Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

Vídeo: Vê aqui a festa completa dos «Miúdos a Votos»

MIÚDOS A VOTOS

O dia foi em cheio na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. Quase 700 alunos e professores de todo o país vieram a Lisboa para participar na festa final dos «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?». Vê o vídeo:

Quase 700 pessoas vieram de todos os pontos do País (até dos Açores!) para fazerem a festa final dos «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?», em que foram revelados os resultados das eleições nacionais. E foi mesmo uma grande festa! (Se estás mortinho por saber quem ganhou, vê já o vídeo!)

De manhã, houve atividades organizadas especialmente para esta festa final. Os escritores David Machado, Luísa Ducla Soares e Maria Teresa Maia Gonzalez foram entrevistados por alunos. O ilustrador André Letria fez o ateliê «Se Eu Fosse Um Livro...» e Cláudia Ninhos, historiadora da Universidade Nova de Lisboa, falou sobre os portugueses que estiveram presos em campos de concentração, durante a II Guerra Mundial. E Paula Barroso, editora da VISÃO Júnior, mostrou como se faz a revista.

Inês Santos e Pedro Pires, alunos do 12.º ano da Escola Braamcamp Freire, na Pontinha, Lisboa, estiveram toda a tarde em cima do palco, apresentando os resultados da votação, chamando as escolas e pedindo a convidados que falassem. Um dos convidados foi o secretário de Estado da Educação, João Costa, cujas palavras podes ouvir aqui.

Foram tantos, tão bons e tão originais os trabalhos feitos para a campanha eleitoral de «Miúdos a Votos», e tantos os alunos presentes na Gulbenkian, que a festa final teve de decorrer em quatro salas em simultâneo, e não apenas numa. O que se passava no Auditório 2, a sala maior, era transmitido para as três outras salas, mas, volta e meia, a transmissão deixava de ser em simultâneo para que, nesses espaços, fossem apresentadas criações diferentes. Se quiseres ver as fotografias do dia, estão todas aqui, e para confirmares alguns dados sobre a iniciativa, clica aqui.

Agora, podes ver todo o espetáculo:

1ª parte:

2ª parte:

Escolas que participaram, por ordem de alinhamento no espetáculo:

A Escola Básica Quinta das Chãs, em Vila Nova de Gaia, no Porto, participou com um rap sobre o livro «O Nabo Gigante»

A Escola Secundária de Alfena, em Valongo, no Porto, vieram apresentar o projeto como fizeram em vídeo, para os colegas da sua escola

A Escola Básica da Gândara dos Olivais, em Leiria, dançou pela obra «Não Abras Este Livro», de Andy Lee

A Escola Básica Gaspar Frutuoso, na Ribeira Grande, Ilha de S. Miguel, nos Açores, fizeram uma encenação do livro «Avozinha Gângster», de David Walliams

A Escola Básica de Peso da Régua, em Alagoas, Godim, Peso da Régua, encenou, em palco, o podcast que tinham feito na escola para apelar ao voto no livro «Harry Potter e a Pedra Filosofal»; já a Escola Básica D. Domingos Jardo, em Mira -Sintra, Cacém, também encenou o podcast sobre o livro «Harry Potter e a Câmara dos Segredos», de J. K. Rowlling .

A Escola Básica de Pegões Cruzamento, em Pegões, Montijo, participou com uma encenação do podcast «O Diário de um Banana 1», de Jeff Kinney

A Escola Básica nº 5 de Faro, em Faro, mostrou-nos e encenou um vídeo de apelo ao voto no livro «O Cuquedo», de Clara Cunha; quem também encenou uma pequena peça de teatro sobre o mesmo livro foram os miúdos do Centro Escolar de Montalvo, em Montalvo, Constância

Catarina Gato, da Escola Básica Sebastião da Gama, em Estremoz, fez de Sophia de Mello Breyner e apresentou o espetáculo que se seguiu, «Sophia na Biblioteca»

A Escola Básica de Rates e a Escola Básica de Refojos, na Póvoa de Varzim, vieram falar sobre a sua experiência diferente com a iniciativa

A Escola Básica e Secundária Artur Gonçalves, em Torres Novas, esteve presente para falar do livro «A culpa é das estrelas», de John Green

A Escola Secundária de Maximinos, em Braga tocou uma música do filme «A Lista de Schindler» em homenagem ao livro «O Rapaz do Pijama às Riscas», de John Boyne

Para celebrar o 3º lugar do secundário, ganho pelo livro «O diário de Anne Frank», de Anne Frank, vieram duas escolas apresentar trabalhos: a Escola Secundária de Porto de Mós, em Leiria, e a Escola Básica e Secundária José Relvas, em Alpiarça.

A Escola Secundária de Esgueira, em Aveiro, trouxe uma apresentação de um cartaz muoito original alusivo ao livro «A rapariga que roubava livros», de Markus Zusak

No final da festa, houve um desfile de capas andantes, que ficou a cargo da Escola Básica Gilmonde, em Barcelos, e outro de miúdos e miúdas mascaradas de girafas, pelo Centro Escolar de Santa Teresa, em Ourém