Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Atrás do Mundo [54]

Atrás do Mundo

  • 333

Mar Negro

A cor não é negra, é de azul profundo. As suas histórias são de água imensas, como a dos países e civilizações que dele se serviram para serem. O Mar Negro tem o encanto de estar na outra ponta da nossa Europa, de marcar fronteiras e memória, de ser um lago que só admite ser Mar.

Conhecemos o Mar Negro a partir de Sevastopol, na Crimeia. A marinha de guerra Russa mantém a sua frota no porto desta cidade. Fala-se Russo e não há bandeiras Ucranianas, só o azul, branco e vermelho do gigante vizinho. O choque entre estes países vai para além dos gasodutos e das cicatrizes soviéticas. Somos estrangeiros que pouco mais sabem do que o que vêem nos mediatismos ocidentais, mas aqui sente-se que falta ao futuro da Ucrânia livrar-se da sombra Russa.