Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

The Roof - Uma Experiência de 360º

Tapas, Vida e Viagens

  • 333

À primeira vista, Banguecoque pode não ser o ideal de beleza para uma cidade tão afamada, mas isso pode mudar dependo da perspectiva em que a observamos. Se for no cimo de um arranha-céus, acompanhados de um manjar dos deuses, a cidade muda de figura.

Como já referi no artigo anterior, em Banguecoque demos sempre preferência à comida de rua, e o único restaurante que arriscámos teve que ser num terraço vertiginoso de um arranha-céus que nos permitisse perceber a paisagem urbana no geral e dela reter uma imagem bonita.

Os Roof Top Bars em Banguecoque são os sítios de eleição para assitir a um pôr de sol ao ar livre, sem o incómodo dos ruídos dos carros e tuk-tuks ou do ar abafado e poluído das ruas da cidade.

Alguns deste bar-restaurantes têm um "dress code" que deve ser cumprido à risca. Excluímos desde logo esses, uma vez que na mochila de um viajante não há espaço para vestidos de noite nem sapatos de salto alto. Procurámos então, um outro, que igualmente sofisticado permitisse a entrada de visitantes descontraídos dispostos a saborear um bom vinho e um fondue de queijo, sem preocupações ou regras de bem vestir.

O Restaurante "The Roof " situa-se no último andar do Siam Design Hotel & Spa, com vista para o ponto central que liga os distritos de negócios cosmopolitas com arranha-céus no leste de Banguecoque e a visão contrastante da parte antiga da cidade não contaminada por torres vertiginosamente altas.

Para além de ter uma vista de cortar a respiração oferece uma variedade de pratos internacionais feitos (segundo dizem) com os melhores ingredientes do mundo. Muitos alimentos são preparados em pedras vulcânicas que possam reter o calor por um período de cozimento de 20 minutos, em que muitos clientes serão capazes de cozinhar os alimentos por si e comê-los imediatamente.

Pelo terraço podemos encontrar diversas demonstrações de arte desde esculturas a pinturas (acreditem que até o WC vale a pena ver). Ao cair da noite, o enorme terraço fica iluminado por um jogo de luzes que apesar de futurista torna o ambiente bem acolhedor.

Entre outros Roof Top Bars estão  o Vertigo and Moon Bar no Banyan Tree Hotel, o Three Sixty no Millennium Hilton Bangkok, ou o Sky Bar em Lebua State Tower.

Quanto ao The Roof, os pratos são requintados e muito saborosos, apesar de pecarem na quantidade servida. O espaço é convidativo a arriscar numa garrafa de champanhe a acompanhar um dos menus recomendados pelo Chef. O preço, para o restaurante em questão, não ultrapassa os limites e vale bem a experiência.

O "The Roof" está aberto diariamente das 18h às 23h.

 Acompanhem-me no Facebook e no Tapas na Língua