Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mulheres que têm filhos no inverno têm mais tendência para sofrer de depressão pós-parto

VISÃO Saúde

DR

Um novo estudo conduzido por investigadores americanos indica que a falta de exposição à luz solar pode contribuir para o aumento dos sintomas depressivos

As mulheres que têm filhos nos meses de inverno têm mais proabilidade de desenvolverem depressão pós-parto e, por isso, devem expor-se o máximo tempo possível à luz natural.

Esta é a conclusão de um estudo realizado por investigadores dos EUA e publicado na revista científica Journal of Behavioral Medicine, que dá conta de que mais de um terço das mulheres que passaram pelo último trimestre de gravidez entre agosto e novembro tiveram depressão pós-parto, em comparação com apenas um quarto das que tiveram bebés no verão.

Para a realização da investigação, os pesquisadores analisaram dados de quase 300 mães que estavam envolvidas em dois ensaios clínicos relacionados com o sono, antes e depois da gravidez.

As informações relativas às mulheres incluíam fatores como a idade, a situação financeira, o número de horas de sono diário, o histórico de depressões e a quantidade de luz solar que receberam durante o último trimestre da gravidez.

"Entre as mães do primeiro filho, o comprimento dos dias no terceiro trimestre de gravidez, especificamente dias curtos em comparação com os mais longos, foram associados à gravidade dos sintomas depressivos", afirma Deepika Goyal, investigadora na Universidade de San Jose, na Califórnia.

Os resultados mostraram que 30% das mulheres, no geral, sofreram depressão, mas a percentagem caiu para 26% para as grávidas que passaram pelo último trimestre de gravidez em dias com as horas mais longas e subiu para 35% para as que tiveram os filhos no inverno.

Os autores do estudo aconselham as mulheres que têm risco de depressão a tentarem passar o máximo tempo possível ao ar livre nos meses de inverno de forma a melhorarem os níveis de vitamina D.

Deepika Goyal também refere que as caminhadas diárias ao ar livre e durante o dia são muito eficazes para melhorar o humor, mas também as matinais ou mais tardias podem ser relaxantes.

Mas, apesar de haver várias evidências que mostram que a redução da exposição à luz natural está associada à depressão, ainda não ficou claro se desencadeou ela própria depressão pós-parto ou piorou os sintomas.