Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Como usar saltos altos sem dar cabo da coluna

Visão Mais

Elevam a estatura, e a auto-estima, mas podem causar lesões permanentes nos ossos e nos músculos. Os danos podem ser evitados se seguir os conselhos dos especialistas

Sara Sá

Sara Sá

Jornalista

Dados americanos sugerem que os saltos altos são cada vez menos populares entre as mulheres. Mesmo assim, este género de sapatos continua a fazer parte do guarda-roupa, nem que seja para usos ocasionais. Mas o que parece elegante à vista é um verdadeiro atentado à saúde da coluna e dos músculos das pernas.

O caso é tão sério que leva as organizações médicas a fazerem listas de conselhos para limitar os danos. "Com o estilo vem muito sofrimento", lê-se na página do The Spine Health Institute, da Florida. "Causam problemas na coluna, anca, joelhos, tornozelos e pés, ao alterarem a marcha e a postura", esclarece-se no site do grupo de médicos.

A questão é que para manter o equilíbrio, quando se está em cima de um salto agulha, o corpo tem de compensar a elevação forçada. Como é que o faz? Inclinando o peito para a frente e empurrando a base da coluna para trás. Outra consequência direta é ainda o aumento da pressão nos joelhos e na parte da frente do pé. Quanto mais alto o salto, maior a pressão.

“Este tipo de sapato pode desequilibrar a zona muscular que apoia a articulação do tornozelo, causando instabilidade, mas também perturbações da coluna vertebral. De facto, os saltos altos alteram a forma de andar, uma vez que inconscientemente modificam a postura", diz Luís Teixeira, médico ortopedista e fundador da associação Spine Matters.

Por tudo isso, o ideal, de acordo com os especialistas, era mesmo abolir este tipo de calçado. Quem não consegue resistir, deve, pelo menos, seguir as seguintes recomendações:

- Evite usar por longos períodos de tempo. Faça intervalos, ao longo do dia, sentando-se e descalçando-se. O ideal seria mesmo que pousasse o pé no chão, para descomprimir

- Alongue os músculos das pernas e dos pés antes e depois de usar saltos

- Não exceda os três/quatro centímetros de altura

- Compre os sapatos à tarde/final do dia, quando o pé está no tamanho máximo

- Elimine por completo os sapatos pontiagudos

- Ao longo da semana, varie nos modelos e formatos de sapatos