Visão Júnior

Siga-nos nas redes

Perfil

As Aventuras de Júnior & Joana num Parque de Skates

As aventuras de Júnior&Joana

  • 333

Trabalho do 5º 1 da EB2,3 de António Feijó, Ponte de Lima,com a Professora Augusta Lourenço

Júnior e Joana vivem num palacete com um jardim lindíssimo, tratado pelo habilidoso jardineiro Valdemar. Os jovens pertencem a uma família abastada, a mais importante da vila. O sonho da mãe era que eles fossem um pianista e uma bailarina reconhecidos no mundo.

Todas as tardes, no final do colégio, um ia para a academia de música e o outro para a de dança, exigindo grande esforço por parte deles. As brincadeiras com Gão, o seu cão, eram raras e a tão desejada ida ao parque de skates impensável.

Os irmãos viam Valdemar praticar diariamente. Este dissera-lhes que iria participar num concurso de skates pois o prémio era aliciante, um skate autografado pelo jovem campeão do mundo e entregue pelo próprio.

De regresso a casa, após um longo e cansativo dia de estudo, passavam perto do parque de skates repleto de crianças da sua idade. Os dois entreolhavam-se transparecendo a vontade de fazer parte daquele grupo. Lembravam as manobras que o jardineiro fazia às escondidas dos patrões e que tanto fascinavam Júnior. Como ele desejava estar na pele do Gão que corria atrás dos skaters.

D. Risoleta puxava os irmãos sem grandes palavras. Eles arrastavam os pés para prolongar aqueles momentos de felicidade.

O concurso acontecia nessa tarde. D. Risoleta parou a dar um dedo de conversa com uma amiga e Júnior esgueirou-se por entre os participantes. Joana chamava Gão, excitado com tanta gente. Sentaram-se nas bancadas, extasiados. De repente, Júnior era levado para entregar o prémio ao primeiro classificado. Joana, perplexa, nem conseguiu dizer uma palavra, Gão latia e pulava como louco e D. Risoleta continuava na cavaqueira.

No palco, Júnior deparou-se com o vencedor, Valdemar. Estranhando a situação riram a bandeiras despregadas para espanto da organização e do público. Desfeita a confusão, Júnior conheceu o verdadeiro campeão com quem o confundiram. Atarantada, D. Risoleta via os seus meninos felizes por serem apenas crianças.