Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Em Marrocos, sem trocos: crónica de apresentação

Em Marrocos, sem trocos

  • 333

Três amigos, um carro, dinheiro contado e 15 dias para descobrir Marrocos. Parta com eles na aventura

Três pessoas, um carro e um país por descobrir. Estão reunidos os ingredientes necessários para mais uma aventura além-fronteiras. Mais uma, já que esta não será a primeira nem a ultima vez que viajamos. Mas também não deixa de ser uma estreia, porque o trio apenas foi formado há pouco mais de duas semanas e o itinerário forjado à mesa, depois de um jantar.

Nos nossos passaportes há carimbos de países de todo o mundo. De Espanha, à Índia, da Argentina aos Estados Unidos, Da Tunísia a Timor. Gostamos de partir à descoberta e conhecer novos mundos, novas culturas, realidades completamente diferentes das que estamos habituados e acima de tudo, aprender alguma coisa com isso. Não temos problemas em viajar com pouco dinheiro, trocos contados ou orçamentos reduzidos. Com pouco também se pode fazer muito. Contentamo-nos com uma mochila às costas, curiosidade e boa disposição. Já caminhámos grandes distâncias e comemos muito pó. É viajar apenas, sem pretensões ou complicações. 

Eu sou Pedro e comigo embarcam, nesta missão, o António e o João, dois grandes amigos dos tempos de faculdade. Nascemos todos em 89, mas ainda não temos todos a mesma idade, porque o António só cumpre os 24, no dia 23.

O destino é Marrocos e o arranque da expedição aconteceu dia 12 de agosto. Até dia 26 vamos percorrer o país sobre rodas, de norte a sul. Com certeza haverá muitas histórias e peripécias para contar, assim como muitas cidades a visitar e estradas a percorrer.

Dos nossos trajetos fazem parte cidades como Fez, Marraquexe, Casablanca ou Aït-Ben-Haddou, praias como Legzira ou cenários que vão desde as montanhas do Atlas às dunas do deserto do Sahara. Mas estas são apenas algumas das paragens, porque o resto descobriremos in loco.

Vamos para descobrir quem lá vive e como vive - sem artifícios ou manobras de diversão para turista ver. Vamos tentar trazer-vos a verdade nua e crua, tão fiel quanto possível, do melhor e pior de Marrocos. 

É este o nosso lema. 

Pedro Marques Silva