Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O hotel amigo do pedal

Dormir

  • 333

Com a serra da Estrela à vista, o hotel de montanha H2otel assume-se como bike friendly. Um conceito pioneiro em Portugal, construído com a ajuda da líder mundial de bicicletas

A imagem do maior vale glaciar da Península Ibérica, defronte do H2oTEL, em Unhais da Serra, mexe com qualquer amante das bicicletas. Na memória, a etapa rainha da Volta a Portugal, com a torre da serra da Estrela como miragem.

"Não tenho 14 quilómetros, sempre a subir, à porta de casa. Mas tenho à porta do hotel", diz Luís Martins, 43 anos. O bancário foi dos primeiros clientes a levar a bicicleta para o H2O, poucos meses depois da sua inauguração, em 2008. Recorda-se de, na altura, o diretor geral ter comentado, divertido, com o administrador do hotel: "Está ver? Não é preciso anunciar nada, eles já aparecem de bicicleta." Na receção, contudo, os funcionários estão alerta. Mal avistem um cliente ciclista, têm de pô-lo ao corrente de todas as valências. A lista é extensa, ao ponto de atletas de topo do ciclismo de estrada ou todo o terreno terem escolhido a unidade hoteleira para os seus estágios.

No hall da entrada, exibem-se as camisolas de Luís Leão Pinto, o "Cristiano Ronaldo do BTT", o espanhol Roberto Heras, por três vezes vencedor da Volta a Espanha, ou Nelson Oliveira, especialista em contrarrelógio que ali se preparou para os Jogos Olímpicos. Da parte da Federação Portuguesa de Ciclismo, está a avançar a certificação como centro de excelência para estágio e preparação de atletas de alto rendimento.

Nos últimos anos, o aumento considerável de praticantes de ciclismo só entre os federados, numa década, passaram de 1 155 a 9 009 levou igualmente à proliferação de provas. De praticante de BTT de fim de semana, Luís Martins passou a organizador de provas, tendo o H2O como ponto de partida e parceiro.

Who's afraid, foi o desafio lançado o ano passado, uma prova de resistência de 90 quilómetros, de Unhais da Serra a Manteigas. "Foi um sucesso", conta Luís Veiga, administrador do grupo Natura IMB Hotels, no qual está incluído o H2O. "Há um reconhecer desta ligação do hotel ao BTT com este tipo de provas." O crescimento significativo das vendas de bicicletas, neste cantinho da Europa, também chamou a atenção da Specialized, líder mundial no desenvolvimento deste equipamento.

Em 2009 e 2010, a marca americana escolheu o H2O para a apresentação internacional da sua nova gama e ficou impressionada com a panóplia de serviços. Este ano, a parceria chegou mais longe, com a atribuição do selo bike friendly hotel by Specialized, um reconhecimento e certificação pioneiro.

 

À DESCOBERTA DA SERRA

Para isso, foi necessário obedecer a uma série de requisitos, tanto a nível de serviços como de infraestruturas.

Começando pela garagem, foram disponibilizadas cinco boxes para armazenamento de equipamento, suscetíveis de agradar ao mais cuidadoso ciclista foi o caso de um profissional português, habituado a levar a sua bicicleta para o quarto sempre que passava um fim de semana fora de casa. Ao lado, existe ainda uma oficina para pequenas reparações (para arranjos mais complexos e compra de material, contam ainda com um parceiro local, a Garbike), e uma zona de lavagem e manutenção.

Para quem não venha equipado, o hotel disponibiliza uma dezena de bicicletas Specialized para aluguer (ver caixa), também para crianças. "São modelos muito fiáveis, para uso misto (terra e asfalto)", adianta André Matos.

É ele quem costuma acompanhar os hóspedes, sempre que o requeiram, em percursos diversos. "Saindo da porta principal do hotel, há vários trilhos simpáticos." Para famílias com pouca experiência, aconselha um passeio até à praia fluvial de Unhais da Serra. Para praticantes mais exigentes, existem outros trilhos com reconhecimento feito pela equipa H20: um de 21 quilómetros (com 843 metros de altitude acumulados) e um de 48 quilómetros (com 912 metros de altitude), pelas aldeias vizinhas, ambos de dificuldade média; já de dificuldade elevada, um de 80 km que percorre o maciço central da serra da Estrela (com 3 256 metros de altimetria). Para quem dispense guias, são disponibilizadas coordenadas GPS para estes tracks (e alguns aparelhos para empréstimo). "Mas dá sempre para improvisar e escolher outras alternativas", afirma André.

A serra está à espreita.

 

O DESCANSO DO GUERREIRO

Enquanto os atletas, amadores e profissionais, se aventuram fora de portas, os acompanhantes passeiam-se de roupão e chinelos pelo complexo hoteleiro, como é sugerido na carta de boas-vindas.

"Há atividades para todos. Essa é uma das nossas grandes vantagens, ninguém fica de braços cruzados", diz Luís Veiga. Depois de um passeio intenso, os ciclistas podem ir ao encontro da família no Aquadome, o centro 100% wellness, dividido por quatro áreas.

De livre acesso para os hóspedes, existe o Aqualudic, com piscinas dinâmicas interiores e exteriores, de água aquecida, e um circuito celta com hamman, banho turco, sauna e uma infinidade de jatos de água e cadeiras de hidromassagem. No Aquatermas, são aproveitadas as qualidades terapêuticas das águas de Unhais conhecida em tempos como "a Sintra das Beiras " para diversos tratamentos.

No Aquacorpus, além do ginásio com várias máquinas (com acompanhamento permanente de personal trainer), há um leque imenso de massagens e de tratamentos de estética. Já o Aquafisio está centrado em técnicas de fisioterapia e osteopatia. "Temos uma equipa heterogénea, com médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, massagistas... E podemos funcionar em cooperação e por indicação das equipas dos atletas profissionais", adiante João Paulo Duarte, responsável pelo Aquadome. Os amadores mais empenhados também podem usufruir destes serviços, seja na preparação física, seja na recuperação de mazelas.

O pacote bike friendly não estaria completo sem uma referência ao restaurante Alquimia. Ao chef Orlando Dias juntou-se a nutricionista Odete Proença, na elaboração de uma ementa específica de alta competição.

A jogar com a alimentação funcional que procura retirar de cada alimento todas as qualidades, mas sem esquecer o prazer de comer. Para quem não queira ir tão longe, os buffets diários, ao almoço e ao jantar, têm sempre escolhas saudáveis, light ou diet. Mas as iguarias beirãs não ficaram esquecidas, para tentar os "guerreiros".



Ultrapassar limites...

... Essa é a mensagem do Who's Back, a prova de resistência marcada para os próximos dias 29 e 30, também conhecida como a Grande Travessia da Serra da Estrela. Depois do Who's Afraid (ver texto principal), seguem-se 200 quilómetros, com seis mil metros de desnível positivo (altitude acumulada no percurso), divididos por duas etapas: de Unhais da Serra até à Guarda, no primeiro dia (3500 altimetria), e em sentido inverso, no segundo dia (2500 altimetria), embora por trilhos diferentes. "Noventa e cinco por cento do percurso é feito pelo meio do monte, com orientação por GPS", explica Luís Martins, da organização, a cargo da Who's Cycling & Events. Por esta altura, estão inscritas cerca de 130 pessoas. "Vamos ter atletas de topo, mas a maioria são amadores. Não é a vertente de competição que está em causa, o que interessa é ultrapassar limites." A prova está organizada por várias categorias: individuais masculinos, individuais femininos e duplas.

Inscrição: €35 geral@whos.pt, T. 91 344 4996. Mais informações: http://www.whos.pt/



E AINDA...

Programa Bike Friendly Specialized

Com uma noite de alojamento, pequeno-almoço buffet, sessão de fitball, pack de tracks btt disponíveis para treino, aconselhamento nutricional, duche Vichy massagem a quatro mãos, livre acesso ao Aqualudic, utilização da box, da zona de lavagem e da oficina. €136 (por pessoa em quarto duplo)

 

H2OTEL

Av. das Termas, Unhais da Serra, Covilhã.

T. 275 970 020/ 275 330 406

centraldereservas@naturaimbhotels.com

www.h2otel.com.pt

Aluguer de bicicletas

Preço por pessoas: €5 (1 hora), €12 (3 h), €20 (1 dia); serviço de guia €25 (1 hora), €60 (3 h)