Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

Feira do Livro de Lisboa: os 10 livros que queremos (mesmo!) ler

Notícias

Diana Tinoco

Na 89.ª Feira do Livro de Lisboa, que decorre até dia 16, há muito por onde escolher. Eis 10 livros que vale a pena serem lidos de uma ponta à outra

1. Gravity Falls: Lendas Perdidas, de Alex Hirsch, Dom Quixote

Depois do incrível sucesso que foi o Diário 3 de Gravity Falls, chegam-nos as lendas perdidas. Histórias que ficaram por contar desta série de desenhos animados da Disney que foi um sucesso mundial. A série acabou, mas Alex Hirsch quis contar-nos mais quatro histórias protagonizadas pela tresloucada Mable e pelo seu irmão gémeo Dipper.

2. Hilda e o Grande Desfile, de Stephen Davies e Seaerra Miller, Porto Editora

Depois de Hilda e as Pessoas Escondidas, surge a sequela para este livro que acompanha uma série de animação de grande sucesso do canal Netflix. Este não é só mais um livro sobre uma série. Eles complementam-se e dão mais pistas sobre as personagens. Não há muitas histórias como esta: com personagens maravilhosas e magia por todos os lados, num mundo onde a imaginação não tem limites.

3. Ghost, de Jason Reynolds, Fábula

A coleção Estrelas da Literatura Juvenil tem-nos habituado a livros excelentes que prendem a nossa atenção da primeira à última página. Ghost não é exceção. Conta-nos a história de um rapaz chamado Castle que adora recordes do Guiness e que, um dia, descobre que tem muito jeito para o atletismo. Aos poucos, deixa as confusões em que se costumava envolver, faz novos amigos e descobre a importância do desporto.

4. História de uma Baleia Branca, de Luís Sepúlveda e Paulo Galindro, Porto Editora

Neste seu novo livro, a voz aventureira do chileno Luís Sepúlveda conta-nos a história de uma mítica baleia branca. Este mamífero, que guarda a costa de uma ilha com um ondular majestoso e a sua cor de luar, viveu a sua vida em solidão. Conheceu o mais profundo abismo dos oceanos e lidou com a gente do mar. Se há alguém com histórias para contar é a baleia branca.

5. Petit, o Monstro, de Isol, Orfeu Mini

Ele é um monstro! Pode portar-se bem mas quando se porta mal, porta-se mesmo muito mal. Petit é um rapazito que trata muito bem dos brinquedo, mas detesta emprestá-los. É bom para o avô e terrível para os pássaros! É excelente a inventar histórias mas, se mente, está tramado. Uma história da autora Isol que adora brincar com as palavras e com as fronteiras da verdade e da mentira, do certo e do errado, do bom e do mau.

6. Eu e o Mundo: Uma História Infográfica, de Mireia Trius e Joana Casals, Edicare Editora

A Maria leva-te a descobrir o mundo através deste livro que não é bem uma enciclopédia nem um livro de aventuras. Fica a conhecer a vida das crianças pelo mundo fora num formato bastante interessante que explica de uma forma muito clara tudo aquilo que queres saber. As infografias deste livro vão ajudar-te a perceber como é o mundo, da tua rua até ao outro lado do planeta.

7. O Diário de Rowley: Um Miúdo Incrível, Jeff Kinney, Booksmile

O Greg que fique alerta! O Rowley escreveu o seu primeiro diário e já está a dar que falar. A mais recente aventura de Jeff Kinney não dá conta da vida de um banana que só faz disparates, nada disso! É a vez de Rowley Jefferson, o melhor amigo de Greg (a estrela cadente da coleção Diário de um Banana) tomar as rédeas da ação e contar, a partir do seu ponto de vista, as aventuras com o seu melhor amigo.

8. Eu, Alfonsina, Joan Negrescolor, Orfeu Mini

Com 10 anos, ela anunciou para quem quis ouvir: «Eu, Alfonsina, serei ciclista». E foi! Num desporto que, nos loucos anos 20 do século passado, há quase 100 anos, era coisa de homem, a italiana Alfonsa Rosa Maria Morini (mais conhecida como Alfonsina Strada) pedalou, caiu, levantou-se e venceu! Foi a primeira mulher a guiar uma bicicleta no Giro d’Itália em 1924 ( o mesmo que a Volta em Bicicleta). A prova de que o desporto é para todos.

9. Os últimos miúdos da Terra – A marcha dos zombies, de Max Brailler e Douglas Holgate, Editorial Presença

Os zombies estão a desaparecer. Pode parecer coisa boa para os últimos miúdos da terra, mas a verdade é que isso os deixa intrigados, principalmente, porque algo está a reunir todos os mortos-vivos que andam pelo planeta. As aventuras deste grupo de amigos estão a dar tanto que falar que, no final deste ano, se vão transformar numa série de televisão.

10. Quando a Tristeza Chama, de Eva Eland, Livros Horizonte

Às vezes, a tristeza anda por aí. Não o podemos negar. Ela existe, como existo eu e como existes tu. Só que a tristeza nem sempre se vê, principalmente se fizermos de conta que não a vemos. Não tenhas medo deste livro, é um belíssimo retrato ilustrado da tristeza e de como, de vez em quando, conseguimos lidar com ela. Ignorar a tristeza é brincar ao faz-de-conta com a felicidade.

O mapa do tesouro

Descarrega aqui o mapa da 89.ª Feira do Livro de Lisboa. Fica a conhecer onde estão as tuas editoras preferidas para assim conseguires organizar melhor a tua visita. E se fores ao final do dia, de segunda a quinta-feira, depois das 21h00 poderás encontrar, na iniciativa Hora H, alguns livros a preços bem mais baixos.

Texto: Fernando Carvalho