Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Tomar o pequeno-almoço mais tarde e jantar mais cedo pode ser o segredo para emagrecer

Visão Mais

Carmo Lico

Durante 10 semanas, um estudo da Universidade de Surrey, no norte de Inglaterra, estudou os efeitos do jejum intermitente e recolheu “informações valiosas”

Segundo os resultados do estudo, o horário em que faz as suas refeições pode ser o segredo para reduzir a gordura corporal.

Durante 10 semanas, os investigadores estudaram os efeitos do jejum intermitente em 16 pessoas. Os participantes foram divididos em dois grupos. Um grupo de controlo que fez as refeições às horas a que normalmente faria, e um outro grupo que comeu o pequeno-almoço 90 minutos mais tarde do que o habitual e jantou 90 mais cedo do que normalmente jantaria.

Não havia um limite máximo de calorias a ingerir, todos os participantes poderiam comer o que quisessem, as vezes que quisessem, ao longo do dia. No entanto, depois de jantar (uma hora e meia antes do normal) entrariam num jejum até tomarem (uma hora e meia mais tarde que o habitual) o pequeno-almoço. O suposto foi alargar o intervalo de tempo entre a última e a primeira refeição do dia.

No final da experiência apurou-se que os participantes que alteraram o horário das refeições, perderam, em média, mais do dobro de gordura corporal que os do grupo de controlo. Além disso, 57% notou também uma redução na ingestão de alimentos, quer devido à redução do apetite, à diminuição das oportunidades para comer ou devido à redução nos lanches (particularmente à noite).

Apesar de 57% dos participantes sentirem que não conseguiriam manter o horário restrito por mais de 10 semanas, principalmente pela incompatibilidade com a vida familiar e social, 43% considerariam continuar se os horários de alimentação fossem mais flexíveis.

Jonathan Johnston, o principal autor do estudo, reconhece que “embora este estudo seja pequeno, forneceu informações valiosas sobre como pequenas alterações nos horários das refeições podem trazer benefícios ao nosso corpo”.