Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

As Aventuras de Júnior e Joana em Marte

As aventuras de Júnior&Joana

  • 333

Trabalho dos alunos do 6º D da Escola General Serpa Pinto, Cinfães, com os professores Belarmino de Almeida e Manuela Barbedo

Era o último dia de aulas, soou a campainha da escola e os alunos contentes despediram-se dos professores -"Boas férias!"

Júnior, Joana e Gão andavam a brincar à beira mar. De repente, viram uma nave que atravessava o céu de um lado ao outro. Curiosos perante o fenómeno resolveram ir ao Planetário estudá-lo. Descobriram que havia vida em Marte. Intrigados com esta descoberta, interrogavam-se sobre a possível vida de Marte. Decidiram formar um grupo chamado "Os Viajantes" e partiram à descoberta do planeta Marte.

Júnior, nervoso e com tremores na barriga, enganou-se na rota traçada e foram parar à Lapónia. Gão lembrou-lhes que tinham GPS e assim recuperaram o rumo inicialmente traçado, Marte.

O Gão abriu a janela para apanhar um osso que tinha visto a flutuar no espaço sideral e quase caiu borda fora. A Joana foi muito rápida e apanhou-o pela pontinha da cauda. Quando lá chegaram, saíram com os seus fatos espaciais, saltaram e divertiram-se muito!

- Marte! Estamos em Marte! - disse Joana.

- Anda, Joana, não vamos ficar aqui parados! Vamos explorar o local. - disse Júnior.

 -Bem-vindos terrestres! Há muito que esperávamos a vossa visita! - disse a Mah, ser indígena que tinha três olhos.

 -Ah! - gritaram eles, muito assustados. Mas, a princesa mostrou-lhes que o seu povo era simpático e que adorava receber visitas.

Viram animais muito estranhos: dragões amigáveis, camaleões com juba de leão e lagartixas muito coloridas!

Marte era um planeta maravilhoso! Júnior e Joana estavam espantados. Havia coisas fantásticas que jamais pensaram poder existir! Gão ladrou de alegria e fartou-se de saltitar.

 Um marciano entrou na nave e começou a mexer nos botões e inadvertidamente fê-la descolar. Que desgraça! Como iriam regressar? Joana recordou-se que o seu tio Manuel era astronauta e que se encontrava no espaço. Problema resolvido! Informaram o tio de que precisavam de boleia. E assim, os nossos heróis voltaram à terra, porém com uma enorme vontade de voltar a Marte.

Trabalho dos alunos do 6º D da Escola General Serpa Pinto, Cinfães, com os professores Belarmino de Almeida e Manuela Barbedo