O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, adiantou hoje a abertura do Governo para tomar mais medidas "que diminuam os custos de trabalho para segmentos identificados do mercado laboral" no âmbito da maior degradação do desemprego.

"A evolução recente do desemprego torna premente a tomada de medidas que permitam resultar num prazo mais curto, neste contexto temos vindo a por em prática medidas ativas de emprego, com particular enfoque no emprego jovem. Estamos ainda abertos para considerar outras medidas que diminuam os custos de trabalho para segmentos identificados do mercado laboral", afirmou Vítor Gaspar.

O governante, que falava perante os deputados da comissão eventual para o acompanhamento das medidas do programa de assistência a Portugal, lembrou que o fenómeno de agravamento do desemprego para além do expectável em período de crise tem acontecido também na Europa e nos Estados Unidos.