Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Botox pode aliviar enxaquecas em crianças

Visão Mais

Win McNamee/ Getty Images

O seu uso contra as rugas é o mais popular mas a toxina botulínica tem várias aplicações médicas. Agora, um pequeno estudo piloto sugere que o botox pode ajudar as crianças e adolescentes que sofrem de enxaquecas

Um grupo de investigadores da Universidade da Califórnia apresentou na semana passada, no encontro anual de anestesiologia, os resultados de um estudo de pequena dimensão sobre a aplicação de injeções de toxina botulínica no tratamento das enxaquecas em crianças e adolescentes.

A investigação baseou-se em nove menores, entre os 8 e os 17 anos, com enxaquecas crónicas, muitos dos quais já tinham sido hospitalizados. Metade nem sequer ia à escola graças aos efeitos incapacitantes das enxaquecas na sua rotina diária.

Os investigadores mostraram que a aplicação de injeções de botox, a cada 12 semanas, durante um período de cinco anos, resultou em melhoras ao nível da frequência, duração e intensidade das enxaquecas.

No início da experiência, os participantes relataram sofrer de enxaquecas em 8 a 30 dias por mês, frequência que diminuiu para 2 a 10 depois do tratamento; Em vez de durarem entre 30 minutos a 24 horas, os sintomas passaram a prolongar-se entre 15 minutos a 7 horas e a intensidade da dor também passou a ser menor.

Segundo Shalini Shah, a investigadora que liderou o estudo, no total foram aplicadas mil injeções e, destas, apenas oito tiveram efeitos secundários negativos. "No que toca ao controlo da dor em crianças, é uma extrapolação de tudo o que sabemos na literatura sobre os adultos. É fenomenal em termos de sucesso em adultos. Deve ser extrapolado nas crianças", acredita.

A equipa de Shah já está a convidar jovens para um ensaio mais alargado sobre a aplicação do botox nas enxaquecas infantis e juvenis.