Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

Um teatro só para ti

Notícias

Esta é a vista da sala a partir do camarote do rei: além do palco e do pano vermelho, o nosso olhar fixa-se logo nas pinturas no teto

Marcos Borga

Sabias que a 27 de março se comemora o Dia Mundial do Teatro? E que há uma sala de espetáculos só para ti, sabias? Chama-se LU.CA: Lugar das Crianças para as Artes

É um local com uma longa história: foi construído em 1737 para ser a Casa da Ópera do rei D. João V, ali perto do Palácio da Ajuda, em Lisboa, sobreviveu ao Terramoto de 1755 e, depois de ter sido a casa de uma associação recreativa durante cem anos, é agora o novo teatro de Lisboa para crianças e jovens. Aqui vai estar a programação infantojuvenil que era feita no Maria Matos, um outro teatro municipal, mas mais pequeno.

O LU.CA fica perto do Palácio da Ajuda e foi construído para ser a Casa da Ópera do rei D. João V

O LU.CA fica perto do Palácio da Ajuda e foi construído para ser a Casa da Ópera do rei D. João V

Marcos Borga

«Aqui é possível viver a experiência única de ir a um teatro a sério. Uma sala grande, com camarotes, um palco, um pano vermelho, espaço para orquestra...», explica Susana Menezes, 45 anos, a diretora do LU.CA, o novo nome do Teatro Luís de Camões, e que nos fez uma visita guiada.

Susana Menezes, a diretora do LU.CA, no palco do teatro

Susana Menezes, a diretora do LU.CA, no palco do teatro

Marcos Borga

Neste espaço, recuperado pelos arquitetos Manuel Graça Dias e Egas José Vieira, há corredores feitos à tua medida e lindos camarins novinhos em folha para receber os artistas. O mais surpreendente são as pinturas em tela que dão cor ao teto da sala de espetáculos: estão assinadas por Columbano Bordalo Pinheiro, um artista português do século XIX que gostava de pintar paisagens, temas históricos e, sobretudo, retratos. Por isso, quando lá fores, não te esqueças de olhar para cima.

O teto do teatro LU.CA

O teto do teatro LU.CA

Marcos Borga

«O teatro apresenta-nos experiências diferentes do nosso dia a dia e isso ajuda-nos a formar um espírito crítico sobre aquilo que nos rodeia», salienta Susana, como quem diz: aprendemos que não devemos desistir, que devemos ser persistentes e a não nos ficarmos pelas aparências.

Desde 1 de junho do ano passado, Dia da Criança, que é possível encontrar uma programação variada: teatro com cheirinho a dança, performance e novo circo, tal como outras artes. Música, cinema, fotografia e ilustração; não falta nada! A morada é Calçada da Ajuda, número 80, em Lisboa e podes ficar a conhecer toda a programação, de forma atualizada, aqui: https://lucateatroluisdecamoes.pt/.

Este texto foi originalmente publicado na VISÃO Júnior n.º169, em junho de 2018