Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Iogurtes contra a depressão? Estudo revela influência dos probióticos no humor

Visão Mais

  • 333

D.R.

As "bactérias boas" presentes nos iogurtes têm o poder de alterar a atividade cerebral e, desta forma, influenciar o humor

Um estudo da Universidade de McMaster, no Canadá, concluiu que os probióticos presentes nos iogurtes podem ajudar a tratar a depressão.

A investigação contou com a participação de 44 adultos com Síndrome do Intestino Irritável e problemas de ansiedade e depressão (leve a moderada). Ao longo de 10 semanas, metade dos participantes recebeu uma dose diária de um probiótico, conhecido como Bifidobacterium longum NCC3001, e a outra metade tomou um placebo.

Realizada uma ressonância magnética funcional - utilizada para medir a atividade cerebral - , os resultados indicaram que os pacientes que tomaram probióticos registaram alterações nas áreas do cérebro associadas ao humor: Cerca de 64% dos participantes que tomaram o probiótico mostraram reduções nos níveis de depressão comparativamente com 32% dos doentes que tomaram o placebo.

“Este estudo revela que o consumo de um probiótico específico pode melhorar tanto os sintomas intestinais como problemas psicológicos”, disse Premysl Berick, um dos autores do estudo.

Os investigadores acreditam que a pesquisa irá abrir portas para o desenvolvimento de novas formas de tratamento de pacientes com transtornos a nível intestinal, mas também de pacientes com doenças psiquiátricas primárias.

“Os resultados desta pesquisa são muito promissores, mas têm de ser confirmados num futuro ensaio de maior escala”, conclui Maria Pinto Sanchez, principal autora do estudo.