Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Na Rota de Shangri-La [2]

Na Rota de Shangri-La

  • 333

Rainbow Children Home

.
1 / 9

.

.
2 / 9

.

.
3 / 9

.

Duas voluntárias espanholas, a presidente Goma Dhakal e eu, no Teej Festival (um dos mais importantes festivais no Nepal).
4 / 9

Duas voluntárias espanholas, a presidente Goma Dhakal e eu, no Teej Festival (um dos mais importantes festivais no Nepal).

Entrada do Rainbow Children Home.
5 / 9

Entrada do Rainbow Children Home.

.
6 / 9

.

.
7 / 9

.

.
8 / 9

.

.
9 / 9

.

A minha viagem ao Nepal não tinha apenas como objetivo vir em férias e visitar apenas o país! Aliás, a razão principal que me fez marcar a viagem tem um nome: Rainbow Children Home, onde durante duas semanas fiz voluntariado.

Vou começar por falar do orfanato em si, dar a conhecer os seus objetivos.

O Rainbow Children Home, presidido por Goma Dhakal, é uma instituição não-governamental e foi criado em 2007 e apoia crianças (órfãs ou não), abandonadas ou mais desfavorecidas, que não têm as mesmas oportunidades que outras crianças da sua idade.

O Rainbow Children Home providencia educação, abrigo e cuidados de saúde, que de outra maneira estas crianças não teria.

De momento o Rainbow Children Home acolhe 43 crianças, três delas chegaram na minha segunda semana de trabalho, com idades compreendidas entre os 4 anos (o mais novo) e os 16 (o mais velho). Os objetivos traçados são simples: providenciar um abrigo seguro e saudável, alimentação que nunca falhe, providenciar os cuidados básicos de saúde e mais importante uma boa educação para que possam ter um futuro promissor.

A mentora do projeto, Goma Dhakal, já tem larga experiencia de trabalho social. Depois de vários anos a trabalhar e a ajudar crianças, decidiu finalmente abrir a sua própria instituição onde pudesse acolher e dar uma vida confortável às crianças menos favorecidas. Com o apoio da família e amigos, Rainbow Children Home abriu as portas em Março de 2007. É desde então a casa para 43 crianças que aqui vivem.

É impossível não adorar cada criança desde o primeiro instante! Sempre com um sorriso na cara, parece que nos conhecem desde sempre! São também crianças bastante independentes (algumas mais do que alguns adultos do ocidente!). Estas duas semanas maravilhosas passaram a voar!

O que fazemos aqui no orfanato é muito simples: levamos as crianças à escola, trazemo-las de volta, ajudamos com os trabalhos de casa - de notar que as crianças têm as aulas em inglês, mas mesmo assim às vezes é muito complicado comunicar - depois dos trabalhos de casa têm uma aula de apoio extra com professores que vêm ao orfanato para esse propósito. Findas as atividades escolares é hora de brincar, isto até à hora do Dhal Bhat.

O Dhal Bhat é a refeição típica do Nepal, todos os nepaleses, fazem esta refeição duas vezes ao dia, uma pelas 09h30 da manhã e outra pelas 19h30, é constituída por arroz, sopa de lentilhas e legumes (extra) picantes e (carregados) e caril.

Nos dias que não há escola, normalmente levamos as crianças até ao parque, que eles adoram, onde fazemos as mais diversas atividades de forma a entretê-los!

A comunicação nem sempre é fácil, têm aulas em inglês desde sempre, mas o ensino é muito pobre, então o inglês não é muito apurado, mas há sempre forma de comunicar e explicar o que se quer dizer, nem que seja por gestos!

É, sem dúvida, algo que sempre quis fazer e estas duas semanas ensinaram-me diversas coisas, estas crianças têm um passado terrível, mas não é isso que deixa de as fazer sorrir e ter força para continuar e lutar por um futuro melhor. Foi uma experiencia única, sem dúvida para repetir. Vou ter muitas saudades dos tempos que passei no Rainbow Children Home.

Convido-vos a visitar o site- http://www.orphancarenepal.org/- e conhecer um pouco melhor as histórias das crianças e o Rainbow Children Home.

Fica também o link para o meu blog onde conto, mais pormenorizadamente, histórias sobre a minha jornada pelo Nepal! http://themartadiaries.blogspot.com/