Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chorar uma vez por semana ajuda a reduzir o stress

VISÃO Saúde

PAUL J. RICHARDS/ Getty Images

Investigadores japoneses sugerem que o ato de chorar é bom para a saúde mental e uma forma natural de reduzir o stress do dia a dia. Nesse país, em várias escolas e empresas já estão a incentivar as pessoas a fazê-lo, com várias palestras e workshops

A solução para o stress e ansiedade diários é chorar, nem que seja uma vez por semana. Quem o diz são vários investigadores japoneses, que acreditam que tanto as lágrimas de tristeza como as de felicidade podem ajudar, também, a melhorar a saúde mental.

Isto porque, de acordo com os especialistas, o choro estimula a atividade do sistema nervoso parassimpático, responsável por promover ações que permitem ao organismo responder a situações de calma, como a desaceleração do batimento cardíaco.

Chorar tem um efeito tranquilizante na mente e é, portanto, um mecanismo de autodefesa contra o stress acumulado. Ao Japan Times, Hidefumi Yoshida, que se autointitula "namida sensei", ou seja, "professor das lágrimas", explica que chorar "é mais eficaz do que rir ou dormir para a redução do stress".

O especialista, que foi professor do ensino básico, uniu-se, em 2014, a outros especialistas e professores universitários japoneses para lançarem uma série de palestras e workshops em escolas e empresas por todo o Japão, com o objetivo de ajudar as pessoas a descobrirem - e aceitarem - os benefícios do choro.

Em 2015, o Japão introduziu um programa obrigatório de apuração de stress para empresas com 50 ou mais funcionários e outras entidades e, desde então, Hidefumi Yoshida tem recebido centenas de pedidos de empresas e escolas para a realização dessas conferências.

Atividades como ouvir músicas emotivas e ler livros ou ver filmes dramáticos ou inspiradores podem estimular as lágrimas e, consequentemente, levar a estado de menor ansiedade, de acordo com o especialista. "Se chorar uma vez por semana, vai poder viver uma vida livre de stress", afirma.