Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Batata doce: sim ou... sim?

VISÃO Saúde

Getty Images

Saiba quais são os principais benefícios desta raiz tuberosa, assim como as formas mais saudáveis de a cozinhar

Incluir batata doce nas refeições é cada vez mais um hábito, já que tem sido associada a inúmeros benefícios para a saúde. Esta raiz tuberosa adocicada existe em vários tipos e com diferentes cores, que são explicadas pelos carotenos e antocianinas (encontradas na batata doce roxa) presentes neste alimento, que lhe conferem, também, propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

"No geral, quanto mais cor puder adicionar à sua dieta, partindo de frutas e vegetais, melhor", explica à Time Yasi Ansari, especialista em nutrição desportiva em Los Angeles e São Francisco, nos EUA.

A batata doce, rica em calorias e hidratos de carbono, contém várias vitaminas, como a A, que ajuda no funcionamento do aparelho respiratório e dos olhos, por exemplo, a vitamina C, que protege o sistema imunitário e tem propriedades antioxidantes, e vitaminas do complexo B, como a B1, a B5 e a B6, que, entre outras funções, regulam o sistema nervoso.

É, também, uma fonte de potássio e magnésio, que ajudam a prevenir problemas cardíacos e a regular a pressão arterial, assim como de outros sais minerais como o cálcio, o ferro, o fósforo e o sódio.

Para quem quer manter um peso saudável, este alimento é uma ótima solução para incluir na dieta, já que tem cerca de quatro gramas de fibra vegetal, ajudando a reduzir, ao mesmo tempo, o risco de doenças crónicas, bem como de diabetes tipo 2 e colesterol alto.

Batata normal vs. Batata doce

Há variedades de batata doce, principalmente a roxa, a laranja e a amarela, que têm menos calorias e hidratos de carbono relativamente à batata normal. Contudo, embora muitas vezes se pense o contrário, a batata doce tem, no geral, uma quantidade de hidratos de carbono semelhante.

A grande vantagem da batata doce em relação à outra está, de acordo com Ana Bravo, nutricionista na clínica Saudarte, no Porto, e criadora do blogue Nutrição com Coração, relacionada com a sua riqueza em vitaminas A e E, que se dissolvem em gordura, bem como com o maior teor de minerais e quantidade de fibra.

Como tirar proveito das suas propriedades

A batata doce tem mais hidratos de carbono do que os vegetais sem amido, como os brócolos - meia taça de batata doce contém cerca de 13 gramas de hidratos de carbono, enquanto a mesma quantidade de brócolos tem apenas cerca de 3 gramas.

Contudo, Yasi Ansari explica que isso é positivo para a saúde, já que as batatas doces fornecem mais energia do que os vegetais com amido, "tornando-as uma fonte excecional de combustível para a atividade diária e, especialmente, para o desempenho atlético", refere a especialista.

A forma mais saudável de confecionar e ingerir este alimento é com casca, já que é nela que se encontram muitas das suas propriedades antioxidantes, assim como grande quantidade de fibras. Assadas, cozidas ou a vapor, todos estes métodos ajudam a assegurar as propriedades nutritivas do alimento. Deve evitar-se, por outro lado, fritar a batata doce, uma vez que aumenta os seus níveis de gordura. Também se pode deixá-las arrefecer e juntá-las em batidos com leite de soja, por exemplo (e um pouco de canela a gosto).

No seu blogue de alimentação e estilo de vida saudáveis, Ana Bravo ensina a fazer pãezinhos de batata doce e soufflé de batata doce, boas sugestões para ingerir o alimento de forma saudável.