais votos";

- Votar em BRANCO = não escrever nada no boletim. PROBLEMA, teóricamente "alguém" pode re-utilizar o boletim e colocar um cruz num dos candidatos;

- Voto NULO = Uma cruz na dimensão do boletim, ou escrever palavras simpáticas ou antipáticas.

Concluindo:
ABSTER-SE é o mesmo que não protestar.
BRANCO ou NULO? Preferencialmente NULO.

SE NÃO CONCORDAR com ninguém vote NULO.
Significa que se preocupa e quer demonstrar o seu protesto.

Contudo continua um PROBLEMA, exemplo:
  -Se PORTUGAL tivesse 10 habitantes e todos votassem;
  -Dos 10, 3 eram candidatos que, obviamente, iriam votar neles mesmo;
  -Se um 1 eleitor votar num dos candidatos;
  -Haviam 6 eleitores a votar NULO;

RESULTADOS:
O candidato com apenas 2 votos, 20% do eleitorado sería eleito.
Os restantes 6 habitantes ou 60% da opinião de Portugal não contariam para nada.
ESTA é A LEI QUE TEMOS!

Se uma MAIORIA demonstra, democraticamente, o seu protesto através do voto NULO. O mesmo nao conta para nada? PORQUÊ?

Em outros países, esta situação pode significar novas eleições mas OBRIGATORIAMENTE com NOVOS CANDIDATOS.
PORQUÊ o mede de em PORTUGAL ser assim? Uma perda de tempo?
Não me parece uma razão!

Demonstrar o seu PROTESTO É UM DIREITO!
Seguir utilizador | 1 ponto | 23:06 | Domingo, 16 de Janeiro de 2011 Responder
O DIREITO AO PROTESTO!
arieiv
Confesso que desde as últimas legislativas que me preocupa como protestar e demonstrar o desagrado. Ao fim de algum tempo e de comparar a legislação eleitoral portuguesa com outras, cheguei às seguintes conclusões:

- Ficar em casa = ABSTENÇÃO = "Voto no que tiver mais votos";

- Votar em BRANCO = não escrever nada no boletim. PROBLEMA, teóricamente "alguém" pode re-utilizar o boletim e colocar um cruz num dos candidatos;

- Voto NULO = Uma cruz na dimensão do boletim, ou escrever palavras simpáticas ou antipáticas.

Concluindo:
ABSTER-SE é o mesmo que não protestar.
BRANCO ou NULO? Preferencialmente NULO.

SE NÃO CONCORDAR com ninguém vote NULO.
Significa que se preocupa e quer demonstrar o seu protesto.

Contudo continua um PROBLEMA, exemplo:
  -Se PORTUGAL tivesse 10 habitantes e todos votassem;
  -Dos 10, 3 eram candidatos que, obviamente, iriam votar neles mesmo;
  -Se um 1 eleitor votar num dos candidatos;
  -Haviam 6 eleitores a votar NULO;

RESULTADOS:
O candidato com apenas 2 votos, 20% do eleitorado sería eleito.
Os restantes 6 habitantes ou 60% da opinião de Portugal não contariam para nada.
ESTA é A LEI QUE TEMOS!

Se uma MAIORIA demonstra, democraticamente, o seu protesto através do voto NULO. O mesmo nao conta para nada? PORQUÊ?

Em outros países, esta situação pode significar novas eleições mas OBRIGATORIAMENTE com NOVOS CANDIDATOS.
PORQUÊ o mede de em PORTUGAL ser assim? Uma perda de tempo?
Não me parece uma razão!

Demonstrar o seu PROTESTO É UM DIREITO!
Seguir utilizador | 1 ponto | 23:45 | Domingo, 16 de Janeiro de 2011 Responder
9 comentários
Página 1 de 1
PUBLICIDADE
Visão nas Redes
Últimas