Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

TAP de fora do top 10 das companhias aéreas mais seguras do mundo

Turismo e Aviação

Luís Barra

Saiba quais as companhias áreas consideradas as mais e menos seguras do mundo pelo site AirlineRatings.com

O site AirlineRatings.com já divulgou a sua lista anual das companhias aéreas mais seguras do mundo e o primeiro lugar vai, sem novidade, para a australiana Qantas.

Por ordem alfabética, como os apresenta o site responsável pelo ranking, seguem-se os restantes nomes no Top 10: Air New Zealand (Nova Zelândia), British Airways (Reino Unido), Cathay Pacific Airways (Hong Kong), Emirates (Emirados Árabes Unidos), Etihad Airways (Emirados Árabes Unidos), EVA Air (Taiwan), Finnair (Finlândia), Lufthansa (Alemanha) and Singapore Airlines (Singapura).

    O ranking tem em conta os resultados das auditorias levadas a cabo pelos organismos responsáveis da aviação, pelos governos e principais associações do setor e ainda os registos de acidentes.

    Este ano há também uma lista das companhias low cost mais seguras: Aer Lingus (Irlanda), Alaska Airlines (EUA), Icelandair (Islândia), Jetblue (EUA), Jetstar (Austrália), Kulula.com (África do Sul), Monarch Airlines (Reino Unido), Thomas Cook (Reino Unido), TUIfly (Alemanha) and WestJet (Canadá).

    O AirlineRatings.com explica que de um máximo de 7 estrelas atribuídas, uma é retirada, durante 10 anos, sempre que uma companhia se vê envolvida num acidente que resulte em passageiros ou tripulantes mortos.

    Das 449 companhias áreas monitorizadas, 149 têm as sete estrelas (a TAP tem seis), quase 50 tem só três ou menos estrelas. Quatro só têm uma: duas do Nepal - Tara Air e Nepal Airlines, Scat Airlines, do Cazaquistão, e Kam Air, do Afeganistão. Nenhuma destas têm autorização para voar na União Europeia.