Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Estão aí as Apps de beleza: Telemóvel meu, existe alguém mais bela do que eu?

Visão Mais

DR

Os assistentes virtuais e a realidade aumentada estão a revolucionar as aplicações de beleza. Já não há desculpas para errar no eyeliner

A realidade aumentada aliada às técnicas de beleza parece um casamento feito no céu – ambas conjugam o real com o não real, dão um novo sentido ao que existe, acrescentam algo de novo. 
As novas tendências de maquilhagem dispensam o velhinho “espelho meu” – um objeto que o smartphone também facilmente substituiu.

Se o principal item que nos vem à cabeça quando pensamos em realidade aumentada é o Google Glass – uma espécie de óculos futuristas que apresentam, no nosso campo de visão real, diversas informações virtuais sobre o que vemos, como mapas, rotas, previsão do tempo e até mesmo música –, este conceito de realidade aumentada já não é apenas uma ideia para o futuro próximo. Se repararmos bem, está por todo o lado, nos museus, na indústria, na medicina, nos jogos, sem esquecer o Snapchat... Talvez o expoente mais popular nos últimos anos tenha sido o jogo Pokémon Go.

E o que tem isto que ver com maquilhagem? Tudo. As aplicações que usam realidade aumentada pedem autorização para usar a câmara do telemóvel em função de espelho. No rosto do utilizador, testam-se os tons das bases, dos batons, das sombras, pesquisam-se produtos para corrigir as imperfeições, experimentam-se estilos adequados a cada ocasião, copiam-se looks usados por celebridades. Há apps para cabelo, unhas, sobrancelhas... Sempre ligadas a marcas conhecidas, facilitam a escolha de produtos mais caros, que podem ser virtualmente ensaiados no rosto para evitar arrependimentos dispendiosos.

Outras aplicações vão ainda mais longe ao analisarem o tom de pele e o formato do rosto, recomendando elas próprias a maquilhagem mais adequada para cada caso, e disponibilizam consultas virtuais com dermatologistas e também
com maquilhadores profissionais. Uma revolução que está a ser encabeçada pelas grandes empresas de produtos de beleza, com a L’Oréal à frente.

Em junho passado, a gigante francesa anunciou a criação de um serviço livestream de realidade aumentada na aplicação da sua marca NYX. No fundo, é como ir a uma loja, onde um especialista nos ajuda a escolher os produtos mais adequados e os testa no nosso rosto, mas, em vez disso, podemos fazê-lo em casa ou em qualquer lado. Na app, um assistente vai recomendando em tempo real os produtos mais adequados, enquanto os vemos aplicados no nosso rosto, através da realidade aumentada. Esta inovação da L’Oréal segue-se à compra, também este ano, da aplicação Modiface, que há muito desenvolve tecnologia para as marcas de cosméticos.

No ano passado, a Estée Lauder já se aliava à aplicação YouCam, para uma iniciativa inédita – a marca formou 
17 mil consultores de beleza em todo o mundo, através de um programa educacional livestream, com uso de realidade aumentada. As sessões, virtuais e interativas, permitiam aos formandos fazer perguntas e dar o seu feedback.

Outro marco no que à união entre realidade aumentada e beleza diz respeito foi uma criação da Alibaba. Trata-se de um espelho disponibilizado num provador de um centro comercial 
chinês. Ali se testam em tempo real todos os tipos de produtos de maquilhagem, que podem depois ser comprados numa máquina de venda automática, dispensando por completo os funcionários de loja. Não, não é o futuro. 
É o presente

5 apps 
debaixo de olho

Pronto para uma análise pormenorizada do seu rosto? Ora ponha aqui a sua foto. Depois, é só experimentar os tons que lhe ficam bem

YouCam Makeup - Fácil de usar, esta aplicação permite testar maquilhagens em tempo real, com realidade aumentada. Mas oferece mais: simulação de cores no cabelo, ideias para acessórios e embelezamento de selfies são outras valências.

Modiface - Já era uma das melhores aplicações de beleza com realidade aumentada e, este ano, foi comprada pela L’Oréal, que promete dar-lhe uma nova vida, com a possibilidade de testar 
os produtos da marca francesa em tempo real.

BeautyU - A aplicação, lançada pela marca de cosméticos norte-
-americana Covergirl, permite experimentar virtualmente os produtos antes de os comprar. 
É a própria app que dá as dicas, depois de analisar a face do utilizador.

Sephora Virtual Artist - Após analisar a face do utilizador, a app 
da marca Sephora recomenda a maquilhagem apropriada, através de tutoriais, e ainda indica as cores que melhor combinam 
com a roupa pretendida.

Perfect365 - Plataforma de realidade aumentada que permite experimentar digitalmente milhares de produtos e recriar looks vistos nas passerelles.