Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

Uma aventura espacial

As aventuras de Júnior&Joana

  • 333

Trabalho dos alunos do 6º E da Escola Básica de Santa Clara - Guarda com a professora Ilda Salvado 

Numa noite quente de Verão, enquanto Júnior observava os planetas através do seu telescópio, nas traseiras da casa, Joana lançava o disco fluorescente que Gão apanhava com destreza. Hoje, mais do que nunca, Gão estava muito nervoso e agitado. De repente, uma luz muito brilhante e amarela apareceu no céu vinda do nada. Abraçaram-se e ... Puumm ... um meteorito embateu na Terra.

Gão pôs-se a correr com as suas quatro patinhas, pequenas, fofas e brancas, em direção ao local.

-Espera Gão! Anda Júnior, vamos atrás dele!-ordenou Joana.

-Estou com medo-respondeu Júnior.

-Não sejas medroso!-  disse a Joana.

-Está bem!-concordou o Júnior.

E lá foram os dois atrás do Gão. Quando chegaram à cratera que o meteorito fez, viram-no entrar numa espécie de portal, e eles sem hesitarem entraram também. Quando deram conta, estavam noutro mundo. Era Marte, mas demorou um bocado até as crianças perceberem. Era escuro, árido, o solo era avermelhado, tinha muitas rochas...

-Espera, eu já vi aquele vulcão em algum lado... é o vulcão Olimpo, e ali é o Desfiladeiro Valles Marineris, nós estamos em Marte!

-Só reparaste agora?!- perguntou Joana.

-Como é que já sabias?-questionou-se Júnior.

-Porque está ali escrito: Bem-vindo a Marte!

- Isto é real, vamos aproveitar.

A Joana brincava com a força da gravidade.

-Cuidado, podes magoar-te, Joana.

-Tem calma, nada de mal pode aconte...

-Joana, Joana?! Onde estás? -perguntava Júnior preocupado.

Ela na verdade tinha caído numa cratera. Entretanto o Gão farejou-a. Desceram por uma espécie de túnel e encontraram-na num parque infantil a brincar com os marcianos.

-Joana em que estavas a pensar, nós estávamos preocupadíssimos!

-Desculpa, mas conheci estes marcianos e... apresentou-lhe o Hali, um marciano adolescente que usava chapéu com a pala para trás, correntes, brincos,...

-Muito prazer! Mas temos de ir embora.

Depois de se divertiram algum tempo com as estranhas criaturas, voltaram pelo portal que os tinha conduzido a Marte.

Quando chegaram ninguém tinha dado pela sua falta, porque o tempo parou quando o meteorito embateu. Mesmo assim a comunicação social foi entrevistá-los, mas nada disseram.

E assim acabou a aventura espacial. 

 

Trabalho dos alunos do 6º E da Escola Básica de Santa Clara - Guarda com a professora Ilda Salvado