Visão Mais

Siga-nos nas redes

Perfil

Atração: A voz e o cheiro também contam (e muito)

Visão Mais

Kristian Dowling/ GettyImages

Um estudo polaco revela que a voz e o cheiro podem ser determinantes na atração entre as pessoas

Um grupo de investigadores da Universidade de Vratislávia, na Polónia, analisou mais de trinta anos de estudos, num total de 73 investigações, sobre a atração, para perceber o papel dos traços visuais, auditivos e olfativos e concluiu que os seres humanos não se baseiam num só fator para julgar a atratividade de alguém: Além do aspeto físico, a voz e o odor corporal desempenham um papel fundamental no jogo da atração.

Alguns dos estudos analisados mostram que as pessoas conseguem decifrar o sexo, idade e até mesmo alguns traços de personalidade (se a pessoa é dominante ou cooperativa), estados emocionais e tamanho do corpo apenas através da voz. Outros revelam que as pessoas conseguem chegar a conclusões semelhantes através do cheiro de alguém ou da combinação do odor com os sinais visuais.

"Alguns cheiros não só são avaliados como mais agradáveis como também mais sensuais e, portanto, mais capazes de fazer os outros querer flirtar ou ter um encontro. Da mesma forma, cheiros desagradáveis podem ser desencorajadores para iniciar uma relação", explica Agata Groyecka, principal autora do estudo.

"Recentemente, a maioria das análises tem se concentrado na atração visual, por exemplo, do rosto ou corpo. No entanto, a literatura sobre outros sentidos e o seu papel nas relações sociais cresceu rapidamente e não deve ser negligenciada", considera a investigadora.

Groyecka espera que esta revisão, publicada na revista Frontiers in Psychology, impulsione mais pesquisas sobre o papel da audição e do olfato noutras relações sociais, como a amizade. "Perceber os outros através de todos os canais [olhos, nariz e ouvidos] dá uma variedade de informações sobre as pessoas mais ampla e confiável", acrescenta.