Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cinco estrelas na Rua da Misericórdia

Dormir

  • 333

O Mercy Hotel e o restaurante Umai vieram animar o coração da cidade

Uppsala, onde nasceu Ingmar Bergman e também o naturalista Carl Linnaeus, é conhecida pela emblemática catedral...
1 / 12

Uppsala, onde nasceu Ingmar Bergman e também o naturalista Carl Linnaeus, é conhecida pela emblemática catedral...

...mas é, também, conhecida pelos seus parques...
2 / 12

...mas é, também, conhecida pelos seus parques...

... ou ainda pelos cafés acolhedores como o Ofvandahls.
3 / 12

... ou ainda pelos cafés acolhedores como o Ofvandahls.

Cidade universitária, é bastante mais tranquila ao fim de semana.
4 / 12

Cidade universitária, é bastante mais tranquila ao fim de semana.

Cidade universitária, é bastante mais tranquila ao fim de semana.
5 / 12

Cidade universitária, é bastante mais tranquila ao fim de semana.

Próximo do Castelo de Uppsala, um palácio do século XVIII, fica o enorme Parque da Cidade.
6 / 12

Próximo do Castelo de Uppsala, um palácio do século XVIII, fica o enorme Parque da Cidade.

Junto à catedral, há um importante Museu Universitário, com uma coleção de raridades da antiguidade clássica.
7 / 12

Junto à catedral, há um importante Museu Universitário, com uma coleção de raridades da antiguidade clássica.

O Museu Universitário conta com um simpático café com esplanada.
8 / 12

O Museu Universitário conta com um simpático café com esplanada.

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.
9 / 12

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.
10 / 12

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.
11 / 12

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.
12 / 12

A cerca de 45 minutos de comboio, a Norte de Estocolmo, Uppsala é dominada pela emblemática catedral.

O novo hotel do Chiado tem todos os mimos que um "cinco estrelas" pode ter, mas é sobretudo na localização e no restaurante o Umai que o Mercy Hotel ganha pontos. A poucos passos do coração da cidade e com vista para o Bairro Alto, são muitas as nacionalidades de turistas que vão entrando e saindo pela porta de vidro do edifício coberto a azulejos Viúva Lamego. Adquirido há 9 anos, houve que fazer as devidas adaptações do prédio à sua nova função, cujo projeto de arquitetura teve a assinatura de Miguel Saraiva. "Queríamos que o edifício se integrasse no local", explica Teresa Fernandes, diretora geral do boutique hotel. "E isso vê-se nos azulejos que cobrem a fachada, nas mansardas e na utilização da telha portuguesa, por exemplo."

A conjugação com o estilo contemporâneo faz-se na decoração do interior, em tons preto, castanho e dourado, nas camurças, veludos e sedas naturais utilizadas, e nas linhas minimalistas e leves do mobiliário. No lobby assume-se um ar teatral, com manequins vestidos com roupas assinadas pelos estilistas Nuno Gama e Filipe Faísca.

"Temos que promover Lisboa, a moda e o design português, daí os manequins vestidos por estilistas portugueses, ambos com atelier aqui muito perto", continua Teresa. "A ideia é que de 2 em 2 meses, se mostrem novos designers. Temos também disponível informação sobre a oferta cultural da cidade e obras dos principais escritores portugueses, em inglês e francês." No piso 1 fica o Mercy Lounge, que funciona como bar, aberto ao público das 15 horas à 1 da manhã. O Mercy Hotel dispõe de 47 quartos, espalhados pelos seis andares, o último dos quais se divide por duas suites com um pequeno terraço, onde os clientes se podem sentar e apreciar a vista. Da Rua da Cruz dos Poiais, em S. Bento, o casal de cozinheiros Paulo Morais e Anna Lins trouxeram o Umai e o seu asian twist, uma interpretação muito própria da vasta cozinha asiática, agora num espaço muito maior (85 lugares), com acesso direto para a rua.

Na decoração mantém-se o estilo do hotel, com duas zonas de refeição uma mais reservada divididas por três painéis dourados e preto. Vejamos alguns pratos da carta: chinmi e dim sum (cestinhos won ton com salada, cornucópias de sésamo e caranguejo, gyosá de legumes e tofu, entre outros mimos), massas asiáticas (massa ramen, laska lemak e pad thai), tempuras, caril tailandês e indiano, sushi e sashimi, vários acompanhamentos e para finalizar chazada (degustação de chá em sobremesa) ou bangkok rush hour (arroz doce mousse de maracujá, creme de coco e manga fresca), entre outras sobremesas. À quintafeira é Dia do Mercado, um menu surpresa composto por pratos eleitos por Paulo e Anna. MERCY HOTEL R. Misericórdia, 76 Lisboa T. 21 248 1480. ¤190 (duplo) ¤405 (suite) c/pequeno-almoço. www.mercyhotel.com UMAI R. da Misericórdia, 78, Lisboa T. 96 727 1281. Seg-Dom 12h-15h, 19h30-23h