Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

5 coisas que fazem com que os outros não gostem de nós

Visão Mais

D.R.

Podem ser defeito ou podem ser feitio. A única certeza que a ciência nos dá é a de que estas 5 coisas podem gerar uma impressão negativa de nós próprios ao olhar dos outros

Quem nunca conheceu alguém que aparentava ser "desprezível", mas que na verdade era muito boa pessoa? A primeira impressão é fundamental para a imagem mental que contruímos dos outros. E mesmo que tenha conseguido usar esse décimo de segundo a seu favor, os comportamentos procedentes, conscientes ou não, também afetam a noção que os outros têm de si.

Se a sua boa imagem estiver em cheque, assegure-se de que não faz nenhuma destas 5 coisas:

Partilhar demasiadas fotografias nas redes sociais

Publicar demasiadas fotografias online pode alienar aqueles que o rodeiam, segundo um estudo que observou mais de 500 utilizadores de Facebook. Partilhar muitas fotografias de família pode afastar os seus amigos, assim como publicar muitas fotografias com amigos pode alienar membros da família. O truque é guardar umas quantas fotografias só para si.

Ser "gabarolas"

Não se gabe de conhecer pessoas famosas ou influentes, para dar aquele ar de "importância". Segundo a ciência, isso não resulta. Um estudo revelou que quanto mais uma pessoa frisa a sua associação a alguém famoso, menos bem visto é pelos demais.

Nesta experiência, foi pedido a um grupo de pessoas que enviassem emails a um colega, em que se gabavam da sua relação (fictícia) com o tenista Roger Federer. Os resultados demonstraram que quanto mais os participantes se gabavam, menos apreciados eram pelos colegas –que achavam os emails manipulativos.

Esconder as fraquezas

Admita os seus pontos menos fortes. Em entrevistas de emprego, quando questionadas sobre as suas fraquezas, a maioria das pessoas tende a amenizar a resposta dizendo que peca por "trabalhar demais" ou "preocupar-se demasiado".

Um estudo de Harvard diz que este tipo de respostas afeta negativamente as hipóteses que tem de ser contratado. Opte por apresentar um ponto fraco real, sem rodeios.

Esconder as emoções

Foram mostrados dois vídeos a um grupo de estudantes, nos quais um ator reagia a cenas cómicas e tristes. Num dos vídeos, o ator foi instruído a reagir emocionalmente ao conteúdo, no outro foi incentivado a não mostrar qualquer emoção. Os estudantes demonstraram uma empatia muito maior pelo ator emotivo.

Não sorrir

Uma equipa de investigadores apresentou fotografias de modelos em diferentes poses a um grupo de 100 alunos. A investigação concluiu que, independentemente da pose dos modelos, os participantes classificavam aqueles que sorriam como mais atrativos.

Um outro estudo concluiu que sorrir torna uma pessoa mais memorável, quando conhece alguém pela primeira vez.

Se não concordar que estas cinco ações têm efeitos negativos, tente apenas não ser desagradável para com os outros – algo que, só por si, também deve ajudar...