Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

Justin Timberlake foi o grande vencedor dos American Music Awards

+ Temas

  • 333

Reuters

O cantor Justin Timberlake venceu domingo a 41.ª edição dos American Music Awards (AMA) ao conquistar três dos cinco galardões para que estava nomeado

Justin Timberlake foi o artista que mais prémios arrecadou e também o primeiro a receber um dos galardões da noite, para o Melhor Artista masculino de pop rock, uma categoria onde tinha como rivais Robin Thicke e Bruno Mars.

Ao subir ao palco no teatro Nokia de Los Angeles, Estados Unidos, o cantor norte-americano agradeceu o apoio dos fãs responsáveis pela eleição dos premiados e mais tarde regressou ao palco para receber outros dois troféus: Melhor Artista masculino de soul e rithm & blues e, mais tarde, o de melhor álbum rithm & blues com o álbum "The 20/20 Experience".

Rihanna, de 25 anos, foi galardoada com o prémio ícone musical, uma estreia do galardão, arrecadando ainda o de Melhor Artista feminina de rithm & blues, um reconhecimento recebido das mãos dos artistas Zoe Saldaña e Marc Anthony.

Já o prémio artista latino favorito seria entregue a Marc Anthony que tinha como concorrência Romeo Santos e Prince Royce ao galardão que se estreou nos AMA há 15 anos.

Macklemore & Ryan Lewis venceram na categoria melhor álbum rap/hip-hop, mas não assistiram à gala e enviaram a sua mensagem por vídeo sublinhando uma mensagem contra o racismo.

Os One Direction, que se estrearam como nomeados dos AMA, conquistaram dois galardões com o álbum "Take Me Home": Grupo de pop/rock favorito e álbum favorito de pop/rock.

Ariana Grande levou o prémio para melhor artista revelação.

Com várias atuações ao longo da noite coube a Jennifer López protagonizar um dos momentos mais emotivos da noite com o tributo à falecida Celia Cruz, rainha da Salsa.