Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

O Tesouro Escondido

As aventuras de Júnior&Joana

  • 333

Trabalho do 5 º B da Escola Básica e Secundária do Nordeste, S.Miguel, Açores, com as Professoras Fátima Ferreira e Maria do Carmo Medeiros

Júnior e Joana foram até ao parque de skates, acompanhados pelo cão Gão que levava um osso para esconder, que é como quem diz brincar, enquanto os dois meninos se divertiam com os seus skates. 

Mal chegaram ao parque, Gão tratou logo de ir escavar na terra para esconder o seu osso, qual não foi o seu espanto quando encontrou uma caixa, foi logo ladrar para o seu dono ver a sua descoberta. 

-Mas, é um mapa! Deve ser de um tesouro! - gritava o Júnior excitadíssimo para a Joana.

Puseram-se os dois a observar o mapa e viram que era realmente de um tesouro, de um grande baú com jóias, ouro e pedras preciosas.

O mapa explicava também o que tinham de fazer para chegarem ao tesouro. 

-Ficaremos ricos!

- exclamavam entusiasmados.

Foram para casa preparar umas mochilas grandes com vários utensílios, pois não sabiam do que iam precisar. E lá foram outra vez para o parque, seguindo as pistas que o mapa dava.

O Júnior cansado, encostou-se a uma parede e sem querer tocou com o cotovelo num botão pequeno e vermelho. 

De repente, a parede abriu-se para uma gruta escura e fria.

Júnior deixou cair o mapa.

- O mapa está ao contrário! - disse a Joana

- E agora, o que fazemos?

-Voltámos para trás.

Quando chegaram ao parque, eles encontraram dois rapazes que lhes queriam roubar o mapa, mas eles não deixaram, mesmos cheios de medo.

Pegaram nos seus skates, que deslizavam facilmente, e fugiram.

Foram dar sem querer a uma porta que mal se via.

A Joana, que era muito curiosa, abriu a porta.

-Encontrei-o! - gritou ela.

E era mesmo, lá estava o baú com as joias, o ouro e as pedras preciosas.

Deitaram fora as ferramentas, arrumaram o tesouro nas mochilas e foram a correr para a casa do Júnior, não fossem aparecer os dois rapazes e roubar o tesouro. Lá encontraram as suas mães, que estavam a tomar chá.

-Mãe, temos aqui um grande tesouro, vamos ficar ricos!- gritavam eles, ao mesmo tempo, muito felizes.

O Júnior, a Joana, o Gão e as suas famílias viveram felizes e ricos para sempre.