Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Halong Bay

Tapas, Vida e Viagens

  • 333

A baía vietnamita considerada Património Mundial, transporta-nos para um cenário de piratas que nos faz acreditar que existe mesmo um Paraíso na Terra.

Colar Mundo Moderno - A partir da de imagens obra do artista plástico português Carlos Roque.
1 / 6

Colar Mundo Moderno - A partir da de imagens obra do artista plástico português Carlos Roque.

Colar Balloons - A partir de imagens da obra da artista plástica portuguesa Armanda Passos.
2 / 6

Colar Balloons - A partir de imagens da obra da artista plástica portuguesa Armanda Passos.

Colar Soundsuit 30 - A partir de imagens da obra do artista plástico americano, Nick Cave.
3 / 6

Colar Soundsuit 30 - A partir de imagens da obra do artista plástico americano, Nick Cave.

Colar Pearls or Trash?
4 / 6

Colar Pearls or Trash?

Colar Pearls or Trash?
5 / 6

Colar Pearls or Trash?

Colar Pearls or Trash?
6 / 6

Colar Pearls or Trash?

A primeira aventura digna de relato neste novo blogue, retrata o lugar que mais me marcou e encantou: Halong Bay, no Vietname. Esta baía foi classificada pela Unesco como Património Mundial. Não é de admirar. Ao velejar entre os 2000 rochedos da imensa baía, somos transportados para um cenário majestoso de piratas, povoado por ilhas, cavernas, praias e formações rochosas de tirar o fôlego. Depois, é deixarmo-nos ir pela paz profunda das águas da baía, explorar todos os preciosos recantos num caiaque, e relaxar nas águas quentes ao pôr-do-sol. Quando a noite cai, regressamos ao barco onde nos espera um jantar digno de capitães do mar, e toda uma noite ao sabor do doce balanço da água e da brisa morna das ilhas que nos faz acreditar que existe mesmo um Paraíso Mágico na Terra, ou não fosse este o lugar que serviu de inspiração ao filme "Avatar".

Informações Úteis: Todos os dias partem de Hanói, a capital vietnamita, autocarros rumo a Halong Bay. Estas viagens podem demorar de 4 a 6 horas. Há cruzeiros para todos os gostos e bolsos. As viagens de barco podem ser marcadas previamente numa das muitas agências online (nós viajámos pela Indochina Junk). Aconselho a que experienciem passar pelo menos uma noite num barco cruzeiro. É uma experiência inesquecível.

 

Acompanhem-me no Facebook.