Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chegou o inverno: alguns conselhos para o enfrentar

VISÃO Saúde

D.R.

Alguns especialistas explicam o que se deve fazer para evitar ficar doente nesta época do ano. E há alguns mitos

O inverno chegou e, com ele, chegam também as gripes e constipações. O maior culpado é o frio, mas há atitudes do dia a dia que se podem adotar para se conseguir evitar doenças relacionadas com as vias respiratórias.

Lavar as mãos constantemente

Esta atitude simples pode ajudar a evitar gripes, já que o seu vírus resiste algum tempo nas mãos (entre cinco e dez minutos).

Ao El País, Miriam Fernández, especialista em microbiologia da Clínica de Navarra, explica que, caso as pessoas esfreguem os olhos ou coloquem as mãos na boca, podem ficar imediatamente doentes e que lavar as mãos com frequência reduz o risco de as pessoas ficarem com gripes em 90%.

Num ranking relacionado com as medidas mais eficazes para combater as gripes, depois da lavagem das mãos, está a vacinação, que reduz 70% do risco.

Evitar espaços muito fechados e multidões vem logo a seguir, reduzindo até 50% o risco e limpar e ventilar muito bem as casas está depois, com uma redução de 40% do risco.

Beber muitos líquidos apresenta uma diminuição entre 10% e 20% e fazer exercício físico intenso diminui 10% o risco de se vir a ter uma gripe. Contudo, tomar vitamina C apresentou uma redução de 1% no risco de se vir a ter uma gripe.

Nem as laranjas nem o mel ajudam assim tanto

A ideia de que ingerir muita fruta com vitamina C vai afastar completamente as gripes e constipações é um mito. De acordo com José Luis Cañada Merino, da Sociedade Espanhola de Médicos de Atenção Primária, a “única coisa que acontece quando se ingere tanta vitamina C é que ela é eliminada pela urina", explica ao El País.

Relativamente ao mel, este alimento ajuda, de facto, a aliviar a tosse seca, mas, como explica María del Carmen Seijo, da Universidade de Vigo, não cura as gripes nem tem um efeito descongestionante nas vias respiratórias.

Não há alimentos milagrosos

Adotar uma dieta saudável é um dos passos para não ficar doente, mas não significa que previna as infeções. Os especialistas afirmam que não há alimentos que evitem este tipo de doenças, mas ingerir sopas de legumes, vários vegetais e beber líquidos pode ajudar a tornar a gripe mais “aceitável”.

Relativamente aos cuidados a ter com as crianças, é importante seguir medidas rigorosas de higiene, não partilhando pratos, copos ou talheres com elas e evitar ambientes secos e com humidificadores.

Aqui, pode ler quais são os sinais de alarme da gripe nos mais novos. E, caso já esteja com uma gripe, veja o vídeo com oito formas para se sentir melhor num rapidamente.