Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Saiba o que o stress faz ao seu corpo (e a melhor forma de o combater)

Visão Mais

Um especialista explica como se deve utilizar o stress de forma positiva.

Quando estamos stressados, podemos sentir dores de cabeça, transpiramos mais e há até quem vá demasiadas vezes à casa de banho. Isto acontece com muita frequência a pessoas que necessitam de sair da sua zona de conforto e pode ser uma reação positiva porque nos leva a reagir e a desenvolver o cérebro.

Já se sabe que este estado de ansiedade pode fazer com que haja, muitas vezes, perda de memória mas, na opinião de Michael Porter, professor de Genética Molecular na University of Central Lancashire, na Inglaterra, é importante perceber-se o que acontece no organismo para se conseguir utilizar o stress de forma positiva: a memória pode melhorar e a sensibilidade aos pormenores e a tudo o que se passa à volta aumentam.

Isto porque, quando alguém fica stressado, é libertada, pelo hipotálamo, a hormona libertadora de corticotrofina, que faz com que a frequência cardíaca aumente, assim como a tensão arterial, e a respiração fique mais intensa, para ajudar o sangue a ser bombeado de forma mais eficaz e o óxigénio a chegar a todas as partes do corpo. Isso vai fazer com que o cérebro consiga funcionar muito melhor.

Também o fígado reage ao stress: decompõe mais glicogénio, o polissacarídeo que é, também, a principal reserva energética das células, em glicose, que as células do corpo vão utilizar como fonte de energia. Também este facto contribui para o melhor funcionamento do cérebro.
E o sitema imunológico? Fica mais preparado para agir, em caso de necessidade.

Se estas mudanças, como o aumento da pressão arterial, por exemplo, se verificarem durante um curto espaço de tempo não vão causar grandes danos no organismo. Os problemas aparecem se o stress, além de descontrolado, começar a ser crónico: há mais possibilidades de ficar com diabetes (devido ao aumento da glicose no sangue) e de ter um ataque cardíaco.

Uma forma de combater o stress diário é aprender a respirar. Praticar ioga, por exemplo, é uma excelente atividade para quem é stressado, porque desenvolvem-se várias técnicas de respiração que as pessoas podem praticar no dia-a-dia, sempre que se sentirem mais ansiosas. Um dos efeitos imediatos de se aprender a respirar é a redução da produção da noradrenalina, uma das hormonas que mais influencia a ansiedade e o humor, e do cortisol.

Fazer meditação também é uma forma de praticar várias técnicas de respiração, que está diretamente relacionada com a diminuição de stress - já que ajuda a reduzir as hormonas ligadas à ansiedade.